Conheça a primeira página do Negócios
A primeira página do Negócios, o acesso
ao ePaper
22:21 | Legislativas
O vice-primeiro-ministro enfatizou a moderação das propostas da coligação, por oposição ao radicalismo do PS. Agradeceu aos portugueses e descreveu o programa PSD/CDS como "marcadamente social".
21:18 | Política
A muito aguardada apresentação do programa eleitoral da coligação Portugal à Frente foi marcada por várias bicadas ao PS e ao seu programa "radical". PSD e CDS propõem "moderação", "segurança" e "mais possibilidades para os portugueses".
Essa é a data limite que tem estado prevista para a obrigação compulsiva, mas a maioria quer que os funcionários possam trabalhar além dessa idade
Os partidos da maioria já o tinham dito, mas agora inscrevem no programa do Governo a intenção de aproveitarem as cláusulas de flexibilidade das regras comunitárias.
20:35 | Mercados
PSD e CDS-PP querem incentivar as empresas a diversificarem as suas fontes de financiamento, com o mercado de capitais a ser uma das soluções. A coligação quer uma bolsa mais representativa, e promete incentivos nas emissões de dívida das PME.
22:05 | Eleições
O secretário-geral do Partido Socialista acusa o programa da coligação PSD/CDS de continuar uma "fúria privatizadora". António Costa questionou também a promessa do corte de 600 milhões de euros nas pensões feita pelo Governo a Bruxelas.
Os balcões do BPI vão continuar a ser encerrados, ajudando à diminuição dos custos. Essa é uma das "quatro alavancas" que levam Ulrich a acreditar que há uma inversão da actividade em Portugal.
Fernando Ulrich lançou farpas ao Montepio na conferência de imprensa de apresentação de resultados. A caixa económica respondeu ao lembrar que o presidente executivo do BPI não falou sobre os assuntos que interessam ao banco.
A Altice e os CTT concretizaram este mês a parceria anunciada em 2014. A dona da PT Portugal já pagou o montante inicial previsto, mas só "depois das férias" é que deverão "explorar as oportunidades" de sinergias.
21:55 | Energia
A energética manteve a previsão de crescimento a dois dígitos para este ano apesar da quebra no primeiro semestre. A estimativa para o EBITDA também se manteve. Os lucros caíram 14% para 69,4 milhões.
17:58 | Comércio
A dona do Pingo Doce e da Biedronka consolidou vendas de 6,6 mil milhões de euros entre Janeiro e Junho deste ano, uma melhoria de 9,8% face a igual período de 2014. Os lucros subiram 3% e superaram as previsões dos analistas.
22:04 | Tecnologias
A rede social fundada por Mark Zuckerberg segue a perder terreno na negociação fora de horas, em Wall Street, devido ao aumento de 82% dos gastos da empresa no segundo trimestre.
Janet Yellen, presidente da Reserva Federal dos EUA, manteve a taxa inalterada, mas deu sinais de que um aumento dos juros poderá estar para breve, fruto da melhoria registada no mercado de trabalho.
21:13 | Bolsa
As principais bolsas do outro lado do Atlântico encerraram em alta, pela segunda sessão consecutiva, animadas pelos resultados superiores às estimativas por parte de muitas empresas.
16:52 | Bolsa
As acções da Nos fecharam a sessão nos 7,90 euros, o que acontece pela primeira vez desde Maio de 2008. A empresa beneficiou dos resultados "sólidos" do primeiro semestre.
16:46 | Bolsa
A bolsa nacional encerrou o dia a ganhar 0,69% e elevou para 18,75% o ganho desde o início do ano – o segundo maior entre as congéneres europeias.  A Nos e a Galp foram as cotadas que mais subiram a beneficiar dos resultados registados no primeiro semestre do ano.
As bolsas europeias encerram em alta, impulsionadas pelos resultados trimestrais de empresas como a PSA Peugeot Citröen e a Bayer, que superaram as estimativas. Também o petróleo segue em alta, depois de ter sido divulgada uma queda inesperada das reservas de crude dos Estados Unidos.
22:32 | Construção
A cimenteira controlada pela Camargo Corrêa já anunciou que vai recorrer da decisão da CADE, que manteve as multas anteriormente aplicadas. A Cimpor tem de alienar activos no Brasil e pagar uma coima de 145 milhões de euros.
21:40 | Bolsa
A Petrus Advisers, gestora de fundos britânica com uma posição inferior a 2% na Semapa, não participou na oferta de troca. Mas está disponível para vender as suas acções à Sodim, se for oferecido um preço "justo".
17:21 | Empresas
A operadora de infra-estruturas de transporte divulgou resultados semestrais que mostram lucros de 20,9 milhões de euros, representativos de um crescimento de 153% face ao período homólogo. Já o EBITDA cresceu 10,7% para 162,7 milhões de euros.
