Conheça a primeira página do Negócios
A primeira página do Negócios, o acesso
ao ePaper
A discussão sobre as soluções para os clientes de retalho do Novo Banco com papel comercial do GES está parada. Com a venda de instituição na fase final, problema promete ficar para o novo dono. Tema deve motivar questões ao governador do BdP.
Há um ano arrancava o último aumento de capital do BES e um dos piores negócios da história financeira, a que nem os funcionários do banco escaparam. Acções vão continuar suspensas até à divulgação das contas e podem nem voltar a ser negociadas.
00:01 | Bolsa
Está em bolsa há quase uma década, mas estará prestes a abandonar o índice caso a oferta de troca pela Portucel seja bem-sucedida. A proposta, dizem os analistas, não tem prémio. Contudo, será difícil para os pequenos accionistas não aceitarem.
26 de Maio | Calculadora Online
Se é accionista da Semapa e pretende aceitar a oferta pública de troca lançada sobre a empresa, utilize a calculadora do Negócios para saber quantas acções da Portucel vai receber.
26 de Maio | Banca & Finanças
"Após uma prolongada reflexão, achei por bem não aceitar o referido convite", revela Teixeira dos Santos numa nota enviada às redacções, anunciando assim que não aceitou o convite de Tomás Correia para assumir a liderança do Montepio.
00:01 | Transportes
A Concorrência europeia vai analisar ao pormenor o agrupamento que vencer a privatização da TAP. É que não-europeus não podem deter mais de 49,9% de uma companhia aérea da União Europeia, nem ter direitos de veto sobre a gestão.
26 de Maio | Obrigações
A instabilidade grega veio para ficar por algum tempo, mas não deverá afectar a emissão de dívida portuguesa. As obrigações em causa, dizem os analistas, estão mais atractivas. E o montante a obter é reduzido.
00:01 | Bolsa
As acções a emitir têm um desconto face ao mercado, mas quem pretender trocar a dívida perde parte do dinheiro. O prazo para passar de obrigacionista a accionista acaba a 9 de Junho.
26 de Maio | Bolsa
Os principais índices bolsistas dos EUA fecharam a sessão em queda, pressionadas pelos receios de que a Reserva Federal (Fed) aumente a taxa de juro no país mais cedo do que estavam a antecipar.
26 de Maio | Mercados num minuto
A bolsa de Lisboa encerrou no “vermelho”, no dia em que o Benfica tocou o sino no Estádio da Luz, no fecho da sessão. Lisboa acompanhou as quedas das congéneres europeias. Os juros estiveram a subir, com o foco centrado na Grécia.
26 de Maio | Bolsa
A praça lisboeta recuou quase 2% terminando assim a sessão em mínimos de 19 de Março. A Galp e a Jerónimo Martins lideraram as perdas num dia em que as bolsas europeias negoceiam em queda após dados que reforçam a possibilidade de a Fed antecipar a subida dos juros.
26 de Maio | Bolsa
O evento destinado a aumentar a visibilidade das empresas europeias nos mercados americanos decorrerá entre 1 e 4 de Junho. Cristina Casalinho e Leonardo Mathias também vão na comitiva.
26 de Maio | Bolsa
A divulgação de dados económicos acima das expectativas, nos Estados Unidos, que avolumam a possibilidade de subida dos juros pela Fed, bem como a indefinição na Grécia, levaram as praças europeias para terreno negativo pelo terceiro dia consecutivo.
26 de Maio | Economia
O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) disse esta terça-feira que o número de pedidos e atribuições dos chamados 'vistos gold' se tem mantido estável face a 2014 e referiu que a maioria de solicitações chega àquela autoridade incompleta.
PUBLICIDADE
00:01 | Europa
Um dos cinco sábios alemães recusa que o problema europeu seja falta de procura: é sim o resultado de falta de reformas na Itália e França. Defende que o governo alemão deveria investir mais.
00:01 | Indústria
O primeiro-ministro visita hoje os estaleiros navais de Viana, onde deverá anunciar a construção de dois navios patrulha oceânicos. Um contrato que representa a criação de 200 postos de trabalho na infra-estrutura.
26 de Maio | Política
Não foi só o PS que contou com a ajuda de um grupo de economistas para elaborar o seu programa eleitoral. No PSD, um conjunto de 20 economistas chegou-se à frente para dar uma mão, embora noutros moldes: o processo será liderado pelo gabinete de estudos nacional, que vai recolhendo contributos de diferentes áreas e sensibilidades.
26 de Maio | Segurança Social
Numa conferência organizada esta terça-feira pelo IDEFF para debater os custos económicos e sociais da taxa social única (TSU), a maioria dos oradores mostrou-se crítica em relação à descida da taxa social única proposta pelo PS.
26 de Maio | Política
O PCP está contra eventuais alterações nos descontos para a Segurança Social através da Taxa Social Única (TSU), como preconizam PS ou a maioria PSD/CDS-PP, no passado, e propõe mexidas no IRS e no IVA.
00:06 | Saúde
A Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE) considera que o sistema de saúde português respondeu bem à pressão financeira dos últimos anos, conseguindo equilibrar a necessidade de consolidação das contas públicas com melhorias na qualidade.
26 de Maio | Impostos
Foram mais de 100 mil contribuintes cuja informação fiscal foi roubada do site das Finanças dos EUA. O caso já está em investigação, garantem as autoridades.
