Conheça a primeira página do Negócios
A primeira página do Negócios, o acesso
ao ePaper
A oposição receia que Passos Coelho pretenda recuperar o seu “velho sonho” de privatizar o banco público. Tanto PS como BE “estranham” que o primeiro-ministro nunca tenha falado sobre a gestão da banca privada como, por exemplo, o BES.
Passos Coelho considera que a Caixa já devia estar a gerar capital para devolver a ajuda estatal recebida há três anos. O banco, que não comenta, tem vendido activos, mas não usou esse dinheiro para pagar ao Estado. Teve prejuízos para absorver.
Já há contas dos três principais bancos nacionais. E foram positivas nos primeiros seis meses do ano. A Caixa Geral conseguiu beneficiar com a venda de dívida, que também já tinha ajudado às contas do BCP.
30 de Julho | Banca & Finanças
Anbang, Fosun e Apollo têm até 7 de Agosto próximo para melhorarem as suas ofertas vinculativas à compra do Novo Banco. Só depois dessa data o Banco de Portugal decidirá quem vai comprar o banco que ficou com os activos saudáveis do BES.
00:01 | Transportes
Os dois accionistas da "holding" que gere concessões rodoviárias mandataram o BESI para alienar entre 20% e 60%, mas com regras que impedem um investidor de ficar com a maioria do capital. Em Setembro esperam já ter uma "short-list".
00:01 | Economia
Funcionários do Departamento de Gestão de Dívida do Instituto de Gestão Financeira da Segurança Social herdaram em 2001 as funções do Fisco, mas mantiveram remunerações bem mais baixas. Na greve desta sexta-feira reclamam uma carreira especial.
Taxa de desemprego de Junho é a mais baixa desde Julho de 2011. Portugal tem hoje menos 26 mil desempregados do que no arranque da actual legislatura, mas tem também menos 210 mil pessoas a trabalhar. Um aparente paradoxo que se explica com o aumento da emigração e de alguns dos casos de inactividade, como os desencorajados.
30 de Julho | Impostos
Quem tinha facturas de Janeiro de 2013 ainda pode efectuar o pedido de regularização ao Fisco até esta sexta-feira, 31 de Julho. Dessa forma, apesar de a factura nunca ter sido paga, poderá recuperar o IVA já entregue ao Estado através do novo sistema que não obriga, por exemplo, a uma decisão judicial prévia.
30 de Julho | Economia
É oficial: Washington só poderá equacionar emprestar mais dinheiro quando o governo grego der garantias de aplicação completa de um pacote de reformas e chegar a um acordo com os países europeus que garanta a sustentabilidade da sua dívida.
01:38 | Política
O comité central do Syriza, partido no poder na Grécia, votou na quinta-feira a favor da realização de um congresso extraordinário, em Setembro, para definir uma posição comum em relação ao acordo com os credores.
30 de Julho | Empresas
A Sonae Capital registou, nos primeiros seis meses do ano, um lucro de 860 mil euros, valor que compara com um prejuízo de 7,19 milhões de euros no período homólogo.
30 de Julho | Empresas
A empresa controlada pela Fidelidade reportou lucros de 10,6 milhões de euros nos primeiros seis meses deste ano e rendimentos operacionais consolidados de 212,8 milhões de euros.
00:01 | Energia
Os lucros da eléctrica recuaram 7%, penalizados pela falta de chuva e vento na Península Ibérica e pela contribuição extraordinária sobre o sector. O EBITDA cresceu 7%, ajudado por operações no Brasil e em Espanha.
30 de Julho | Taxas de juro
A rendibilidade dos títulos de dívida para o retalho volta a encolher no próximo mês, acompanhando a tendência observada nos depósitos a prazo. As baixas taxas estão a manter os investidores afastados dos certificados de aforro.
02:40 | Tecnologias
A tecnológica responsável pela vasta rede de contactos profissionais em todo o mundo também animou os investidores com as suas projecções para a facturação anual, igualmente acima do estimado pelo consenso de mercado.
30 de Julho | Empresas
A produtora de pasta de papel apresentou um resultado líquido de 50,3 milhões de euros nos primeiros seis meses do ano, tendo as receitas totais crescido 18,6% com o acréscimo de toneladas vendidas e com a evolução do preço.
30 de Julho | Media
A Cofina fechou o primeiro semestre do ano com lucros de 2,3 milhões de euros, uma redução de 27,3%, justificada pelo aumento da rubrica de impostos. As receitas totais do grupo de media caíram cerca de 2,7% para 50 milhões de euros “num cenário de contínua retracção de investimento” de publicidade.
