Conheça a primeira página do Negócios
A primeira página do Negócios, o acesso
ao ePaper
Desde que o Governo revelou que a taxa oferecida nos produtos de poupança vai descer, a subscrição disparou. As famílias já aplicaram mais de 750 milhões de euros desde o início do mês, mas o valor deve continuar a crescer até ao final da semana.
As regras sobre a resolução bancária permitem que o Banco de Portugal não execute decisões judiciais que venham anular a transformação do BES em "bad bank". Eventual sentença nesse sentido será substituída pelo pagamento de indemnizações.
00:01 | Empresas
Discreto e sedutor. Estes são dois traços de carácter de Hélder Bataglia dos Santos, o gestor que caiu nas bocas do mundo devido ao caso Escom. O homem que convenceu Ricardo Salgado a criar um banco em Angola vai hoje à Comissão de Inquérito no Parlamento.
A PT SGPS pode incorrer numa coima de 25 mil a cinco milhões de euros se a CMVM (Comissão do Mercado de Valores Mobiliários) concluir que a empresa não prestou informações "completas, verídicas, actuais, claras, objectivas e lícitas" no que respeita às aplicações financeiras que subscreveu junto do Banco Espírito Santo de dívida de empresas do GES.
A associação de minoritários, ATM, que apoiou uma acção contra a anterior administração da PT SGPS admite estar a estudar a hipótese de convocar Henrique Granadeiro como testemunha na nova acção que pretende suspender a venda da PT Portugal.
00:01 | Zona Euro
De Berlim, passando por Paris, Bruxelas, Dublin e Lisboa a mensagem foi semelhante: o Syriza é o novo parceiro em Atenas, mas não pode exigir soluções que signifiquem menos encargos para os gregos e mais para os outros povos europeus.
26 de Janeiro | Taxas de juro & Crédito
Os juros da dívida portuguesa subiram nos prazos mais curtos e desceram nos mais longos. Na Europa, os mercados de dívida acabaram por estabilizar, dividindo-se entre as subidas e descidas ligeiras. A Grécia foi excepção, com os juros a disparar mais de 160 pontos base no prazo a cinco anos.
26 de Janeiro | Bolsa
As principais praças norte-americanas fecharam a sessão em queda num dia em que os ganhos registados pelas cotadas do sector da energia compensaram as perdas das cotadas tecnológicas.
26 de Janeiro | Política Monetária
A agência de rating Fitch considera que é "improvável" que o programa de compra de dívida do Banco Central Europeu (BCE) anunciado dia 22 de Janeiro aumente substancialmente os lucros dos bancos e o crédito concedido.
26 de Janeiro | Imobiliário
Os activos localizam-se na região norte de Portugal. A sua ocupação pelo grupo Jerónimo Martins foi vista como um factor favorável à compra.
26 de Janeiro | Telecomunicações
O sócio português da Altice vai investir na sua terra natal. A empresa francesa vai criar um "call center" que empregará entre 100 e 150 pessoas, em Vieira do Minho, confirmou ao Negócios o presidente da câmara.
PUBLICIDADE
00:01 | Economia
Assunção Cristas e Álvaro Santos Pereira foram condenados em 2013 a uma multa diária de 43,65 euros. Passou mais de um ano, mas ainda não pagaram nada porque o tribunal ainda não conseguiu calcular a multa. Desfecho é conhecido esta semana.
00:01 | Empresas
Quase metade das empresas com PER concluído viu o seu plano de recuperação aprovado. Entraram neste mecanismo alternativo à insolvência com 22 mil trabalhadores. Perto de 90% são micro e pequenas empresas.
00:01 | Economia
Uma alteração introduzida na Lei do Orçamento do Estado para 2015 garante aos funcionários das entidades que estão a ser extintas um estatuto que os protege do despedimento automático após um ano na requalificação.
00:01 | Economia
O economista-chefe da Coface está optimista em relação a Portugal, mas identifica um risco significativo: a enorme dívida das empresas nacionais. E para este problema não vê outra solução que não seja a reestruturação.
A associação defende que os bancos não devem alterar unilateralmente as condições do crédito à habitação e, como tal, devem aplicar a Euribor negativa caso o indexante se situe abaixo de zero.
As operações de fusão e aquisição aumentaram no ano passado. O último trimestre foi o melhor do ano, tendo a actividade quase duplicado face ao ano anterior. O sector financeiro e segurador foi o mais activo.
26 de Janeiro | Empresas
Dados da IGNIOS mostram que o número de empresas insolventes caiu quase 11% em 2014 face ao ano anterior. O crescimento dos Processos Especiais de Revitalização (PER) contribuiu para a inversão da tendência de crescimento.
26 de Janeiro | Política
O Conselho de Estado deu esta segunda-feira por unanimidade parecer favorável à dissolução da Assembleia Legislativa da Madeira, o último passo necessário para a realização de eleições regionais antecipadas.
26 de Janeiro | Investidor Privado
Este ano há duas coisas de que os contribuintes não se podem esquecer: pedir sempre facturas com número de contribuinte e, depois, verificar se as mesmas são declaradas no Portal das Finanças. As deduções no IRS dependem disso.
