Conheça a primeira página do Negócios
A primeira página do Negócios, o acesso
ao ePaper
Isabel dos Santos está irredutível no preço oferecido pela PT SGPS. A empresária notifica esta quinta-feira a Autoridade da Concorrência sobre a oferta pública de aquisição (OPA).
A Oi diz não ter recebido qualquer outra proposta além das já conhecidas, rejeitando desta forma as notícias que apontavam para que os fundos Apax e Bain tenham reforçado em 500 milhões de euros a oferta pela PT Portugal.
Os CTT admitem fazer acordos com a PT Portugal, ou o seu comprador, para explorar sinergias, mas a compra da empresa está fora de equação, em consórcio ou sozinhos, afirma a empresa em comunicado.
A solução do Novo Banco para a gestão discricionária de carteiras do BES recebeu o aval dos reguladores. É idêntica à das séries comerciais: os títulos passam a depósitos. O papel comercial continua à espera de proposta final.
O PCP quis ouvir as técnicas do Banco de Portugal que acompanharam o BES nos últimos anos antes da audição de Salgado. Assim, o ex-presidente do banco só deverá ser ouvido, na melhor das hipóteses, na segunda semana de Dezembro.
Apesar das críticas que têm dirigido à reforma do IRS e da fiscalidade verde, os socialistas abstiveram-se na votação na generalidade das duas propostas de alteração fiscal. Governo diz que está aberto a negociação.
Dois dias depois de avisos de Weidmann, Constâncio não viu entraves legais à compra de dívida se for necessário para puxar pela inflação. Portugal poderá aspirar a receber 2,5% de um eventual pacote do BCE.
18:31 | Bolsa
As acções da ES Saúde fecharam a sessão a avançar mais de 10%, sendo o maior ganho desde que está em bolsa. A subida surge um dia depois de ter reportado os resultados dos primeiros nove meses do ano.
21:45 | Conjuntura
Desde 2008 o investimento em Portugal caiu 36%, mais do dobro do que na Zona Euro, e pesa menos no PIB do que no final dos anos 90. Estudo europeu aponta para um dos maiores défices de investimento na Europa.
16:42 | Bolsa
A bolsa nacional fechou em queda, pressionada pela desvalorização superior a 6% dos CTT e superior a 3% da Mota-Engil.
22:01 | Bolsa
BPI, BESI, Caixa BI e BCP são os bancos que irão ter com investidores institucionais para tentar vender as 3,9 mil milhões de novas acções da Sonae Indústria que não foram subscritas. Se não encontrarem comprador, aumento de capital não é completamente subscrito.
22:00 | Energia
A Petrobras, líder de um consórcio em que a Galp detém 10%, decidiu rescindir um contrato de fabrico de peças para plataformas petrolíferas com uma empresa brasileira investigada na operação "Lava Jato".
21:53 | Mercados
Uma das mais importantes reuniões da OPEP nos últimos anos acontece hoje em Viena. Em cima da mesa está a redução da produção de petróleo. Mas o cenário é ainda incerto, até porque cada país está focado na sua economia.
20:25 | Américas
Mário Vilalva analisou a reeleição de Dilma Rousseff: "A mensagem dos eleitores brasileiros foi muito clara. A população pediu mudança, mas com confiança no actual Governo".
PUBLICIDADE
23:30 | Empresas
Da Parque Escolar à mobilidade eléctrica, do computador Magalhães às energias renováveis. Nos anos de governação de José Sócrates um conjunto de empresas passou a ser indissociável dos grandes projectos de bandeira.
23:15 | Justiça
Apesar de ser um ordenamento jurídico muito difícil, a Suíça tem vindo a ser cada vez mais cooperante, diz a Procuradoria Geral da República. Essa rapidez deverá ter sido determinante no caso Sócrates, que começou há menos de um ano.
20:03 | Justiça
O advogado de José Sócrates disse esta quarta-feira à agência Lusa que, na próxima semana, vai apresentar recurso da prisão preventiva do ex-primeiro-ministro, por considerar que é ilegal.
15:13 | Justiça
O Presidente da República considera que a detenção do ex-primeiro-ministro José Sócrates não irá afectar a imagem de Portugal, sublinhando que quem observa o País verifica que as instituições "estão a funcionar com toda a normalidade".
12:10 | Justiça
"Todo o PS está contra esta bandalheira." O antigo Presidente da República lançou duras palavras aos jornalistas depois de sair de um encontro com José Sócrates na prisão de Évora.
21:37 | Empresas
Com mais de mil espaços de jogo em Espanha, Paraguai e em sete países de África, e dona de quatro hotéis no Congo e no Togo, a Pefaco adquiriu nove dos 15 bingos portugueses. Autoridade da Concorrência analisa operação.
21:48 | Autarquias
O Governo e os municípios nomearam Miguel Almeida, ex-director municipal de Finanças da Câmara de Sintra, como presidente da Direcção Executiva do Fundo de Apoio Municipal. Será este órgão que vai decidir se aceita os planos de ajustamento das câmaras em dificuldades.
