Conheça a primeira página do Negócios
A primeira página do Negócios, o acesso
ao ePaper
16:32 | Empresas
A empresária angolana vai notificar a Autoridade da Concorrência sobre a OPA à PT SGPS amanhã, revelou ao Negócios fonte próxima do processo. E espera que a resposta seja rápida.
12:11 | Research
Os analistas estão divididos relativamente à possível entrada dos CTT no consórcio dos fundos Apax e Bain para comprar a PT Portugal e posterior investimento de até 200 milhões de euros em sinergias da PT Portugal.
O PCP quis ouvir as técnicas do Banco de Portugal que acompanharam o BES nos últimos anos antes da audição de Salgado. Assim, o ex-presidente do banco só deverá ser ouvido, na melhor das hipóteses, na segunda semana de Dezembro.
16:42 | Bolsa
A bolsa nacional fechou em queda, pressionada pela desvalorização superior a 6% dos CTT e superior a 3% da Mota-Engil.
14:48 | Indústria
Faltam colocar praticamente 3,9 mil milhões das 15 mil milhões de acções que a Sonae Indústria quis emitir no aumento de capital. Os bancos vão tentar vendê-las junto de institucionais. Para já, a Sonae Indústria arrecadou 111 milhões de euros.
17:53 | Aviação
O embaixador brasileiro em Portugal aponta que uma das vantagens de uma transportadora brasileira ficar com a TAP seria manter o "hub" em Lisboa. Mário Vilalva deseja que a "América Latina continue a ser servida pela TAP" no futuro.
13:13 | Mercados
A "yield" das obrigações do Tesouro a 10 anos estão esta quarta-feira de novo em mínimos históricos, acompanhando a tendência de descida que se verifica em vários países europeus, depois de Vítor Constâncio ter adiantado que o BCE deverá comprar dívida pública no próximo ano.
"O Natal chegou mais cedo", afirmou Jean-Claude Juncker na apresentação do seu plano destinado virar de vez a página da crise na Europa. A estratégia de atracção de investimento assenta na criação de um "fundo de estratégico" de 21 mil milhões de euros, para o qual convergirão verbas e garantias de instituições europeias, designadamente do BEI.
Jean-Claude Juncker, novo presidente da Comissão Europeia, apresentou esta quarta-feira, 26 de Novembro, o plano de investimento da Comissão Europeia. O Negócios explica o programa.
A Esquerda voltou a criticar a intenção do Governo de enviar quase 700 funcionários para a requalificação. Agostinho Branquinho, secretário de Estado da Segurança Social, acusa o PS de criar alarme social, quem sabe se para "desviar as atenções de outros motivos".
Social-democratas querem fechar a reforma do IRS e da fiscalidade verde até à próxima quarta-feira, na Assembleia da República. PS diz que é revelador da profundidade que se quer imprimir ao debate.
O vice-governador do Banco de Portugal falou do efeito "devastador" que teria a falência do Banco Espírito Santo, defendeu a resolução aplicada pelo banco central e anunciou que o Tesouro emprestou ao Novo Banco mais do que o que se pensava. Berberan Ramalho admitiu ainda que a fraude na banca é mais duradoura.
O número de pessoas a rescindir e a forma como tal será feito, rescisões por mútuo acordo, mantêm-se sem alterações, garantiu o sindicalista Rui Riso ao Negócios, depois da reunião que teve com a administração.
A reforma do Estado "nunca está concluída", justificou o secretário de Estado da Administração Pública, numa conferência sobre serviços partilhados.
00:01 | Economia
Novas regras de comunicação do inventário não obrigarão a valorizar as existências em armazém. Formato do ficheiro será disponibilizado esta quarta-feira. Há 10 mil empresas a serem investigadas por manipulação de inventário.
14:19 | Aviação
A Groundforce e a Portway unem-se e avançam com aviso de pré-aviso de greve de 24 horas para o próximo dia 1 de Dezembro. Uma interrupção pelas condições de trabalho, diz o SITAVA em comunicado.
14:38 | Bolsa
O número de pedidos de subsídio de desemprego nos Estados Unidos subiu na semana passada para um máximo de quase três meses. Os principais índices norte-americanos abriram em alta ligeira.
PUBLICIDADE
15:13 | Justiça
O Presidente da República considera que a detenção do ex-primeiro-ministro José Sócrates não irá afectar a imagem de Portugal, sublinhando que quem observa o País verifica que as instituições "estão a funcionar com toda a normalidade".
12:10 | Justiça
"Todo o PS está contra esta bandalheira." O antigo Presidente da República lançou duras palavras aos jornalistas depois de sair de um encontro com José Sócrates na prisão de Évora.
00:01 | Justiça
No dia em que o Parlamento votou o OE 2015, o principal tema de conversa foi a prisão preventiva de José Sócrates. Mas só nos corredores. Lá dentro, nem uma palavra.
08:41 | Justiça
No final de 2013 o ex-primeiro-ministro terá repartido a fortuna de 25 milhões de euros por seis bancos, devido a receios com a crise no banco, o que terá levantado suspeitas junto dos investigadores, avança o Correio da Manhã.
