Conheça a primeira página do Negócios
A primeira página do Negócios, o acesso
ao ePaper
14:09 | Conjuntura
O primeiro-ministro diz que, apesar da subida do desemprego revelada pelo INE, é cedo para falar de uma inversão da tendência. O secretário-geral da OCDE diz que o desemprego e a desigualdade estão a um nível "insustentável".
12:30 | Conjuntura
O secretário-geral da OCDE afirmou esta quarta-feira que a economia portuguesa poderá crescer entre 1,3% e 1,5% em 2015, podendo chegar aos 2% em 2016, beneficiando da desvalorização do petróleo e do euro.
A Oi estará a planear a redução de mil postos de trabalho, avança a Reuters. A empresa brasileira explica que quer aumentar a produtividade e rentabilidade.
O Banco de Portugal já se pronunciou sobre a actuação dos bancos quando os juros dos créditos passam a ser negativos. O Negócios explica o que vai acontecer agora que a Euribor a um mês passou a valores negativos.
As taxas negativas nos créditos são para repercutir aos clientes, sejam eles particulares ou empresas, diz o Banco de Portugal.
11:35 | Aviação
Cantiga Esteves considerou urgentíssima a capitalização da companhia aérea, lembrando que este é o primeiro critério de avaliação das propostas no processo de privatização. As alterações ao caderno de encargos face a 2012 podem fazer com que o processo tenha um desfecho diferente do anterior.
11:26 | Mercados
2014 "foi um ano de consolidação do PPR como produto de poupança". Este produto cresceu 8% devido às taxas baixas nos depósitos e à insegurança face ao sistema bancário, afirmou José Almaça, presidente da Autoridade de Supervisão de Seguros e Fundos de Pensões (ASF).
09:48 | Bolsa
A PT SGPS chegou a subir quase 13% em reacção ao novo acordo alcançado com a Oi para a combinação de negócios. Entretanto as acções aliviaram parte dos ganhos e sobem agora cerca de 6%.
10:31 | Bolsa
A bolsa nacional já inverteu da tendência de queda registada no início da sessão e segue a valorizar, impulsionada pelos ganhos da Jerónimo Martins e da PT. Destaque ainda para os títulos dos CTT que atingiram já esta manhã um novo máximo histórico.
12:50 | Zona Euro
Ainda assim, o rácio da dívida face ao PIB caiu de 77,1% em 2013 para 74,7% no ano passado, devido ao crescimento da economia alemã. Em 2014, o PIB da maior economia europeia cresceu 1,6%.
14:32 | Mundo
O Banco Mundial avisa, contudo, que a economia da Rússia poderá contrair 3,8% este ano se o preço do petróleo atingir uma média de 53 dólares por barril. Se a média for de 45 dólares, a contracção do PIB poderá chegar aos 4,6%.
14:48 | Bolsa
As principais praças norte-americanas iniciaram o dia a recuar ligeiramente depois de em Março o ritmo de criação de postos de trabalho ter abrandado face a Fevereiro. Os economistas prevêem que os rendimentos tenham acrescimento a um ritmo mais moderado.
08:00 | Bolsa
Os chefes da diplomacia do Irão, Alemanha, Reino Unido, França, Estados Unidos, China e Rússia falharam um acordo sobre o programa nuclear do Irão, e têm pontos de vista divergentes sobre a evolução das negociações. Os ministros da Rússia e Irão acreditam que o acordo poderá estar concluído esta quarta-feira.
12:39 | Transportes
A agência aponta que as vendas vão permitir reduzir a dívida da empresa ferroviária. Apesar do efeito positivo, a Moody's avisa que o rating da CP não vai ser alterado com estas vendas.
31 de Março | Banca & Finanças
O chefe de Estado recebeu o presidente do Novo Banco, que está à venda, mas não revelou o teor da audiência. Stock da Cunha também não quis confidenciar o que foi discutido.
Os clientes do BES compraram papel comercial de várias sociedades do GES. A ES Property está em revitalização e, no âmbito da negociação com credores, propõe pagar 100% do capital até 2020. A ESI e a Rioforte estão em insolvência, pelo que as soluções desenhadas não são dessa ordem.
A Espírito Santo Property propõe pagar aos clientes do BES com papel comercial todo o capital investido até 2020. Um “bom” ponto de partida. Mas a associação de clientes diz que não há segurança jurídica. E aponta para o problema da inflação.
