Conheça a primeira página do Negócios
A primeira página do Negócios, o acesso
ao ePaper
16:46 | Bolsa
A bolsa nacional encerrou em queda pela segunda sessão consecutiva penalizada, sobretudo, pelas perdas superiores a 8% do BCP e da PT SGPS, com o banco a negociar em mínimos de 2013. Na Europa, a tendência é igualmente negativa.
16:42 | Bolsa
No primeiro dia efectivo em funções, o recém-empossado Governo viu a bolsa helénica afundar mais de 12% para mínimos de 2012 e os juros da dívida a 3 anos dispararem mais de 250 pontos. O sector da banca grega foi o mais penalizado com os maiores bancos a desvalorizarem mais de 25%.
11:04 | Economia
O novo Executivo grego reuniu-se pela primeira vez, com Alexis Tsipras a declarar as prioridades do Governo grego para os próximos quatro anos: a crise humanitária no país; a recuperação económica e a criação de emprego; a reestruturação da dívida; a luta contra a corrupção e evasão fiscal.
15:06 | Zona Euro
A chanceler alemã aguarda que o novo Governo grego revele a sua estratégia económica e financeira para o país o mais rápido possível. O ministro das Finanças da Grécia já anunciou que pretende encontrar-se com os seus homólogos francês e italiano, nada dizendo sobre uma conversa com o congénere alemão.
27 de Janeiro | Finanças Públicas
Um economista da Bloomberg fez as contas ao cenário mais extremo e concluiu que, mais do que os contribuintes alemães, serão os portugueses os mais prejudicados em caso de um incumprimento total grego: 550 euros por habitante. Leia aqui o que quer o Syriza, o que a Europa diz estar disposta a negociar e como Portugal pode ser afectado.
Em 2002, quando aceitou o BES como cliente, a KPMG não tinha razão para não aceitar aquela auditoria. E durante os 12 anos de trabalho, nunca teve grandes dificuldades no acesso à informação, como a sua antecessora PwC.
Depois de 30 audições, ainda há mais de 100 pessoas para falar na comissão de inquérito ao BES. Por agora, os nomes mantêm-se todos em cima da mesa. Mas alguns podem vir a cair.
17:31 | Energia
A empresa presidida por João Manso Neto fechou 2014 com um acréscimo de 5,5% na capacidade instalada e aumentou a produção de energia em 3%, o mais fraco crescimento desde a dispersão em bolsa feita em 2008.
17:36 | Aviação
O secretário de Estado dos Transportes acredita que os potenciais investidores saberão enquadrar os eventos que em 2014 prejudicaram as contas da companhia. "A TAP aprendeu o que correu mal e fará tudo para que não se repita", afirmou.
17:02 | Transportes
O secretário de Estado dos Transportes avisa que Bruxelas pode obrigar o Governo a liquidar as duas empresas, ainda que garanta que "tudo está a ser feito para que a privatização seja o caminho escolhido".
Os novos accionistas darão continuidade à marca Tivoli no mercado brasileiro através dos hotéis em Salvador da Bahia e São Paulo. Em Portugal, adquiriram à antiga ESAF quatro imóveis onde funcionam unidades hoteleiras da mesma marca.
A Oni pode ser um activo a ser analisado pela Colt caso a Altice coloque a operação à venda no âmbito dos compromissos que terá de assumir para que a compra da PT Portugal seja aprovada.
A Organização Internacional do Trabalho acredita que o plano Juncker poderá gerar 2,1 milhões de empregos até meados de 2018. São números mais optimistas do que os da Comissão que estima criar até 1,3 milhões de postos de trabalho em três anos.
14:51 | Aviação
A companhia aérea lança terceira ligação para reforçar no segmento "business" e lança críticas ao aumento das taxas no aeroporto em Lisboa, onde está menos inclinada a investir.
15:50 | Aviação
O número de passageiros representa um crescimento de 8% nos voos entre os dois países ibéricos assegurados pela companhia aérea.