PUBLICIDADE
30 de Julho | Segurança Social
Prazo para submissão de Prova Escolar termina esta sexta-feira, dia 31 de Julho, no site da Segurança Social. Caso as famílias não completem a Prova Escolar o pagamento dos abonos será suspenso a partir de Setembro.
00:04 | Empresas
O empresário turco Nevsat Aydin, co-fundador e CEO da Yemeksepeti, decidiu repartir com 114 trabalhadores parte dos lucros da venda da empresa, mais concretamente 27 milhões de dólares.
00:09 | Legislativas
O membro do conselho nacional do CDS-PP Anacoreta Correia, crítico da liderança de Paulo Portas, vai integrar a lista de candidatos a deputados da coligação com o PSD, assim como o antigo futebolista do Benfica António Simões.
00:01 | Bolsa
PSD e CDS querem que a bolsa nacional duplique o peso que tem na economia portuguesa. Um objectivo aplaudido tanto pelas cotadas como pela gestora da praça lisboeta. Os incentivos fiscais podem ajudar a atingir a meta.
00:01 | Bolsa
O presidente executivo interino da Euronext defende que o acesso das empresas ao mercado português deveria ser facilitado. E pede incentivos fiscais para cativar as empresas para uma bolsa que é um motivo de preocupação para a gestora pan-europeia.
30 de Julho | Empresas
O ex-deputado Duarte Lima vendeu um quadro de Pieter Brueghel, o Jovem, datado de 1627, por dois milhões de euros, para abater uma dívida à Parvalorem, ligada ao antigo BPN, revelou à agência Lusa fonte ligada ao processo.
30 de Julho | Legislativas
As televisões generalistas enviaram esta quinta-feira uma nova proposta aos partidos, que inclui o líder do CDS-PP, Paulo Portas, nos debates frente-a-frente das legislativas, disseram à Lusa fontes ligadas ao processo.
30 de Julho | Redacção Aberta
As redes sociais criaram logo uma senha para o assunto: "#por acaso foi ideia minha". Pedro Passos Coelho, na Redacção Aberta, contou como aconteceu o episódio que disse que tinha sido ideia sua para ultrapassar um dos problemas com a Grécia na Cimeira europeia de Julho.
30 de Julho | Américas
O empresário norte-americano Donald Trump continua a ser o candidato preferido pelos republicanos às presidenciais de 2016 apesar das controvérsias que tem provocado, segundo um inquérito hoje divulgado.  
30 de Julho | Turismo & Lazer
A Câmara de Vila Nova de Gaia desmente que esteja de acordo com a saída dos barcos-hotel da sua margem ribeirinha, prometendo que "lutará para que isto não aconteça".
Editorial
  • Celso Filipe
    A preocupação que Passos Coelho manifestou em relação à Caixa Geral de Depósitos, na Redacção Aberta do Negócios, é um sinal de que está descontente com a administração do banco público. Por muitas subtilezas que se possam encontrar nas palavras do primeiro-ministro, não há volta a dar: caso a coligação PSD/CDS vença as eleições de Outubro, José de Matos, cujo mandato termina precisamente este ano, tem os dias contados como presidente da Caixa.
  • André Veríssimo
    Primeiro a boa notícia: os actuais pensionistas vão manter o valor das reformas. A coligação juntou-se ao que já defende o PS, o que garante politicamente esta opção. A má: os futuros pensionistas vão ver as suas baixar ainda mais. É justo?
  • Helena Garrido
    O problema não está no plano B que estava a ser estudado para o caso de a Grécia ter de sair do euro. O problema está naquilo que o ex-ministro grego das Finanças disse que fez para operacionalizar esse plano B. Numa conversa que sabia estar a ser gravada confessa que pirateou dados com um "amigo de infância". Mais um exemplo de que o problema da Grécia é muito mais grave do que simplesmente financeiro. A Grécia não tem um Estado.
30 de Julho | Bolsa
As principais bolsas do outro lado do Atlântico encerraram mistas, com os resultados acima do esperado por parte da Mondelez International a compensarem a desilusão dos investidores perante as contas do Facebook e da Procter & Gamble.
30 de Julho | Bolsa
Os resultados da retalhista ficaram acima do esperado pelos analistas, que destacam a forte aceleração das vendas em Portugal e na Polónia, que deverá dar suporte ao crescimento da rentabilidade da empresa nos próximos trimestres.