31 de Março | Banca & Finanças
O pontapé de partida para a separação da gestão entre a associação mutualista e a caixa económica era para ter sido dado na segunda-feira. Mas a assembleia-geral foi adiada para quarta-feira.
31 de Março | Dividendos
A empresa liderada por Queiroz Pereira vai entregar, do lucro obtido ano passado, quase 40 milhões de euros aos accionistas e 2,8 milhões de euros aos administradores e trabalhadores.
PUBLICIDADE
13:11 | Autarquias
O próximo presidente da Câmara de Lisboa vai tomar posse na próxima segunda-feira, segundo confirmou o próprio ao Negócios. Formalmente, António Costa será presidente até essa altura.
13:34 | Autarquias
O presidente da câmara de Lisboa fez hoje um discurso de despedida na câmara de Lisboa em que agradeceu aos funcionários e autarcas, fez um balanço dos oito anos em que esteve à frente da autarquia e concluiu: "hoje a casa está arrumada".
11:53 | Zona Euro
O conhecido investidor diz que é possível que alguns membros não se consigam adaptar aos problemas estruturais da Zona Euro e abandonem a moeda única. Buffett acredita que a região resistiria a uma eventual saída da Grécia.
E se as origens da crise da zona euro remontassem há 45 mil anos a esta parte? E se as divisões que colocam a Alemanha e a Grécia em lados diferentes da barricada estivessem relacionadas com o seu ADN cultural e psicológico?
12:46 | Aviação
Um avião da Turkish Airlines que fazia a ligação entre Istambul a Lisboa regressou à cidade turca, depois de ter sido encontrada bagagem sem dono no aparelho. Este é o terceiro voo desta companhia obrigado a mudar de rota esta semana.
00:01 | Impostos
Num relatório demolidor para a Autoridade Tributária e Aduaneira, a Comissão Nacional de Protecção de Dados confirma a existência de uma lista VIP e reconstrói os passos que levaram à sua criação.
31 de Março | Impostos
A Comissão de Protecção de Dados acusa o Fisco de não ter controlo sobre a base de dados dos contribuintes. Além dos 12 mil funcionários do Fisco, há mais de duas mil pessoas de fora que acedem aos dados.
11:49 | Américas
A economia brasileira está numa tendência decrescente desde 2013. Este ano deverá registar uma queda de 1% para depois voltar a crescer 2% em 2016.
11:51 | Construção
A empresa está a tentar evitar a falência, depois de vários dos seus gestores terem sido presos, acusados de corrupção e lavagem de dinheiro.
09:53 | LEX
As novas regras que regulam as relações entre a Administração e os cidadãos entram em vigor neste mês de Abril. O código é bem recebido, mas, dizem os especialistas, traz consigo questões que levantam muitas dúvidas.
10:51 | Europa
O actual primeiro-ministro, David Cameron, vai manter George Osborne ministro das Finanças se ganhar as eleições de 7 de Maio.
Editorial
  • Celso Filipe
    A ANA – Aeroportos de Portugal arranjou uma porta de emergência para a Câmara de Lisboa sair ilesa do imbróglio em que se tinha metido, ao criar uma taxa turística que entra hoje, dia 1 de Abril, em vigor. A ANA passa a suportar o pagamento de uma taxa de um euro por cada turista que chegar a Lisboa por via aérea, o que se traduzirá numa receita para o município que oscilará entre os 3,6 e os 4,4 milhões de euros.
  • Nuno Carregueiro
    Aos olhos das agências de "rating" a dívida pública portuguesa continua a ter a classificação de "lixo". Mas para os investidores que aplicaram nos títulos soberanos de Portugal, a aposta traduziu-se num verdadeiro retorno de luxo.
  • Helena Garrido
    Manuel é de Bragança. Sem emprego na sua terra e para fazer o que gostava trabalha em Lisboa. De vez em quando vai à terra. Maria é lisboeta. Não encontrou trabalho em Portugal para fazer o que gostava. Vive em Berlim, onde arranjou emprego. De vez em quando vem a Portugal.
31 de Março | Empresas
Os accionistas da Sonae Indústria e da Sonae Capital votaram favoravelmente, em Assembleia Geral, a proposta de que Paulo Azevedo substituísse o pai Belmiro nas presidências dos conselhos de administração. Rui Correia e Cláudia de Azevedo mantêm-se como CEO da Sonae Indústria e Sonae Capital, respectivamente.
Hervé Falciani e Bradley Birkenfeld ajudaram as autoridades a investigar alegadas irregularidades nas instituições bancárias. A conferência irá ter lugar entre 3 a 5 de Maio.