18:32 | Indústria
A concluir um profundo processo de reestruturação, a Sonae Indústria triplicou os lucros operacionais, no primeiro semestre de 2015, para 19 milhões de euros, face ao mesmo período do ano passado, com os prejuízos a situarem-se nos 20 milhões de euros, menos 18 milhões do que os registados há um ano.
A PT Portugal teve receitas de 590,3 milhões de euros no segundo trimestre do ano, o que representa uma queda de 7,1% face ao mesmo período do ano passado. O EBITDA também caiu 7,7% para 225,4 milhões.
PUBLICIDADE
22:55 | Crédito
O "Risk Outlook" da CMVM revela que há um esforço de desalavancagem, mas não está a ser feito por todos. As grandes empresas continuam a aumentar a dívida. E são estes grandes devedores que registam maior taxa de incumprimento.
A receita pública com impostos directos nos primeiros seis meses do ano está abaixo do orçamento e contrasta com o crescimento expressivo do IVA. Assume-se como a principal ameaça à meta de défice. Despesa da Segurança Social está a evoluir bem.
20:04 | Economia
Américo Amorim é, mais uma vez, o homem mais rico de Portugal, segundo o ranking da Exame. O top 10 dos milionários portugueses está pouco alterado face ao ano passado. Mas o valor das fortunas cresceu. As 25 maiores somam 14,7 mil milhões de euros, o equivalente a 8,5% do PIB nacional.
O lema da coligação, na campanha, vai ser: "Hoje Portugal pode mais", ainda que haja uma frase recorrente utilizado nesta altura de pré-campanha: "não é tempo de promessas". Passos Coelho explica que o objectivo da coligação é dar "segurança" e ter "prudência". Veja o vídeo.
14:56 | Legislativas
O Negócios foi ver quem são os principais candidatos a deputados do PS. Veja as caras, saiba a idade e profissão e conheça os currículos de 83 pessoas que estará a eleger caso decida votar PS. Esteja atento. Em breve, o Negócios publicará os candidatos a deputados dos restantes partidos com representação parlamentar. 
Com a política monetária expansionista, os juros estão a afundar. Força os investidores a procurarem retornos, podendo colocá-los em risco. E a própria economia nacional pode ficar vulnerável, caso falhem os objectivos do BCE.
O Negócios já divulgou os 10 últimos lugares da tabela dos Mais Poderosos 2015. Conheça quem os ocupa e porque estão nessa posição.
Discreto, conciliador, acessível, assim é Humberto Pedrosa, que este ano foi um dos protagonistas da compra da TAP. O empresário que construiu nos últimos 48 anos o maior grupo de transporte rodoviário da Península Ibérica tem agora pela frente o desafio da aviação.
19:00 | Empresas
Treinador de videojogos é a nova profissão em destaque esta quarta-feira no Wall Street Journal, que diz que alguns destes treinadores chegam a receber entre 30 mil dólares (cerca de 27 mil euros) e 50 mil dólares (cerca de 45 mil euros) por ano.
16:24 | Justiça
O banco liderado por Nuno Amado não comenta a acusação do DCIAP a um ex-funcionário sobre um crime de falsificação de documentos na forma continuada.
17:39 | Comércio
A marca Moviflor, comprada em leilão pelo empresário José Manuel Reis, vai ser relançada com a abertura de lojas em vários pontos do país, a primeira das quais abre sexta-feira em Oliveira do Bairro.
O primeiro-ministro revelou que afinal a quota de Portugal para reinstalação de refugiados, que está em cima da mesa, é um pouco superior a 1.400. Passos Coelho nota que "o processo prático demorará algum tempo".
13:32 | Tecnologias
A Bloomberg analisa o sistema operativo que a Microsoft lançou hoje em todo o mundo. Veja as principais novidades do Windows 10.
A pergunta pode ser mórbida, mas a questão é pertinente. A ferramenta Legacy Contact vai permitir-lhe decidir atempadamente o que deve acontecer ao seu legado digital no Facebook. Lançada em Fevereiro deste ano, a opção fica agora disponível na Europa.
13:52 | Tecnologias
A marca finlandesa Nokia, outrora a maior fabricante de telemóveis, revelou esta quarta-feira, dia 29 de Julho, a sua câmara esférica para fazer filmes 3D e jogos que podem ser vistos e jogados com um dispositivo para realidade virtual.
Editorial
  • Helena Garrido
    O problema não está no plano B que estava a ser estudado para o caso de a Grécia ter de sair do euro. O problema está naquilo que o ex-ministro grego das Finanças disse que fez para operacionalizar esse plano B. Numa conversa que sabia estar a ser gravada confessa que pirateou dados com um "amigo de infância". Mais um exemplo de que o problema da Grécia é muito mais grave do que simplesmente financeiro. A Grécia não tem um Estado.
