Conheça a primeira página do Negócios
A primeira página do Negócios, o acesso
ao ePaper
O secretário de Estado do Orçamento explica a revisão do valor do défice de 2014 de 4% para 4,8% e garante que não haverá mais austeridade por isso.
No dia em que o INE publicou novos dados sobre as contas públicas nacionais, Rui Peres Jorge, jornalista do Negócios, explica as principais alterações.
18:41 | Energia
A Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE) anunciou que as tarifas transitórias de venda a clientes finais de energia eléctrica e gás natural, para o próximo trimestre, se mantêm inalteradas.
A dona da brasileira Amil, que já mostrou interesse em comprar a ES Saúde, solicitou ao Governo autorização para que o Hospital de Loures possa mudar de mãos, noticiou o Expresso. Algo que os outros interessados só fizeram depois de lançarem OPA.
19:14 | Petróleo
O aumento das reservas e da produção de petróleo está a sobrepor-se aos receios relativos à crise no Médio Oriente que opõe, em território sírio e iraquiano, a coligação internacional liderada pelos Estados Unidos e os extremistas do Estado Islâmico. O Brent negoceia em mínimos de Junho de 2012.
16:47 | Bolsa
O principal índice nacional fechou a valorizar acima de 0,5% numa sessão em que o destaque foi para a Portucel que apreciou mais de 5% e para a Mota-Engil que encerrou a subir perto de 4,5%.
O banco definiu uma nova estratégia no retalho em Portugal. Vai alargar os critérios para enquadrar mais clientes no segmento "premier", o mais abastado. Mas, para isso, fecha ou funde agências. E pretende rescindir com um quarto dos funcionários.
De fora do leilão ficou a operadora Oi - participada da Portugal Telecom com 25,6% do seu capital. A companhia liderada por Zeinal Bava surpreendeu o mercado ao anunciar no dia 23 de Setembro que iria ficar de fora da alta velocidade.
16:40 | Aviação
A transportadora áerea angolana continuará a ter a sua sede no país de origem, mas a gestão passará a ser da companhia aérea do Médio Oriente.
Relatório do FMI aconselha os Governos dos países desenvolvidos a aumentar o investimento público para dar um empurrão ao crescimento e ao emprego. Mas só deve fazê-lo quem precisa e quem pode. Alemanha e EUA? Sim. Portugal? Talvez não.
17:07 | Economia
Os autarcas continuam a reclamar a divulgação do parecer do Conselho Consultivo da Procuradoria-Geral da República no qual se baseou a decisão do Ministério das Finanças.
Nos primeiros seis meses do ano o excedente externo da economia portuguesa foi de 418 milhões de euros. No ano passado Portugal registou um défice de 146 milhões de euros.
As estimativas do Eurostat mostram que é a quinta taxa mais elevada nos 28 países considerados. Em termos mensais a taxa estabilizou em 14%. Já, em termos homólogos, Portugal foi o segundo país com uma queda da taxa mais pronunciada na União Europeia.
15:52 | Energia
O secretário de Estado da Energia, Artur Trindade, reafirmou esta terça-feira a sua convicção de que Portugal cumprirá o plano de eliminação da dívida tarifária do sector eléctrico até 2020, garantindo que "o plano é credível e exequível".
18:00 | Construção
As empreitadas em Trancoso e na Guarda vão exigir um investimento superior a cinco milhões de euros, num sector que a empresa assume ser estratégico.
12:57 | Energia
O Presidente da República apontou hoje a energia como "o ponto fraco da Europa", sustentando que a crise na Ucrânia mostrou a premência da diversificação de fornecedores.
O governador do Banco de Portugal terá estado em Madrid, reunido com responsáveis de vários bancos espanhóis para avaliar o interesse no Novo Banco, de acordo com o jornal Expansión. Mas não terá sido apenas Carlos Costa a deslocar-se a Espanha, alguns empresários terão sondado o interesse de instituições, de acordo com o Cinco Días.
