Conheça a primeira página do Negócios
A primeira página do Negócios, o acesso
ao ePaper
Primeiro-ministro quis combater mitos que envolvem período de resgate português. Um deles é o de que seria possível não cortar salários e pensões. Um aspecto que contrariou depois de Cavaco Silva ter defendido que cortes sobre Função Pública e sistema de pensões foram "excessivos". Para lutar contra outro mito, atacou o PEC IV de Sócrates.
Taxas continuam a cair para mínimos de há vários anos. A dez anos, rendibilidade é a mais baixa desde 2006. Portugal acompanha tendência de ligeira descida na abertura dos mercados de dívida desta quarta-feira.
Primeira emissão de obrigações do Tesouro sem apoio dos bancos deverá contar com forte procura, dizem os analistas.
10:25 | Bolsa
As acções da construtora tocaram nos 35,5 cêntimos após a empresa ter chegado a acordo com o grupo espanhol Dragados para alienar a totalidade do capital da Prince Contracting, a sua subsidiária nos Estados Unidos, por 18 milhões de dólares.
09:55 | Research
O Caixa Banco de Investimento antecipa que o BPI registou um prejuízo de 92,7 milhões de euros no primeiro trimestre de 2014, devido a uma menos-valia de 102 milhões com a venda de metade da dívida que detinha em carteira de Portugal e de Itália.
10:28 | Bolsa
PSI-20 negoceia com um ganho ligeiro de 0,11%, contrariando a tendência dos principais índices europeus. EDP Renováveis, Portugal Telecom e Mota-Engil são as cotadas que mais impulsionam.
06:00 | Energia
Grupo reforça a posição no mercado livre para 45,7% e recupera a liderança no fornecimento de clientes industriais.
09:06 | Economia
Enquanto o sector privado francês perdeu o "momentum" durante o mês de Abril, o alemão melhorou e superou as previsões do mercado.
22 de Abril | Economia
As remunerações médias declaradas à Segurança Social subiram 2,3% em 2013, rompendo com ligeira quebra de 2012. Governo garante que ajustamento no privado está feito.
22 de Abril | Bolsa
Analistas esperam um bom primeiro trimestre para os resultados das empresas da bolsa de Lisboa, pois "o ano passado foi, provavelmente, o bater no fundo".
22 de Abril | Zona Euro
Decisão tomada em Novembro e implementada em Abril evitou que banco central "empurasse" País para o cautelar.
22 de Abril | Ajuda Externa
Os vários grupos parlamentares saíram da ultima reunião com os representantes da troika com a mesma conclusão: "os cortes estão para ficar" e "há um longo caminho para percorrer".
22 de Abril | União Europeia
O professor da IESE e ex-director executivo do FMI diz em entrevista ao Negócios que a Alemanha deve assumir a liderança da Europa e assumir os custos que essa posição acarreta.
09:36 | Energia
O Governo deverá avançar com um preço de referência para o gás de botija, notícia a TSF. Esta alteração deverá implicar a descida do preço, acrescenta o Correio da Manhã.
09:13 | Impostos
Em Janeiro e Fevereiro, o número de entidades com facturas emitidas e comunicadas ao Fisco aumentou 40% em termos homólogos. O Governo diz que é o efeito Factura da Sorte
22 de Abril | Política
Chefe de Estado defende novamente que pensionistas têm de ser compensados pelos sacrifícios dos últimos anos e não carregados com novos encargos. O Presidente da República classificou os sacrifícios exigidos de "talvez excessivos".
22 de Abril | Banca & Finanças
Mudança faz parte do processo de segregação da gestão da área financeira e não financeira.
08:58 | Justiça
A alteração no mapa judiciário entra em vigor a 1 de Setembro e antecipam-se atrasos.
22 de Abril | Ambiente
Executivo pôs as cartas na mesa: na venda da EGF, os municípios podem alienar as suas posições nas empresas do grupo. Na Valorsul, o preço mínimo garantido é de 12,21 euros por acção.
22 de Abril | Economia
O ministro da Economia disse esperar que a consolidação orçamental possa abrir margem para reduzir a carga fiscal nos próximos anos e admitiu que há ainda um caminho a percorrer para que as pessoas sintam a recuperação económica.