  • Helena Garrido
    À medida que o tempo passa, verificamos que o Governo foi muito benevolente com a banca. Todos adiaram a limpeza dos balanços. O BES foi apenas aquele que exagerou tanto na maquilhagem que caiu com ela.
  • Celso Filipe
    Em Portugal tudo vai mudando menos a herança política. Esta herança é o chavão que todos os políticos usam, depois de chegar ao poder, para justificarem o facto de não fazerem aquilo que prometeram durante a campanha eleitoral.
13:40 | Zona Euro
O ex-ministro das Finanças grego Yanis Varoufakis qualificou hoje as negociações da Grécia com o Eurogrupo como uma "guerra financeira" em que o seu país foi derrotado, não com veículos blindados, mas sim com bancos.
Mais de dois anos depois do arranque da investigação da Autoridade da Concorrência, o Barclays não tem noção de qual poderá ser o impacto material a sofrer. A exposição a Portugal diminuiu no primeiro semestre.
19:26 | Angola
As autoridades angolanas carregaram esta quarta-feira sobre dezenas de manifestantes que protestavam em Luanda contra a detenção de 15 activistas por alegada conspiração de golpe de Estado. Os manifestantes exigem a libertação dos referidos activistas.
Consumidores britânicos e alemães queixam-se a Bruxelas do preço dos pacotes de férias no parque de diversões parisiense, que chega quase ao dobro do cobrado aos visitantes franceses, noticia o Financial Times.
13:11 | Desporto
"Foi uma decisão muito pessoal e ponderada com muito cuidado. Fui guiado pela estima, apoio e incentivo que muitos de vós me manifestaram". Foi desta forma que o actual presidente da UEFA anunciou aos 209 membros da FIFA que vai concorrer ao lugar de Joseph Blatter.
economistas Em colaboração com Project Syndicate
  • No 80º aniversário do 14º Dalai Lama, que tem estado em exílio na Índia desde 1959, o futuro do Tibete parece mais incerto do que nunca. Durante o seu reinado, o actual Dalai Lama viu a sua pátria – o maior e mais elevado planalto do mundo – perder a sua independência para a China. Quando morrer, a China provavelmente irá instalar uma marioneta como seu sucessor, corroendo potencialmente a instituição.
  • O acordo alcançado em Viena para controlar as actividades nucleares do Irão enfureceu os belicistas. Os cidadãos de todo o mundo deviam apoiar o esforço corajoso do presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, para os vencer, tendo em mente o facto de que os signatários não incluem apenas os Estados Unidos, mas todos os cinco membros permanentes do Conselho de Segurança das Nações Unidas, mais a Alemanha.
  • É suposto que os decisores políticos da actualidade abracem as virtudes dos grandes dados, persigam implacavelmente as métricas quantitativas e, em seguida, sigam o caminho que estas poderosas ferramentas supostamente indicam. No entanto, se há uma coisa que a crise grega deixou claro é a importância do factor humano nas negociações. As pessoas e as suas personalidades, e a forma como lidam umas com as outras, podem fazer com que pequenas dívidas pareçam dívidas inservíveis ou que grandes dívidas desapareçam com um aperto de mão.
  • A crise de migração na Europa expõe uma falha fundamental, se não uma gigantesca hipocrisia, no debate em curso acerca da desigualdade económica. Ou não deveria um verdadeiro apoio progressista garantir oportunidades iguais para todas as pessoas do planeta, e não apenas para aqueles que entre nós tiveram a sorte de nascer e crescer em países ricos?
  • Numa altura em que decorrem as assembleias-gerais anuais das empresas públicas, uma questão persistente é a falta de um verdadeiro diálogo entre os responsáveis das empresas e o público em geral. Em vez de um debate robusto e da discussão entre investidores, executivos, a força de trabalho e a comunidade em geral, a conversa parece ter lugar em diferentes silos, com um grupo sentado em torno da mesa de reuniões do conselho de administração e um outro reunido à volta da mesa da cozinha.
16:55 | Energia
Para alcançar estas poupanças, o Governo precisa de investir 41 milhões na compra de automóveis eléctricos e mais amigos do ambiente, assim como na gestão partilhada da frota, com o objectivo de reduzir a emissão de dióxido de carbono em 20% do parque automóvel do Estado.
11:36 | Zona Euro
Um grupo de assessores económicos do Governo alemão, conhecidos como “wise men”, considera também que a saída de um país da união monetária não deve ser tabu. O abandono do euro pode acontecer como “último recurso”.
dossier Weekend
Irão: Uma nova era
Libertado das sanções (as militares ainda vão continuar), o Irão pode agora escoar o seu petróleo e gás e fazer crescer a sua pujante economia. O país tem agora quase tudo para se afirmar como uma potência regional e pode, em breve, tornar-se um dos novos BRICS.
pub

 

pub

29
Quarta-feira
Julho 2015