Editorial
  • André Veríssimo
    Na primeira visita de um Papa ao Parlamento Europeu em mais de um quarto de século, Francisco comparou a Europa a uma avó. "Já não é fértil, nem vibrante", disse. O presidente da Comissão Europeia subiu no dia seguinte, ontem, ao mesmo púlpito para anunciar a primeira grande medida do seu mandato para resgatar a União Europeia à decadência: um plano de investimento de 315 mil milhões de euros.
  • Nuno Carregueiro
    Afirmar hoje que o "caso Sócrates" vai custar a vitória nas legislativas a António Costa é tão absurdo como nesta altura dizer que foi a falta de supervisão que levou ao colapso do BES.
  • Celso Filipe
    Ninguém é indiferente a José Sócrates. O antigo primeiro-ministro suscita paixões e ódios, sentimentos exacerbados e antagónicos, expressos com igual convicção. Por isso, o caso Sócrates é também um território de emoções onde se esgrimem argumentos que se baseiam na dicotomia gosto/não gosto.
17:53 | Aviação
Mário Vilalva aponta que uma das vantagens de uma transportadora brasileira ficar com a TAP seria manter o "hub" em Lisboa. Diplomata deseja que a "América Latina continue a ser servida pela TAP" no futuro.
O instituto liderado por Cristina Casalinho tirou do mercado dívida de curto prazo, emitindo para 2021 e 2023. Uma operação que reduz a pressão nos próximos anos, dizem os analistas, e beneficia dos juros baixos no mercado.
21:16 | Bolsa
Os principais índices bolsistas dos EUA fecharam a sessão em alta, animados pelas expectativas dos investidores em torno da recuperação da economia.
Apesar de maduros, são países onde as oportunidades florescem. Explore bem cada mercado e estude ao pormenor os padrões de negociação. Não sabe quais? O Negócios deixa-lhe dicas, para seguir (quase) à risca.
09:48 | LEX
Trabalhar nos mercados externos é hoje uma exigência para os advogados, o que os obriga a ter um leque de competências técnicas alargado, conhecer bem o negócio do cliente e saber comunicar com este na perfeição.
economistas Em colaboração com Project Syndicate
  • As autoridades monetárias da Zona Euro estão consumidas com ajustes triviais como o grau de "flexibilidade" nas regras orçamentais e o plano dúbio do BCE de comprar activos garantidos. Durante todo este tempo, mostraram-se confiantes no lema de Scarlett O’Hara: "Amanhã é outro dia".
  • Ao ritmo actual, daqui a três ou quatro décadas (ou menos), os níveis de CO2 na atmosfera atingirão níveis que rompem com os padrões climáticos, com consequências catastróficas para o ambiente e, por sua vez, para os sistemas económicos e sociais. Permitir que o "capital natural" do mundo - os recursos e ecossistemas que os sustentam – se esgote é, essencialmente, uma outra forma de subinvestimento destrutivo.
  • O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, está à procura de formas de estimular o crescimento económico e a criação de emprego, e por isso está a tentar avançar com o mega-acordo regional de comércio livre conhecido como Parceria Transpacífica (TPP, no acrónimo original). Mas será que os Estados Unidos estão a ir no caminho certo?
  • A noção de que o domínio mundial do dólar está a contribuir para a repressão financeira representa uma mudança histórica significativa. Como McKinnon destacou, o dólar tornou-se a moeda internacional dominante depois da Segunda Guerra Mundial porque ajudou a reduzir a repressão financeira e a fragmentação na Europa e na Ásia, onde a elevada inflação, taxas de juro de referência negativas e a excessiva regulação prevaleceram.
  • A Zona Euro enfrenta um cenário económico sombrio, com o crescimento estagnado e uma ameaça de deflação. O economista Martin Feldstein, que se mostrou céptico em relação ao projecto da Zona Euro desde o início, chama-lhe agora um "fracasso". Feldstein está certo, ou a Zona Euro poderia tornar-se a "área monetária óptima" que os seus criadores acreditavam que fosse?
20:05 | Construção
A Cimpor registou prejuízos de 17,7 milhões de euros, nos primeiros nove meses do ano, o que corresponde a uma redução de 200 mil euros, num período em que as receitas e custos diminuíram.
O vice-governador do Banco de Portugal falou do efeito "devastador" que teria a falência do Banco Espírito Santo, defendeu a resolução aplicada pelo banco central e anunciou que o Tesouro emprestou ao Novo Banco mais do que o que se pensava. Berberan Ramalho admitiu ainda que a fraude na banca é mais duradoura.
dossier Weekend
Os filhos de Marcelo Caetano: "O meu pai não era um democrata". "Mas não se considerava um ditador"
Uma palavra para o vosso pai? Um lutador, um doutrinador, respondem Ana Maria Caetano e Miguel Caetano. Dois dos quatro filhos de Marcello Caetano (os que sobrevivem) têm leituras diferentes do pai e da história recente.
pub
pub

26
Quarta-feira
Novembro 2014

    negócios opinião