O ministro da Economia disse esta terça-feira confiar nas "capacidades práticas" da nova administração do Novo Banco, o qual espera que seja vendido "num prazo razoável, ou seja, durante 2015".
PUBLICIDADE
Os eurodeputados aplaudiram Carlos Moedas no final do exame oral de três horas. Ia a prova a meio e Carlos Zorrinho, do PS, já lhe dava nota "claramente positiva". No final, fez um balanço mais mitigado.
16:54 | Economia
Ferro Rodrigues defende a reestruturação da dívida, um tema relativamente ao qual o novo líder socialista se tem mostrado cauteloso. Ferro Rodrigues pede também uma unidade ampla à esquerda.
13:40 | Política
Uns são íntimos, outros instrumentais; uns são políticos, outros técnicos; uns mais à esquerda outros mais à direita, quase todos passaram ou colaboraram com os governos de Sócrates. Veja quem está no núcleo duro de António Costa.
20:01 | Autarquias
O presidente da Câmara de Lisboa, António Costa, admitiu recorrer ao Fundo de Coesão para financiar o plano de drenagem da cidade, que envolve um investimento de 160 milhões de euros.
19:04 | Economia
O PCP defendeu hoje a criação de estruturas nos órgãos de soberania para estudar e preparar a saída do euro, argumentando que a preparação é a forma de evitar as "consequências catastróficas" de uma saída "involuntária".
16:44 | Política
O dirigente do Bloco de Esquerda (BE) Pedro Filipe Soares disse esta terça-feira que não vê uma "incompatibilidade de posições" entre o seu papel de líder parlamentar e de candidato à liderança do partido contra a actual direcção.
19:59 | Educação
O presidente do Conselho Nacional de Educação (CNE), David Justino defendeu esta terça-feira no parlamento que a meta europeia que pretende reduzir a taxa de abandono escolar para 10% em 2020 "é irrealista".
14:19 | Justiça
O Ministério da Justiça informou esta terça-feira que a comarca dos Açores foi a primeira a ficar disponível para tratamento informático de todos os processos. Além disso, está a ser preparada uma lei para “salvaguardar eventuais problemas”.
13:38 | Empresas
Várias empresas portuguesas estão no México a apresentar soluções tecnológicas nacionais para sectores como a educação, os seguros e a indústria automóvel. O Congresso Mundial de Tecnologias de Informação, que decorre na cidade de Guadalajara, termina esta quarta-feira.
Editorial
  • Celso Filipe
    António Costa ganhou as eleições primárias no PS porque António José Seguro foi incapaz de se afirmar como líder do partido. Seguro praticou a arte do "nim". Nem aproveitou a possibilidade de fazer um pacto de regime, em Julho de 2013, criada pela crise governativa que Paulo Portas desencadeou com a sua demissão "irrevogável", nem descolou dos históricos do partido que lhe exigiam uma oposição mais efectiva. O estado intermédio de António José Seguro foi a passadeira vermelha que António Costa percorreu para chegar ao poder.
  • Celso Filipe
    A China é comunista. Este estereótipo tem sido decisivo para a China se afirmar como potência. Os próprios dirigentes do país alimentam este equívoco em seu proveito, especialmente desde a crise financeira de 2008.
  • Helena Garrido
    O caso da José de Mello Saúde merece uma reflexão dos legisladores. Um grupo não pode ser prejudicado numa operação de compra no mercado apenas porque já tem empresas no sector. Mesmo admitindo que o grupo Mello não estava a tomar a melhor decisão ao comprar a Espírito Santo Saúde, a legislação não deveria impedir que avaliasse correctamente os riscos que enfrentava.
10:21 | Conjuntura
O aumento do índice de preços no consumidor abrandou para 0,3% em Setembro, colocando mais pressão no Banco Central Europeu para avançar com mais medidas para contrariar os receios de deflação.
