Conheça a primeira página do Negócios
A primeira página do Negócios, o acesso
ao ePaper
08:12 | Bolsa
O arranque de sessão foi de quedas generalizadas na bolsa nacional e entre as congéneres europeias. A pesar da negociação estão os receios de que a China não introduza novas medidas de estímulo económico.
08:53 | Bolsa
As acções da Espírito Santo Saúde seguem em queda, continuando a aliviar das subidas recentes. A queda surge depois da Ángeles ter elevado a oferta para 4,50 euros, um valor que ainda assim está 4% abaixo da actual cotação.
07:33 | Tecnologias
A empresa liderada por Miguel Almeida reforça presença no segmento empresarial ao comprar a empresa de tecnologias de informação ao seu accionista.
21 de Setembro | Finanças Públicas
O primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, garantiu hoje que "não há ninguém no Governo que não esteja a trabalhar firmemente" para a redução da carga fiscal, mas tal só vai suceder se as condições do país o permitirem.
00:01 | Petróleo
A descida do preço do petróleo nos mercados e os descontos oferecidos na compra de combustível estão a baixar o preço do gasóleo nas bombas. Atestar o depósito custa menos 11 euros do que há dois anos.
21 de Setembro | Investidor Privado
Numa altura em que os mercados anseiam por dados animadores, a China poderá voltar a desapontar. Isto numa semana em que Draghi irá falar sobre o futuro do euro e os EUA deverão receber o maior IPO de um banco desde 1999.
00:01 | Bolsa
Impedidos de participar na operação de dispersão de capital, os investidores nacionais estavam ansiosos para comprar acções da Alibaba. Fizeram-no assim que os títulos começaram a negociar em Nova Iorque.
Teodora Cardoso apresentou ontem a sua proposta de reforma do processo orçamental, mas afastou a possibilidade de ser introduzido um limite nominal de défice e dívida na Constituição da República.
00:01 | Energia
A barragem São Manoel, investimento de quase 900 milhões de euros, é o maior projecto que a EDP tem pela frente no Brasil. Em Agosto teve a licença ambiental, que agora um tribunal mandou suspender... em defesa das comunidades índias.
Os interessados na privatização da TAP aceitam ficar com o negócio deficitário, desde que antes seja realizada uma operação financeira de 500 milhões de euros para equilibrar as contas, avança o Público.
21 de Setembro | Indústria
Na opinião do presidente da Douro Azul, será necessário "um navio por ano" para a operação da Mystic Cruises, empresa internacional do Grupo. O responsável anunciou ainda a intenção de encomendar navios para a navegação no rio Douro, mas deixou um alerta.
A companhia alemã acordou a compra da Dresser-Rand e irá pagar 83 dólares por acção da empresa norte-americana que produz equipamento para a exploração petrolífera. A Siemens prossegue, desta forma, a sua aposta de expansão no sector do gás e do petróleo.
00:01 | Educação
Têm menos de 30 anos de idade, estão desempregados e candidataram-se ao Programa Retomar para voltarem ao ensino superior. O Governo tem até 3.000 bolsas anuais de 1.200 euros para apoiar o regresso destes jovens aos estudos.
08:00 | Bolsa
O ministro das Finanças chinês garantiu que não operará grandes mudanças na política económica chinesa. Um grupo de banqueiros centrais defendeu, entretanto, que a manutenção das taxas de juro muito baixas poderá resultar em riscos para os mercados financeiros.
PUBLICIDADE
O confronto não é de agora. Mas um mercado touro com mais de cinco anos de existência expõe as divergências. Os touros acreditam que o mercado tem ainda margem para crescer. Os ursos apontam para as quedas que estarão ao virar da esquina. A dúvida mantém-se: quem terá razão?
00:01 | Rendas
Os proprietários vão ter regras para o realojamento temporário de inquilinos quando for preciso fazer obras de conservação, obrigatórias de oito em oito anos. Só não poderão despejá-los. Prazo máximo para as obras serão 60 dias.
00:01 | Start-ups
Vários fundos de capital de risco estiveram em Lisboa a conhecer start-ups portuguesas. Para as empresas, a obtenção de financiamento não é tudo. O "feedback" é uma das armas mais importantes a obter.
07:37 | Política
Os partidos escoceses a favor da independência registaram um aumento das filiações nos dias que se seguiram ao referendo que ditou a continuidade da Escócia no Reino Unido.
00:01 | Tecnologias
O responsável da Sony para o Sul da Europa vê no mercado português um forte potencial para crescer, quer para reforçar a posição da PlayStation quer no sentido de celebrar mais parcerias com fornecedores de Internet.
21 de Setembro | Política
O secretário-geral do PS, António José Seguro, disse hoje, em Seia, esperar que o Parlamento preste rapidamente esclarecimentos sobre alegados pagamentos que Pedro Passos Coelho terá recebido da empresa Tecnoforma enquanto era deputado.
00:01 | Justiça
Com o sistema informático da Justiça a continuar quase inoperacional, a ministra da Justiça foi chamada ao Parlamento para debater com os deputados o que pode ser feito para solucionar os problemas que estão a transtornar os tribunais.