22 de Abril | Ajuda Externa
O ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros, Rui Machete, afirmou esta terça-feira que o Governo está a ponderar "os prós e contras" das possibilidades de saída do programa de ajustamento e que "brevemente" anunciará e justificará a decisão.
Publireportagem
Ser o Primeiro significa reinventar a forma de ver Televisão. Agora, e pela primeira vez na História, já é possível ter uma experiência de visualização com um formato natural, totalmente adaptado à vista humana. Mais do que uma Evolução, sujeitar a forma do equipamento ao sonho humano significa uma Revolução
PUBLICIDADE
Conheça os 10 riscos apontados pelo FMI no relatório sobre a 11ª avaliação do programa de ajustamento português.
09:00 | Economia
Nouriel Roubini considera que os "riscos económicos, financeiros e geopolíticos mundiais estão a mudar". Se alguns têm agora uma menor probabilidade de acontecer, outros tornaram-se mais prováveis e importantes. Conheça os seis (novos) riscos identificados pelo economista.
22 de Abril | Iniciativas Negócios
O 25 de Abril faz 40 anos na sexta-feira. Na edição do Negócios desta quarta-feira, oferecida aos leitores, veja o que mudou na economia portuguesa desde o início da democracia até aos dias de hoje.
Em 1973, Portugal usava 34% da sua despesa total para financiar o esforço de guerra. Hoje, 40% dos gastos servem para pagar prestações sociais, como pensões. Há 40 anos, Portugal reservava uma fatia maior da sua despesa para investir em Educação do que actualmente.
00:03 | Europa
O investigador do Instituto de Ciências Sociais explica que o que domina a evolução da economia portuguesa são os ciclos internacionais. E esse é um dos motivos para não acreditar na estratégia da troika.
Não demorou muitos dias até o novo poder estabelecido pelo 25 de Abril de 1974 chamar os banqueiros para falar do desenvolvimento do país.
00:01 | Comércio
Belmiro de Azevedo e Alexandre Soares dos Santos são dois dos homens mais ricos de Portugal. As suas fortunas foram amealhadas já no pós-25 de Abril.
00:01 | Empresas
Manuel Boullosa é o empresário que no pré-25 de Abril começou a criar o grupo. Ficará como o homem do petróleo em Portugal. E voltou à empresa depois da privatização.
00:01 | Bolsa
Após o 25 de Abril, a bolsa portuguesa esteve encerrada durante quase três anos. A revolução trouxe alterações profundas ao mercado accionista que, na década de 80, viu o número de cotadas disparar com as privatizações.
00:01 | Energia
Não é caso único. A EDP entrou no “ranking” das maiores empresas portuguesas à conta das fusões concretizadas após as nacionalizações de 1975.
22 de Abril | Economia
O antigo Presidente da República Mário Soares afirmou que "nunca Portugal foi tão destruído como é hoje" e defendeu a necessidade de mudar a forma como é praticada a democracia.
Editorial
  • Helena Garrido
    Muitos dos textos que hoje podemos ler livremente não estariam publicados, vítimas do lápis azul. No Negócios como noutros jornais. O valor da liberdade tem de ser sistematicamente relembrado. Porque só se valoriza aquilo que conhecemos como perda. A paz depois da guerra, a liberdade depois da ditadura.
  • Helena Garrido
    Muito menos compras, muito mais poupança. Muito menos lucros em sectores como os da electricidade, muito mais liberdade de despedir e de reduzir salários. Em jeito de alerta para o futuro, é a receita do FMI para Portugal garantir a prosperidade sem caminhar para um novo pedido de ajuda externa, agora que está a sair da terceira intervenção em quatro décadas.
  • André Veríssimo
    A pressão externa na atmosfera em que se movimenta o Governo nunca foi tão baixa. Seja a pressão da troika, que está de partida. Seja a dos mercados, onde as taxas de juro estão em mínimos históricos. Talvez esteja nesta descompressão o motivo para os assomos de arrogância e o desnorte a que se tem assistido nas últimas semanas.
  • Helena Garrido
    Sim, a austeridade não pode ser um modo de vida. Nem é estratégia económica. A austeridade é o pior dos remédios que, levado ao extremo, mata o doente. Mas a gestão eleitoral da austeridade e da prosperidade pode ser o mais terrível de todos os mundos. Afirmar que se consegue reduzir o défice público em 2015 com poupanças em papel ou software aberto é dizer que entramos em campanha eleitoral. Acabou a política de redução activa do défice público. É mau? Desta vez talvez não.