Editorial
  • Nuno Carregueiro
    Tal como Belmiro Azevedo, PQP mostra que a generosidade para os pequenos accionistas não é um dos seus atributos. Mas que está a tornar a Portucel uma cotada mais interessante é um facto inegável.
  • Celso Filipe
    O país das redes sociais entrou em modo de indignação colectiva, por causa de um exercício do Livro Escolar de Física do 9º ano, que pressupunha que o Diogo atirava um gato da varanda do seu quarto, a cinco metros do solo.
  • André Veríssimo
    Um relatório divulgado ontem pela OCDE dá conta de um vergonhoso recorde: a desigualdade na distribuição de riqueza nos países daquela organização nunca foi tão elevada. Conclui também que quanto maior for a desigualdade, menos riqueza teremos todos para partilhar no futuro.
26 de Maio | Banca & Finanças
A "concentração significativa" dos bancos a activos imobiliários e a Angola são dos principais riscos para a banca portuguesa, de acordo com o Relatório de Estabilidade Financeira, publicado esta terça-feira, 26 de Maio, pelo Banco de Portugal.
26 de Maio | Banca & Finanças
A Atlas Mara está há três meses em negociações para a aquisição de uma participação no Moza Banco, mas o negócio está dependente da venda do Novo Banco, pois a instituição liderada por Stock da Cunha tem 49% do capital do banco moçambicano.
26 de Maio | Research
A unidade de research espanhola destaca que a Nos ganhou quota de mercado em 2014 e espera que a tendência se mantenha este ano, em conjunto com um crescimento das receitas. A avaliação das acções foi fixada entre 8,3 e 9,1 euros
26 de Maio | Taxas de juro
Com a Euribor a três meses em "terreno" negativo, a taxa bruta a aplicar aos novos certificados de aforro vai baixar no próximo mês. O juro será mesmo mais baixo que o prémio oferecido de 1%.
26 de Maio | Transportes
A empresa de transporte público registou um recorde de clientes e de receita no ano passado, tendo a dívida subido para os 3,2 mil milhões. O novo subconcessionário deve começar a operar o sistema a 1 de Agosto.
26 de Maio | Media
O PS demarcou-se esta terça-feira do projecto de lei da maioria PSD/CDS-PP sobre a cobertura das campanhas eleitorais e apresentou uma alternativa que estabelece como princípio a liberdade editorial dos órgãos de comunicação social, incluindo para os debates.
26 de Maio | Empresas
O grupo de comunicação Parceiros, em Processo Especial de Revitalização, tem dívidas de 2,8 milhões de euros, dos quais 274 mil a trabalhadores. BCP, Banif, Tivoli, Novo Banco, Lusa, Meo, SIC e TVI são alguns dos credores.
economistas Em colaboração com Project Syndicate
  • As iniciativas relacionadas com a saúde não só podem salvar vidas, como também podem transformá-las, pelo que deveriam fazer parte da nova agenda para o desenvolvimento mundial.
  • É altura para serem feitos julgamentos – literalmente nos tribunais – a um número crescente de democracias asiáticas. A lista de grandes líderes políticos nacionais na região que enfrentaram, ou estão prestes a enfrentar, acusações criminais cresceu tanto que é plausível duvidar se a própria democracia pode sobreviver em vários destes países.
  • Um dos maiores desafios que a economia europeia enfrenta é a falta de liquidez nos seus mercados de capitais. Desde a crise financeira mundial de 2008, um enorme número de novas regras foram impostas. De modo a facilitar o investimento de longo prazo que a Europa precisa desesperadamente, seria prudente reavaliar o ambiente regulatório mais amplo que emergiu durante os últimos seis anos.
  • No fim da Segunda Guerra Mundial no Pacífico, nós, japoneses, com sentimentos de remorsos profundos, embarcámos na reconstrução e renovação do nosso país. As acções dos nossos predecessores provocaram um grande sofrimento aos povos da Ásia, e nunca devemos esquecer-nos disso. Neste sentido, eu defendo os pontos de vista expressos pelos anteriores primeiros-ministros do Japão.  
  • Um novo acordo global para combater as alterações climáticas está a ganhar forma, com os Estados Unidos a juntarem-se à União Europeia (UE) para, formalmente, submeterem junto da Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre as Alterações Climáticas (UNFCCC, na sigla original) um plano para cortar as emissões de gases com efeito de estufa (GHG, na sigla original). Os Estados Unidos enviaram um forte sinal assumindo-se como um dos primeiros países a garantir o seu compromisso para uma acção concreta sobre o clima. Nos dias vindouros, espera-se que muitos países, incluindo a China e a Índia, apresentem os seus planos.
26 de Maio | Zona Euro
  O ministro das Finanças da Grécia, Yanis Varoufakis, pediu hoje aos credores do país para se concertarem, dado que se isso não acontecer o país não pode fazer pagamentos de dívida durante muito mais tempo.
26 de Maio | Telecomunicações
O presidente executivo da Vodafone Portugal, Mário Vaz, referiu que o dossiê da compra da Cabovisão e da Oni está “numa fase diferente” e sublinhou que quer para quem compra quer para quem vende um activo o interesse é concluir o processo o mais rápido possível.
pub

 

pub

27
Quarta-feira
Maio 2015