Conheça a primeira página do Negócios
A primeira página do Negócios, o acesso
ao ePaper
As três sociedades do Grupo Espírito Santo já estão sob um regime de protecção de credores no Luxemburgo. Depois da ESI, o tribunal luxemburguês aceitou a "gestão controlada" do ESFG e da Rioforte.
08:26 | Bolsa
As acções do BES já estiveram a cair mais de 9% esta terça-feira, a reflectir as notícias que dão conta de que as perdas assumidas no primeiro semestre poderão rondar os três mil milhões de euros. Nem uma nota do Banco de Portugal parece estar a conseguir eliminar os receios dos investidores.
Questionados sobre as suas responsabilidades na prevenção da crise no BES, FMI e Bruxelas argumentam que os poderes de supervisão estavam exclusivamente nas mãos do Banco de Portugal.
A KPMG Angola aprovou as contas do BES Angola, mas deixou algumas reservas, entre as quais empréstimos de 384 milhões de euros realizados a cinco entidades, avança o Público esta terça-feira.
11:34 | Research
O BPI considera que o facto de se adiar a permuta de acções entre a Oi e a PT até Março de 2015 é o grande ponto negativo dos novos termos da fusão entre PT e Oi. O BESI diz que é uma "oportunidade" para comprar acções da brasileira.
10:01 | Bolsa
Depois do início de sessão algo indefinido a praça lisboeta segue a cair já perto de 1% pressionada pelo sector financeiro com destaque para o BES que cai mais de 8%. PT e EDP também estão a penalizar o PSI-20.
10:56 | Research
O Banco Comercial Português (BCP) apresentou, esta segunda-feira, os resultados relativos ao segundo trimestre. Os analistas sublinham a tendência de recuperação evidenciada desde o final do ano passado.
28 de Julho | Construção
A construtora anunciou esta segunda-feira a adjudicação de quatro contratos no México, Brasil, Peru e Colômbia, que acrescentam à carteira de encomendas cerca de 335 milhões de euros.
28 de Julho | Banca & Finanças
Maria Teresa Henriques da Silva Moura Roque pediu a renúncia do conselho de administração do Banco Internacional do Funchal. Nuno José Roquette Teixeira também sai.
28 de Julho | Bolsa
Mais dois nomes de saída do conselho de administração do banco de investimento do BES. Depois da saída da administração do BES, Morais Pires e José Manuel Espírito Santo juntam-se a Ricardo Salgado e também abandonam administração do BESI.
11:08 | Justiça
O ex-Presidente francês está sob investigação devido a novas suspeitas de fraude na campanha presidencial de 2007, num caso semelhante ao “Bygmalion” referente à campanha de 2012.
O Crédito Agrícola teve lucros de 22 milhões de euros até Junho, mais 81,5% do que há um ano, segundo o presidente banco, adiantando que o valor incorpora eventuais imparidades com a "pequena exposição" ao Grupo Espírito Santo.
10:19 | Energia
A BP, que possui uma participação de 20% na petrolífera russa Rosneft, mostra-se receosa com o impacto das sanções à Rússia justificadas pela anexação da península da Crimeia.
O UBS aumentou os seus resultados do segundo trimestre do ano, num período marcado pela redução de custos. A marcar este período está também um acordo alcançado com as autoridades alemãs para pôr fim a investigações sobre evasão fiscal de clientes.
PUBLICIDADE
António Mosquito, líder do grupo Mbakassy & Filhos e presidente não executivo da Soares da Costa, é o 42.º mais poderoso da economia
09:00 | Economia
Os valores a disponibilizar serão reembolsáveis e não a fundo perdido, pelo que "poderão ser reciclados várias vezes e, por isso, beneficiar um conjunto alargado de operações", disse ao Negócios o Ministro do Ambiente.
00:01 | Rendas
O ministro Jorge Moreira da Silva chegou ao Governo há um ano e uma das pastas que herdou, de Assunção Cristas, foi a da reforma do arrendamento. Será ele, agora, a avançar com as primeiras alterações a uma das leis mais contestadas e, ao mesmo tempo, aplaudidas da legislatura. As mudanças, explica, incidirão sobretudo sobre as rendas comerciais. Para as habitacionais, serão apenas de pormenor.
10:00 | Bolsa
Durante esta semana os investidores vão ficar a conhecer os resultados da grande maioria das empresas não financeiras do índice nacional. A expectativa de Miguel Gomes da Silva é de que as contas destas possam surpreender.
A Universidade do Minho criou um programa de formação aplicada e focada em ferramentas de gestão que são "críticas" para os decisores das PME, numa fase de crescimento em que já "não serve apenas a boa vontade".
28 de Julho | Justiça
O Presidente da República promulgou a revisão da lei do segredo de Estado, mas sugere aos deputados a "reponderação" de algumas normas para que sejam eliminadas "dúvidas ou equívocos interpretativos".
Números até os há, mas não batem certo. É tão difícil perceber quanto vale a contribuição extraordinária de solidariedade (CES) quanto adivinhar a sentença que os juízes do Tribunal Constitucional se preparam para proferir.
28 de Julho | Américas
Buenos Aires joga o tudo ou nada na reunião de terça-feira com o mediador apontado por tribunal norte-americano. Argentina pode entrar no quarto incumprimento desde 1982. Credores que recusam reestruturação de dívida exigem 1,33 mil milhões de dólares.
00:01 | Saúde
Estado vai passar a avaliar eficácia dos remédios e dispositivos já depois de estarem no mercado. Indústria pode vir a assumir despesa caso não sejam eficientes. Novo sistema de avaliação deve estar em vigor em 2015.
Editorial
  • André Veríssimo
    A dor por que o país passou – e ainda passa – deveria impor algum decoro no discurso político. Foi governar com base em ilusões que nos deixou neste desgoverno. Mas o luto foi curto. Assomam novas caras, mas os truques de campanha são os mesmos.
  • Nuno Carregueiro
    A 5 de Julho de 2011 a Moody's conseguiu colocar grande parte dos portugueses, desde políticos ao comum cidadão, unidos nas críticas à agência de notação financeira. Um corte de quatro níveis no "rating" da dívida pública colocou Portugal no "lixo" e mesmo quem na altura nunca tinha ouvido falar em "rating" certamente insultou esta agência de notação financeira.
  • Helena Garrido
    Considerar que só porque deixou de ter poder no BES é que a justiça actua é fazer o raciocínio ao contrário. Ricardo Salgado deixou de ter poder porque as instituições funcionaram e a justiça já estava a actuar. A detenção do ex-presidente do BES nesta quinta-feira de Julho e as medidas de coacção de grau elevado que lhe foram aplicadas revelam que o trabalho dos investigadores do caso Monte Branco continuava a ser feito.