Apesar de maduros, são países onde as oportunidades florescem. Explore bem cada mercado e estude ao pormenor os padrões de negociação. Não sabe quais? O Negócios deixa-lhe dicas, para seguir (quase) à risca.
09:48 | LEX
Trabalhar nos mercados externos é hoje uma exigência para os advogados, o que os obriga a ter um leque de competências técnicas alargado, conhecer bem o negócio do cliente e saber comunicar com este na perfeição.
Editorial
  • Nuno Carregueiro
    Afirmar hoje que o "caso Sócrates" vai custar a vitória nas legislativas a António Costa é tão absurdo como nesta altura dizer que foi a falta de supervisão que levou ao colapso do BES.
  • Celso Filipe
    Ninguém é indiferente a José Sócrates. O antigo primeiro-ministro suscita paixões e ódios, sentimentos exacerbados e antagónicos, expressos com igual convicção. Por isso, o caso Sócrates é também um território de emoções onde se esgrimem argumentos que se baseiam na dicotomia gosto/não gosto.
  • Helena Garrido
    Mais do que nunca a justiça tem de ser cega. A administração judicial carrega nestes tempos uma responsabilidade que pode ser determinante para o nosso futuro como sociedade que confia nas suas instituições.
11:29 | Indústria
O novo pneu da marca portuguesa Mabor vai ser comercializado nos mercados belga, espanhol, polaco, holandês, russo e português. Produzido em várias fábricas da Continental, inclusive na de Famalicão, o lançamento do Sport-Jet3 marca a "revitalização de um símbolo do sector automóvel em Portugal".
08:22 | Empresas
O grupo espanhol Pefaco vai tomar conta do jogo do bingo em Portugal, tendo fechado a operação de tomada da concessão de nove das 16 salas existentes no País, incluindo as do Benfica, Belenenses, Boavista, Setúbal e Académica de Coimbra. Só falta a luz verde da Autoridade da Concorrência.
09:42 | Petróleo
A Arábia Saudita, um dos maiores produtores de petróleo do mundo, acredita que não é necessário reduzir a produção da matéria-prima e que os preços vão estabilizar. Petróleo mantém-se abaixo dos 80 dólares por barril.
Com as taxas em mínimos históricos, a compra e venda de casas está a aumentar. Mas se vai pedir crédito, é preciso tomar algumas precauções para não pagar demais. O mês da compra pode ter influência nos encargos que terá de suportar.
07:57 | Justiça
O general e empresário angolano Bento "Kangamba" afirmou hoje, em entrevista exclusiva à agência Lusa, que confia na Justiça portuguesa e que está disponível para explicar a origem do dinheiro encontrado em Portugal, que nega resultar de actividades ilícitas.
economistas Em colaboração com Project Syndicate
  • As autoridades monetárias da Zona Euro estão consumidas com ajustes triviais como o grau de "flexibilidade" nas regras orçamentais e o plano dúbio do BCE de comprar activos garantidos. Durante todo este tempo, mostraram-se confiantes no lema de Scarlett O’Hara: "Amanhã é outro dia".
  • Ao ritmo actual, daqui a três ou quatro décadas (ou menos), os níveis de CO2 na atmosfera atingirão níveis que rompem com os padrões climáticos, com consequências catastróficas para o ambiente e, por sua vez, para os sistemas económicos e sociais. Permitir que o "capital natural" do mundo - os recursos e ecossistemas que os sustentam – se esgote é, essencialmente, uma outra forma de subinvestimento destrutivo.
  • O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, está à procura de formas de estimular o crescimento económico e a criação de emprego, e por isso está a tentar avançar com o mega-acordo regional de comércio livre conhecido como Parceria Transpacífica (TPP, no acrónimo original). Mas será que os Estados Unidos estão a ir no caminho certo?
  • A noção de que o domínio mundial do dólar está a contribuir para a repressão financeira representa uma mudança histórica significativa. Como McKinnon destacou, o dólar tornou-se a moeda internacional dominante depois da Segunda Guerra Mundial porque ajudou a reduzir a repressão financeira e a fragmentação na Europa e na Ásia, onde a elevada inflação, taxas de juro de referência negativas e a excessiva regulação prevaleceram.
  • A Zona Euro enfrenta um cenário económico sombrio, com o crescimento estagnado e uma ameaça de deflação. O economista Martin Feldstein, que se mostrou céptico em relação ao projecto da Zona Euro desde o início, chama-lhe agora um "fracasso". Feldstein está certo, ou a Zona Euro poderia tornar-se a "área monetária óptima" que os seus criadores acreditavam que fosse?
O valor dos empréstimos de médio longo prazo surge sem mais explicações no boletim de execução orçamental de Outubro. O Estado tem estado a substituir os bancos nos empréstimos às empresas públicas, por vezes com impacto no défice.
dossier Weekend
Os filhos de Marcelo Caetano: "O meu pai não era um democrata". "Mas não se considerava um ditador"
Uma palavra para o vosso pai? Um lutador, um doutrinador, respondem Ana Maria Caetano e Miguel Caetano. Dois dos quatro filhos de Marcello Caetano (os que sobrevivem) têm leituras diferentes do pai e da história recente.
pub
pub

26
Quarta-feira
Novembro 2014

    negócios opinião