30 de Julho | Bolsa
As acções do BCP fecharam em terreno positivo pela primeira vez desde 16 de Julho, colocando fim a um ciclo de quedas que se preparava para ser o mais longo em quase sete anos.
30 de Julho | Mercados
Os resultados semestrais divulgados pelas empresas portuguesas impulsionaram a bolsa nacional esta quinta-feira. A subida do principal índice português, o PSI-20, está em linhas com as praças europeias.
30 de Julho | Mercados num minuto
O dia foi de ganhos nos principais mercados bolsistas da Europa. O preço do petróleo continuam em alta devido à queda das reservas nos Estados Unidos e o dólar sobe animado pelos dados positivos da economia.
29 de Julho | Legislativas
O Negócios foi ver quem são os principais candidatos a deputados do PS. Veja as caras, saiba a idade e profissão e conheça os currículos de 83 pessoas que estará a eleger caso decida votar PS. Esteja atento. Em breve, o Negócios publicará os candidatos a deputados dos restantes partidos com representação parlamentar. 
economistas Em colaboração com Project Syndicate
  • O Banco Popular da China (PBOC, na sigla anglo-saxónica) cortou a taxa de juro pela terceira vez em seis meses, de modo a aliviar o encargo da dívida de empresas e governos locais. Mas o alívio quantitativo do PBOC – acompanhado de ajustamentos orçamentais e administrativos complementares – tem feito pouco para aumentar a procura por novos empréstimos. Em vez disso, tem impulsionado uma grande subida nos mercados accionistas da China. A questão agora é se isso pode tornar-se algo muito bom.
  • No 80º aniversário do 14º Dalai Lama, que tem estado em exílio na Índia desde 1959, o futuro do Tibete parece mais incerto do que nunca. Durante o seu reinado, o actual Dalai Lama viu a sua pátria – o maior e mais elevado planalto do mundo – perder a sua independência para a China. Quando morrer, a China provavelmente irá instalar uma marioneta como seu sucessor, corroendo potencialmente a instituição.
  • O acordo alcançado em Viena para controlar as actividades nucleares do Irão enfureceu os belicistas. Os cidadãos de todo o mundo deviam apoiar o esforço corajoso do presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, para os vencer, tendo em mente o facto de que os signatários não incluem apenas os Estados Unidos, mas todos os cinco membros permanentes do Conselho de Segurança das Nações Unidas, mais a Alemanha.
  • É suposto que os decisores políticos da actualidade abracem as virtudes dos grandes dados, persigam implacavelmente as métricas quantitativas e, em seguida, sigam o caminho que estas poderosas ferramentas supostamente indicam. No entanto, se há uma coisa que a crise grega deixou claro é a importância do factor humano nas negociações. As pessoas e as suas personalidades, e a forma como lidam umas com as outras, podem fazer com que pequenas dívidas pareçam dívidas inservíveis ou que grandes dívidas desapareçam com um aperto de mão.
  • A crise de migração na Europa expõe uma falha fundamental, se não uma gigantesca hipocrisia, no debate em curso acerca da desigualdade económica. Ou não deveria um verdadeiro apoio progressista garantir oportunidades iguais para todas as pessoas do planeta, e não apenas para aqueles que entre nós tiveram a sorte de nascer e crescer em países ricos?
30 de Julho | Tecnologias
O resultado líquido do grupo Sonaecom situou-se nos 33,5 milhões de euros no primeiro semestre, um valor que compara com os 2,6 milhões obtidos no período do ano passado, impulsionado pelas receitas internacionais. O EBITDA atingiu 12,8 milhões de euros, um aumento de 10,1%.
30 de Julho | Tecnologias
A Novabase registou um aumento de 77,6% do resultado líquido no primeiro semestre para 3,5 milhões de euros. As operações internacionais cresceram 30%, impulsionadas pelo crescimento na Europa, que representa mais de metade do negócio internacional.
30 de Julho | Transportes
A alteração dos contratos das antigas Scut ficou esta quinta-feira, 30 de Julho, fechada. A conclusão do processo negocial das sete subconcessões da Infraestruturas de Portugal será aprovada em Conselho de Ministros no mês de Agosto,
dossier Weekend
Irão: Uma nova era
Libertado das sanções (as militares ainda vão continuar), o Irão pode agora escoar o seu petróleo e gás e fazer crescer a sua pujante economia. O país tem agora quase tudo para se afirmar como uma potência regional e pode, em breve, tornar-se um dos novos BRICS.
pub

 

pub

31
Sexta-feira
Julho 2015