22 de Abril | Finanças Públicas
No ano passado Portugal recebeu 10 mil milhões de euros da troika, o que contribuiu para agravar o peso da dívida no PIB em quase 5 pontos percentuais.
22 de Abril | Ajuda Externa
O coordenador da Comissão Política Nacional do PSD, Marco António Costa, discorda "frontalmente" da oposição do Fundo Monetário Internacional (FMI) ao aumento do salário mínimo e referiu que Portugal "caminha para um espaço de liberdade".
01:23 | Tecnologias
Chet Kanojia, presidente executivo da Aereo, que permite ver TV na Internet, fala sobre problemas relacionados com direitos de autor, sobre o processo que a empresa enfrenta em tribunal e sobre a indústria televisiva.
A operadora norte-americana de telecomunicações AT&T registou uma melhoria dos lucros devido a uma transição em todo o sector, liderada pela rival de menor dimensão T-Mobile US Inc., que está a deixar para trás a venda de telemóveis abaixo do preço de custo.
22 de Abril | Tecnologias
A portuguesa Tekever continua a crescer e para isso precisa de aumentar a sua força de trabalho. Ricardo Mendes, co-fundador da empresa, convida os “apaixonados por tecnologia” a juntarem-se à sua equipa.
22 de Abril | Desporto
Portugal ficou fora da organização do Euro2020 de futebol, depois de a Câmara Municipal de Lisboa ter abdicado hoje de formalizar uma candidatura ao evento, que ficará distribuído por 13 países.
22 de Abril | Dividendos
Saiba os dias em as cotadas portuguesas pagam dividendos, as sessões em que descontam a remuneração e o último dia em que negoceiam em bolsa com o dividendo incorporado.
22 de Abril | Política
O socialista Manuel Alegre disse esta terça-feira que vai comemorar o 25 de Abril no Largo do Carmo, em Lisboa, porque não quer assinalar o 40.º aniversário da revolução "ao pé de certas pessoas".
economistas Em colaboração com Project Syndicate
  • Os riscos económicos, financeiros e geopolíticos mundiais estão a mudar. Alguns riscos têm agora uma menor probabilidade de acontecer – mesmo que não estejam totalmente extintos. Outros tornaram-se mais prováveis e importantes.
  • Ao longo dos últimos cinquenta anos, a Coreia do Sul tem assistido a um progresso económico considerável, com o rendimento per capita a aumentar de apenas 80 dólares, em 1960, para mais de 22 mil dólares, no ano passado.
  • Os efeitos das alterações climáticas que já aconteceram estão a espalhar-se significativamente e a afectar a agricultura, saúde humana, ecossistemas terrestres e marítimos, recursos hídricos e algumas indústrias. Os efeitos podem ser vistos dos trópicos aos pólos, das pequenas ilhas aos grandes continentes.
  • Com o atenuar da crise da dívida na Europa, outro desastre económico parece estar a aproximar-se – o preço da energia. Desde o início dos anos 2000, os preços da electricidade para as indústrias europeias quase duplicaram, e as empresas pagam o dobro de gás em relação às congéneres norte-americanas. Estarão as ambiciosas políticas climáticas – que procuram aumentar os custos das "más" fontes de energia – a destruir a base industrial da região?
  • "Mas que bela caracterização sobre o estado do capitalismo do século XX", exclamou o "motivador profissional" Jordan Belfort enquanto olhava para o seu passado de fraude, sexo e drogas. Como líder da empresa de corretagem Stratton Oakmont, ele espoliou investidores de centenas de milhões de dólares no início dos anos 90. Vi o filme "O Lobo de Wall Street" de Martin Scorsese e fiquei intrigado o suficiente para ler a biografia de Belfort, na qual se baseia o argumento do filme. Aprendi muito.
22 de Abril | Aviação
Sete cidades europeias e outras quatro na América do Sul são as apostas da TAP.
22 de Abril | Energia
Filipe de Botton abandonou a administração da REN, e admite alienar a sua posição de 8,4%, mas não para já. “Está fora de questão fazer qualquer coisa que possa pôr em causa o processo de privatização”, disse o empresário e gestor ao Negócios.
pub
pub

23
Quarta-feira
Abril 2014

    negócios opinião