31 de Março | Empresas
A Isoroy, participada indirecta da Sonae Indústria, concretizou esta terça-feira a alienação do negócio e dos activos da unidade industrial de Ussel, localizada em França.
31 de Março | Tecnologias
O Presidente da República vetou o diploma da cópia privada, que previa a taxação de equipamentos, como telemóveis ou tablets, para remunerar os direitos de autor. Cavaco Silva devolve o diploma à Assembleia da República.
Os jornais nacionais desta quarta-feira, 1 de Abril, destacam ainda a confusão na contagem das eleições na Madeira e as respostas de José Guilherme ao Parlamento no caso GES.
00:01 | Economia
PS propõe a divulgação electrónica de relatórios, auditorias, contratos, protocolos, ou salários dos funcionários. Proposta que será votada esta quinta-feira no Parlamento é criticada pela CNPD e recebida com reservas pelo PSD.
08:01 | Impostos
O mês de Abril traz consigo o primeiro período para o pagamento do IMI (Imposto municipal sobre imóveis), este ano sem a cláusula de salvaguarda. E é também o mês para entregar, via internet, a declaração do IRS para quem trabalha por conta de outrem e pensionistas.
economistas Em colaboração com Project Syndicate
  • O Bangladesh está novamente à beira de um colapso político? Com a explosão de bombas que quase tiraram a vida do primeiro-ministro, Sheikh Hasina, o líder da oposição, Khaleda Zia, acusado de assassinato, protestos violentos e incêndios a varrerem a capital, o país parece estar à beira de um abismo terrível.
  • O programa de reformas da China atingiu um impasse, com conflitos de interesse fundamentais e mecanismos de resistência subtis a bloquear o seu progresso. Até que estas barreiras sejam removidas, há pouca esperança de que a economia em desaceleração da China – que cresceu 7,4% em 2014, a sua taxa mais baixa em quase um quarto de século – possa esperar que a reforma lhe dê o impulso que precisa.
  • Na economia global dos nossos dias, não há preço tão importante como o do petróleo. Todos os dias são produzidos (e consumidos) mais de 80 milhões de barris de crude, e uma grande parte dessa produção é comercializada internacionalmente. Assim, a queda acentuada do preço do petróleo - de cerca de 110 dólares no ano passado para cerca de 60 dólares actualmente - está a permitir a poupança de centenas de milhares de milhões de dólares aos importadores de petróleo. Para a União Europeia e Estados Unidos, os ganhos decorrentes dessa queda de preços equivalem a cerca de 2 a 3% do PIB.
  • Os mercados financeiros servem dois objectivos cruciais: canalizar as poupanças para investimentos produtivos e permitir que particulares e empresas possam gerir riscos através da diversificação e dos seguros. Consequentemente, o sector é essencial para o desenvolvimento sustentável, que representa oportunidades sem precedentes de investimentos à escala mundial, bem como desafios em matéria de gestão de riscos.
  • Seis meses depois do livro de Thomas Piketty "Capital in lhe Twenty-First Century" ter causado furor nos Estados Unidos e na Europa, tornou-se num bestseller no Japão. Mas as grandes diferenças entre o Japão e os seus parceiros desenvolvidos no Ocidente significam que, tal como muitas outras exportações ocidentais, o argumento de Piketty foi assumido em características diferentes.
31 de Março | Transportes
Deputados socialistas da Assembleia da República vão pedir fiscalização constitucional dos diplomas do Governo que lançam o processo de subconcessão da Carris e Metro de Lisboa.
08:43 | Desporto
O Futebol Clube do Porto confirmou, em comunicado, a venda do jogador Danilo ao Real Madrid. A transferência vai render ao clube 31,5 milhões de euros. O passe de Danilo estava dado como garantia num empréstimo do Porto ao Novo Banco, cuja data de vencimento é Setembro de 2015.
dossier Weekend
José Soares dos Santos: "Fui ensinado no 'vira-te, não te queixes'"
As pessoas mudam pelas emoções, não mudam por razões. José Soares dos Santos nasceu em 1962. Desde 1995 que a sua vida são os negócios. Foi presidente e/ou administrador de empresas ligadas à Unilever e ao grupo Jerónimo Martins. Como se sabe, é filho de Alexandre Soares dos Santos.
pub
pub

1
Quarta-feira
Abril 2015
    Documentos Negócios
    consulte ou faça download