Cerca de 800 milhões aplicados por clientes de retalho em dívida oculta do BES já começaram a ser desbloqueados. Novo Banco ainda prepara soluções para outras aplicações de mais de 1.400 milhões. Além do papel comercial.
09:30 | Economia
Já foi publicado em Diário da República o decreto que actualiza o valor do salário mínimo, que sobe esta quarta-feira de 485 euros para 505 euros brutos.
00:01 | Economia
Diploma enviado aos parceiros sociais diz que o salário mínimo aumenta entre 1 de Outubro e 31 de Dezembro de 2015. E, no dia seguinte, o que acontece? Bruxelas diz que o aumento é “temporário”.
O novo presidente da Capgemini, que será apresentado esta terça-feira, diz que "não há insubstituíveis", mas alerta que as empresas perdem "muito valor" por não prepararem devidamente a sucessão dos seus líderes históricos e carismáticos.
00:01 | IRS
Após dois meses de discussão pública a Comissão para a reforma do IRS apresenta esta terça-feira a versão final das suas propostas ao Governo. Nas próximas duas semanas deverão conhecer-se os planos de Passos Coelho.
Além dos filhos, também os avós com baixos rendimentos poderão vir a ser incluídos no quociente familiar que determina a colecta do IRS, caso o Governo aceite a proposta da Comissão.
economistas Em colaboração com Project Syndicate
  • Com a queda do Muro de Berlim, que teve lugar há 25 anos [caiu a 9 de Novembro de 1989], os especialistas liderados por Francis Fukuyama proclamaram o fim da história – o triunfo do capitalismo democrático sobre os sistemas rivais. O sucesso económico dos Estados Unidos da América e o colapso do comunismo alimentaram a narrativa. O longo confronto político, intelectual e por vezes militar que conhecíamos como Guerra Fria tinha terminado.
  • A estratégia de coesão da UE é admirável e inteligente. No passado, esse investimento estava muito centrado nas infra-estruturas físicas – particularmente transportes – mas a agenda focalizou-o num conjunto mais equilibrado de objectivos, incluindo os relativos ao capital humano, ao emprego, à economia baseada no conhecimento e tecnologia, à tecnologia de informação, ao crescimento com menores emissões de carbono e à gestão idónea dos assuntos públicos.
  • A crescente facilidade com que as pessoas podem trocar bens, serviços e mão-de-obra directamente, através de plataformas online, está a transformar a forma como as economias modernas funcionam. Mas para assegurar que esta ascendente "economia partilhada" funcione de forma eficiente e melhore a situação de todos é necessária alguma regulação.
  • É altura de os Estados Unidos e outras potências deixarem que o Médio Oriente se governe sozinho, em linha com a soberania nacional e com a Carta das Nações Unidas.
  • Nos últimos 65 anos o rápido crescimento comercial desempenhou um papel vital no desenvolvimento económico, com uma descida acentuada média das tarifas industriais nas economias avançadas de mais de 30% para menos de 5%.
15:06 | Bolsa
As bolsas americanas ainda iniciaram a sessão em alta, mas o facto de a Rússia estar a ponderar restringir a saída de dinheiro do país está a pesar na negociação bolsista.
12:47 | Bolsa
A Ebay anunciou que se vai separar da unidade de pagamentos PayPal. As duas empresas passarão a estar cotadas em separado em 2015.
A frente sindical entregou também ao Governo propostas para o descongelamento das progressões na carreira e uma actualização do subsídio de refeição para cinco euros.
dossier Weekend
Pedro Lains: Vítor Gaspar foi o ideólogo do Governo. E ainda é
Pedro Lains já foi considerado um economista neo-liberal. Agora acusam-no de ser um perigoso esquerdista. A entrevista aconteceu em sua casa, numa manhã abafada.
pub
pub

30
Terça-feira
Setembro 2014

    negócios opinião