13:40 | Tecnologias
A empresa de Tim Cook apresentou resultados históricos no último trimestre do ano passado. A Apple gerou lucros suficientes para comprar a PT SGPS em menos de quatro dias. E tem disponibilidade financeira para comprar três vezes todas as cotadas do PSI-20. É que o dinheiro em caixa corresponde a 92% do PIB português.
14:40 | Bolsa
Os resultados mais positivos do que o esperado de empresas como a Apple e a Boeing estão a dar ganhos às bolsas dos Estados Unidos, numa altura em que os investidores aguardam a decisão da Fed quanto aos juros.
As acções dos bancos polacos estão esta quarta-feira a valorizar, após o ministro da Economia ter anunciado medidas para controlar as perdas provocadas pela subida do franco suíço.
PUB
27 de Janeiro |
Renault ZOE
Os automóveis eléctricos já não são o que eram. Que o diga a Renault que ao lançar o Renault Zoe
PUBLICIDADE
17:17 | Política
O primeiro-ministro timorense, Xanana Gusmão, informou esta quarta-feira os membros do seu Executivo, durante um jantar em Díli, de que vai deixar a chefia do Governo.
13:54 | Justiça
A PJ efectuou hoje buscas, em Lisboa e em outros locais, a escritórios e casas de solicitadores de execução (cobrança de dívidas), numa investigação sobre suspeitas de apropriação de dinheiro dos clientes, disse à Lusa fonte ligada ao processo.
A comissão Nacional de Protecção de Dados vai inspeccionar o Fisco. Em causa estão as facturas. Manuel Esteves, editor de Economia, explica o que leva a esta medida.
Hélder Reis, o secretário de Estado do Orçamento, junta o perdão fiscal ao efeito do crédito fiscal e da redução da taxa para justificar recuo. Sem medidas irrepetíveis, receita teria crescido, explica o governante.
Braço direito de Maria Luís Albuquerque com a responsabilidade pela política orçamental diz que não há almoços grátis em economia, defende a estratégia seguida até aqui e responde à troika com resultados.
12:58 | Política
A Presidência da República seguiu a proposta feita pela maioria dos partidos. Cavaco Silva pede elevação e serenidade na campanha e no acto eleitoral.
12:57 | Desporto
A FIFA está sempre associada a "escândalos". O antigo internacional português quer mudar isso. Daí que se vá candidatar contra Blatter, que está na presidência da FIFA há 17 anos, assumiu em entrevista à CNN.
15:27 | Desporto
Gastou-se mais de 4,6 mil milhões de dólares, 3,6 mil milhões de euros, em transferências internacionais de jogadores no ano passado. Inglaterra foi quem mais gastou. Espanha o que mais recebeu. Portugal foi o terceiro.
12:16 | Saúde
O Infarmed decidiu esta quarta-feira retirar do mercado dezenas de medicamentos genéricos, seguindo as recomendações da Agência Europeia do Medicamento (EMA), devido a problemas detectados nos ensaios clínicos, anunciou hoje a autoridade nacional do medicamento. Veja a lista.
Ainda que sejam poucas, têm sido realizadas operações entre os bancos com taxas negativas no mercado interbancário. Isso já levou a Euribor a fixar-se abaixo de zero no prazo a um mês.
14:04 | LEX
A associação das sociedades de advogados quer criar um centro de mediação e arbitragem para resolver eventuais conflitos entre as suas associadas e os seus advogados.
Editorial
  • Helena Garrido
    Um dos mistérios da economia portuguesa é a ausência de grandes empresas com marcas firmadas no mundo e a tendência para os empresários caírem na tentação de vender assim que têm uma oferta de compra. Não conseguimos fazer crescer as empresas. Vão vivendo pequenas nas mãos dos mesmos donos ou, quando bem-sucedidas, são vendidas.
  • André Veríssimo
    O Syriza ganhou as eleições. Perdeu o medo e os que fizeram dele arma política. A Grécia mudou. Mas os foguetes ainda vão no ar. Será quando caírem no chão, no embate com a realidade, que vamos saber o quão mudou a Europa.