O Deutsche Bank terminou o segundo trimestre com lucros de 237 milhões de euros, o que representa uma quebra de 29% face ao período homólogo. O banco ficou aquém das estimativas.
08:38 | Bolsa
Os mercados accionistas asiáticos estão a valorizar pelo terceiro dia, dando o mote para uma sessão positiva para as bolsas. Esta terça-feira, tem início a reunião de dois dias da Reserva Federal.
28 de Julho | Bolsa
O banco norte-americano deixou de ter uma participação qualificada na Nos após a venda de mais de quatro milhões de acções. O Morgan Stanley passou agora a deter uma posição de 1,93% na operadora portuguesa.
00:01 | Energia
O consórcio da Galp já avançou para a contratação de uma plataforma "offshore" para produzir GNL, orçada em mais de 3 mil milhões de euros, e neste trimestre lançará o concurso para uma outra unidade "onshore".
00:01 | Energia
Com esta aquisição, a REN passará a controlar a 100% o complexo situado na localidade do Carriço e fica ainda com o direito de desenvolver futuras ampliações de capacidade.
28 de Julho | Banca & Finanças
As transacções entre o banco nipónico Nomura e a Sicília, ocorridas entre 2000 e 2006, terão penalizado as contas daquela região. A polícia italiana apreendeu activos pela venda de produtos financeiros considerados complexos.
28 de Julho | Política
Caixas negras mostram que a queda do avião da Malaysia Airlines se deveu a estilhaços da explosão de um míssil, segundo fontes de segurança ucranianas. ONU admite "crime de guerra".
26 de Julho | Impostos
Com base no balanço social da Autoridade Tributária, o Negócios mostra-lhe a máquina fiscal. Sabe porque faltam os funcionários do Fisco? Sabe quantos são e que habilitações têm? E quanto ganham? Veja na infografia preparada pelo Negócios.
economistas Em colaboração com Project Syndicate
  • Os líderes da Zona Euro continuam a debater a melhor forma de revigorar o crescimento económico e os franceses e italianos argumentam actualmente que se deve relaxar o rígido tratado do "compacto orçamental".
  • A proximidade entre o 70.º aniversário da conferência de Bretton Woods, da qual surgiram o Banco Mundial e o Fundo Monetário Internacional, e outros aniversários históricos como o do desembarque dos Aliados na Normandia revela a ambição dos seus organizadores.
  • As recentes eleições na Índia podem ser a melhor notícia de 2014 para a economia do país. Os eleitores indianos rejeitaram o partido do Congresso, que governou a Índia praticamente sem interrupções desde que o país conseguiu a independência do Reino Unido em 1947. E é provável que um dia se alegrem por tê-lo feito.
  • O Acordo Transatlântico de Comércio e Investimento (TTIP, na sigla em inglês) que, actualmente, é objecto de intensas negociações entre a União Europeia (UE) e os Estados Unidos, está a causar um grande choque.
  • Um estudo pioneiro publicado no passado mês de Novembro revelou que as actividades de apenas 90 produtores de carvão, petróleo, gás e cimento – apelidados de "grandes emissores de dióxido de carbono" – foram responsáveis por 63% do total de emissões desde a Revolução Industrial.
28 de Julho | Comércio
Cadeia Minipreço, do grupo espanhola Dia, reconhece melhoria no segundo trimestre em território nacional. Armazém em Torres Novas captou investimento de 22 milhões de euros.
00:01 | Indústria
Em Março de 2012, o presidente dos Estaleiros Navais de Viana do Castelo avançava que o investimento inútil realizado no Anticiclone atingira os 14 milhões de euros.
28 de Julho | Justiça
O presidente da Confederação Empresarial Portuguesa (CIP), António Saraiva, propôs hoje que o quociente familiar, que serve para calcular o rendimento colectável das famílias em sede de IRS, seja "mais generoso" do que o proposto pela Comissão de Reforma.
dossier Weekend
Portugal foi grande quando se abriu ao mundo
Em miúdo era um engenhocas. Um dia ligou um comboio a pilhas à electricidade e, claro, correu mal. António Melo Pires, prémio Excellens Oeconomia de 2014, fala da sua vida desde o liceu em Setúbal. Do tempo em Espanha e no Brasil. Confessa que era impulsivo. É no serviço militar, para onde não queria ir, que encontra a raiz do saber liderar.
pub
pub

29
Terça-feira
Julho 2014
    Cerimónia de Entrega de Prémios Best Ethical Practices Awards

    negócios opinião