21 de Setembro | Banca & Finanças
O Tribunal de Paredes rejeitou o pedido de nulidade de um contrato 'swap' feito entre uma empresa de mobiliário e o BES, considerando que a crise e a descida das taxas de juro não representam uma alteração anormal das circunstâncias.
Editorial
  • Nuno Carregueiro
    A conversa não é nova, mas nunca deixa de ser actual. A Alemanha persiste como o bode expiatório de muitos males. É sempre mais fácil dizer que se algo não corre como previsto é porque a maior economia europeia não está a fazer o que devia. Tem sido assim no passado e voltou a acontecer este fim-de-semana em Cairns, na Austrália.
  • Celso Filipe
    Marinho e Pinto foi um bastonário da Ordem dos Advogados empolgado que conquistou o poder com o apoio dos pequenos advogados e que sempre contou com a hostilidade dos grandes escritórios. Marinho e Pinto foi um bastonário desabrido no falar, de verbo fácil e crítico do estado da Justiça.
  • Celso Filipe
    A fazer fé nas sondagens, cujas projecções já fazem a distribuição dos indecisos, os escoceses vão esta quinta-feira votar contra a independência do país e a sua separação do Reino Unido. O resultado será, ao que tudo indica, tangencial. Assim, 58% dos escoceses irão votar "não" no referendo sobre a independência, enquanto 42% se manifestarão favoráveis a esta opção. Este resultado permite extrair duas conclusões. A primeira é a de que os escoceses estão divididos sobre o seu futuro enquanto país. A segunda é a de que a Escócia já ganhou, apesar do "sim" à independência sair derrotado.
00:01 | Educação
Crato assumiu o erro na ordenação dos professores na Bolsa de Contratação de Escola e prometeu ser célere a refazer as listas. Nas escolas directores e docentes já colocados estão apreensivos.
21 de Setembro | Política Monetária
O governador do Bundesbank, Jens Weidmann, criticou hoje a estratégia do Banco Central Europeu (BCE) para tentar reanimar a economia, considerando que favorece os bancos às custas dos contribuintes.
21 de Setembro | Mercado de Trabalho
O número de desempregados inscritos nos centros de emprego fixou-se nos 624.230 em Agosto, uma descida de 10,2% em termos homólogos e uma subida de 2% face a Julho, segundo os dados do IEFP.
19 de Setembro | Weekend
Pedro Lains já foi considerado um economista neo-liberal. Agora acusam-no de ser um perigoso esquerdista. A entrevista aconteceu em sua casa, numa manhã abafada.
20 de Setembro | Gadgets
As Focal Easya são colunas amplificadas e sem fios.
economistas Em colaboração com Project Syndicate
  • No ano passado, a China alcançou aparentemente outro marco na sua ascensão meteórica, ao ultrapassar os Estados Unidos e passar a ser a maior potência comercial do mundo, com as suas receitas comerciais totais avaliadas em 25,83 biliões de yuans (4,16 biliões de dólares). Mas este feito é, em grande medida, ilusório – e não se deve permitir que oculte a necessidade da China de transformar o seu modelo de comércio.
  • Há dois anos, a eleição de Shinzo Abe como primeiro-ministro do Japão levou ao advento do "Abenomics", o plano em três partes para resgatar a economia do lodaçal de estagnação e deflação.
  • Recaída é a regra da pós-crise económica mundial. Nos Estados Unidos, Japão e Europa, o crescimento do PIB fraquejou novamente no primeiro semestre de 2014. Estes contratempos são dificilmente uma coincidência. Este crescimento persistentemente lento por todo o mundo desenvolvido deixou as grandes economias invulgarmente vulneráveis em relação às contrariedades inevitáveis.
  • Itália está mergulhada numa tripla recessão. Mas não chegou lá por si só. Sim, o longo declínio da economia reflecte o fracasso dos líderes italianos em enfrentar a perda de competitividade do país; mas é uma falha amplamente partilhada na Europa.
  • Chegámos ao fim da era da inflação elevada? Quando o mundo cresce de forma lenta, a dívida é elevada e existem tremendas pressões de distribuição é importante saber se a inflação está morta ou simplesmente dormente.
21 de Setembro | Conjuntura
O Fundo Monetário Internacional instou hoje, no final da reunião do G20 na Austrália, a que sejam tomadas medidas no mercado laboral e nas infra-estruturas que favoreçam o crescimento económico.
21 de Setembro | Política
O secretário-geral do PCP afirmou hoje que todos estão a empurrar "uns para os outros" as responsabilidades sobre o caso BES e que o presidente do BPI se fez de 'morto' para "deitar a mão à presa".
dossier Weekend
António Simões: Não há um líder que possa liderar sem ter uma inteligência emocional desenvolvida
António Simões é o CEO no Reino Unido do HSBC. Normalmente, quando se fala dele, diz-se que é gay assumido. Como se se revelasse uma característica exótica. António explica, na entrevista, que é mais improvável ter 39 anos e liderar 43 mil pessoas do que ser gay e liderar 43 mil pessoas.
pub
pub

22
Segunda-feira
Setembro 2014

    negócios opinião