  • Helena Garrido
    A vitória eleitoral do Syriza na Grécia pode ser a mudança que a Zona Euro precisava para sair da armadilha da dívida em que está. Os gregos querem o euro, a Europa tem de querer a Grécia. E Alexis Tsipras revelou ao longo deste caminho que o levou ao poder que sabe substituir radical por sensatez.
15:26 | Angola
O ministro das Finanças de Angola, Armando Manuel, previu hoje um quadro de estabilização na cotação internacional do barril de petróleo, mas garantiu que o Executivo tem uma estratégia para lidar com a crise actual.
Esta é uma das análises da UTAO à execução orçamental de 2014. Como o Negócios nota na edição de hoje é a primeira vez que tal acontece com este Governo.
00:01 | Economia
Esse será a duração mínima do contrato para os cerca de dez mil desempregados que serão envolvidos no projecto-piloto que prevê que empresas privadas lhes encontrem colocação, em troca de uma remuneração do Estado.
economistas Em colaboração com Project Syndicate
  • Quando a União Europeia (UE) organizou a sua primeira cimeira sobre crescimento e emprego em 1997, o desemprego situava-se nos 11%. No Outono passado, decorreu outra e não parecia que tivesse mudado muito. O desemprego na Zona Euro era de 11,5% - acima do mínimo de 6,8% no primeiro trimestre de 2008.
  • Há muito que as relações diplomáticas na Ásia Oriental estão reféns da história. Mas o "problema histórico" da região tem sido intensificado ultimamente, com o crescente nacionalismo de importantes actores regionais como a China, Japão e Coreia do Sul a alimentar disputas por temas muito variados, desde territoriais e dos recursos naturais, até questões de monumentos de guerra e livros de texto escolares. Podem os países da Ásia Oriental superar o seu passado de conflitos e forjar um futuro comum que beneficie a todos?
  • O primeiro-ministro francês Manuel Valls não estava a falar de forma metafórica quando disse que França está em guerra com o Islão radical. Há, de facto, uma guerra de pleno direito em andamento, e os hediondos ataques terroristas em Paris fazem parte dela. No entanto, como a maioria das guerras, esta não está relacionada apenas com religião, fanatismo e ideologia. Tem a ver também com geopolítica, e é na geopolítica que reside a sua solução definitiva.
  • Desde a crise financeira mundial e da recessão de 2007-2009, as críticas à profissão de economista intensificaram-se. O falhanço da maioria dos economistas em prever estes episódios – cujas repercussões ainda subsistem – levou muitos a questionarem se a profissão de economista contribui com algo significativo para a sociedade. Se não são capazes de antecipar algo tão importante para o bem-estar das pessoas, o que fazem de bom?
  • Depois de mais de trinta anos de crescimento extraordinário, a economia chinesa está a mudar para um modelo de crescimento mais convencional – e um difícil reequilíbrio está a caminho, afectando quase todos os aspectos da economia.
13:05 | Comércio
O grupo de retalho de vestuário anunciou esta quarta-feira resultados do exercício 2013/2014. A loja online estará operacional em Portugal este ano, anunciou o CEO.
13:28 | Américas
A estatal petrolífera não chegou a consenso sobre como calcular os prejuízos causados por alojar a que se suspeita ser a maior rede de desvios de fundos da história do Brasil, que envolve as maiores construtoras e três partidos, entre os quais o PT de Lula e Dilma. Rating poderá estar em risco.
A captação recorde de poupanças através de certificados neste primeiro mês do ano, em antecipação ao corte dos juros, deverá dar um forte impulso às receitas da empresa liderada por Francisco Lacerda.
dossier Weekend
António Arnaut: "Acuso o Governo por algumas das mortes nas urgências"
Acuso o Governo, pela sua política de cortes excessivos, de ser responsável por algumas das mortes que ocorreram nas urgências. António Arnaut cita o amigo Miguel Torga: "A liberdade é uma penosa conquista da solidão" para dizer que às vezes se sente sozinho.
pub

pub

28
Quarta-feira
Janeiro 2015
    Documentos Negócios
    consulte ou faça download
    Premiar e promover o sucesso das empresas nacionais