Editorial
  • André Veríssimo
    O Syriza ganhou as eleições. Perdeu o medo e os que fizeram dele arma política. A Grécia mudou. Mas os foguetes ainda vão no ar. Será quando caírem no chão, no embate com a realidade, que vamos saber o quão mudou a Europa.
  • Helena Garrido
    A vitória eleitoral do Syriza na Grécia pode ser a mudança que a Zona Euro precisava para sair da armadilha da dívida em que está. Os gregos querem o euro, a Europa tem de querer a Grécia. E Alexis Tsipras revelou ao longo deste caminho que o levou ao poder que sabe substituir radical por sensatez.
  • Helena Garrido
    Quinta-feira, dia 22 de Janeiro de 2015. Um dia histórico para Portugal e para o euro. O BCE rendeu-se à necessidade de usar a última das armas de um banco central para combater a deflação e vai comprar dívida pública. A PT Portugal foi vendida aos franceses da Altice e deixa de pertencer a um grupo de accionistas que a delapidaram, primeiro apenas portugueses, depois em conjunto com os brasileiros da Oi. A PT como a conhecemos acabou. Com a Altice nascerá uma nova PT.
26 de Janeiro | Turismo & Lazer
Os tailandeses do Minor Hotel Group eram apontados como possíveis vencedores de toda a operação dos Tivoli. De acordo com o Diário Económico, já terão garantido as duas unidades hoteleiras no Brasil.
26 de Janeiro | Empresas
Franz Humer é o novo administrador não executivo da farmacêutica portuguesa, que conta aproveitar a experiência e os contactos do gestor de 68 anos para reforçar a estratégia de internacionalização.
26 de Janeiro | Investidor Privado
Investir em dívida nacional tem sido um bom negócio, nos últimos anos. Tanto para os pequenos investidores, através dos Certificados do Tesouro Poupança Mais e dos de aforro, mas também para os grandes, que têm ganho com a valorização das obrigações do Tesouro. Mas a margem para rentabilizar o investimento vai encolher. Se quer apanhar as taxas altas de Portugal, apresse-se.
economistas Em colaboração com Project Syndicate
  • O primeiro-ministro francês Manuel Valls não estava a falar de forma metafórica quando disse que França está em guerra com o Islão radical. Há, de facto, uma guerra de pleno direito em andamento, e os hediondos ataques terroristas em Paris fazem parte dela. No entanto, como a maioria das guerras, esta não está relacionada apenas com religião, fanatismo e ideologia. Tem a ver também com geopolítica, e é na geopolítica que reside a sua solução definitiva.
  • Desde a crise financeira mundial e da recessão de 2007-2009, as críticas à profissão de economista intensificaram-se. O falhanço da maioria dos economistas em prever estes episódios – cujas repercussões ainda subsistem – levou muitos a questionarem se a profissão de economista contribui com algo significativo para a sociedade. Se não são capazes de antecipar algo tão importante para o bem-estar das pessoas, o que fazem de bom?
  • Depois de mais de trinta anos de crescimento extraordinário, a economia chinesa está a mudar para um modelo de crescimento mais convencional – e um difícil reequilíbrio está a caminho, afectando quase todos os aspectos da economia.
  • Se a Terceira Guerra Mundial alguma vez acontecer, as suas origens não estarão no Médio Oriente, Sul da Ásia, ou na Europa de Leste. É na Ásia Oriental - onde os interesses estratégicos da China, Estados Unidos, e seus respectivos parceiros se cruzam - que os riscos geopolíticos, tensões diplomáticas, e potencial para uma explosão mundial são mais elevados.
  • Se há um número que determina o destino da economia mundial, esse número é o preço do barril de petróleo. Todas as recessões globais desde 1970 foram precedidas por, no mínimo, uma duplicação do preço do petróleo e sempre que o preço do petróleo caiu para metade e manteve-se baixo por mais ou menos seis meses seguiu-se uma aceleração do crescimento global.
26 de Janeiro | Empresas
A MDS Partners, que integra a "holding" de corretagem da Sonae, passa a gerir uma carteira de prémios de cerca de 17 milhões de euros e alarga a cobertura geográfica em Portugal.
26 de Janeiro | Empresas
A empresa que Pedro Passos Coelho administrou entre 2005 e 2007 foi declarada insolvente em Novembro de 2012. A assembleia de credores para discutir e aprovar o Plano de Insolvência realiza-se no próximo dia 24 de Fevereiro.
26 de Janeiro | Bolsa
Depois de um arranque de ano tremido, a bolsa portuguesa está agora entre as que mais sobe. Beneficiando da "bazuca" do BCE, do euro fraco, mas também da queda do petróleo, ganha mais de 10%.
dossier Weekend
António Arnaut: "Acuso o Governo por algumas das mortes nas urgências"
Acuso o Governo, pela sua política de cortes excessivos, de ser responsável por algumas das mortes que ocorreram nas urgências. António Arnaut cita o amigo Miguel Torga: "A liberdade é uma penosa conquista da solidão" para dizer que às vezes se sente sozinho.
pub

pub

27
Terça-feira
Janeiro 2015
    Documentos Negócios
    consulte ou faça download
    Premiar e promover o sucesso das empresas nacionais