Conheça a primeira página do Negócios
A primeira página do Negócios, o acesso
ao ePaper
Em carta, o representante de Isabel dos Santos na administração do BPI diz querer manter a independência da gestão do BPI. Daí, a fusão com o BCP. Pede, para isso, a ajuda do CaixaBank, relembrando que já o ajudou no passado. E avança com seis razões para a operação avançar.
O BCP está disponível para analisar a proposta de fusão com o BPI apresentada por Isabel dos Santos, caso o banco liderado por Fernando Ulrich esteja interessado nesta operação. O banco confirmou à CMVM que recebeu a carta enviada por Isabel dos Santos propondo a análise de uma fusão entre os dois bancos.
A CMVM acabou de determinar o levantamento da suspensão da negociação de acções do BCP e BPI depois de o banco liderado por Fernando Ulrich ter divulgado a carta que Isabel dos Santos dirigiu às duas administrações e ainda ao CaixaBank propondo a análise da fusão entre as duas instituições financeiras. BPI sobe mais de 7% e BCP quase 5%.
Isabel dos Santos propõe uma fusão entre o BCP e o BPI, numa altura em que decorre uma OPA do CaixaBank sobre o banco liderado por Fernando Ulrich. Quais serão os próximos passos?
Isabel dos Santos propõe uma fusão entre o BCP e o BPI e o banco liderado por Fernando Ulrich está na corrida à compra do Novo Banco. Saiba como fica o sector bancário em Portugal no que respeita a depósitos e créditos?
14:29 | Bolsa
A bolsa nacional segue em alta ligeira, contrariando a tendência negativa da generalidade das praças europeias, depois de as acções do BCP e do BPI terem voltado à negociação. As subidas da banca estão a ser parcialmente anuladas pela queda da Galp Energia, Mota-Engil e CTT.
13:28 | Aviação
O secretário de Estado dos Transportes opta por não comentar a notícia de que existem sete potenciais interessados na corrida pela TAP. Sérgio Monteiro pede consenso para que o processo possa ser levado avante sem ser prejudicado.
14:19 | Aviação
O Estado deverá arrecadar mais três mil milhões de euros com a privatização da ANA. A perspectiva foi avançada pelo secretário de Estado dos Transportes, que não resistiu a mandar uma "farpa" ao Governo grego.
11:34 | Conjuntura
Um inquérito do INE às empresas exportadoras de mercadorias realizado no final do ano passado dá conta de uma expectativa de aceleração das vendas ao exterior, especialmente para fora da União Europeia.
O Novo Banco mantém a aposta no futebol. A instituição financeira liderada por Stock da Cunha continua a injectar capital fresco nos "três grandes" do campeonato português, mantendo a torneira do crédito aberta para os clubes.
02 de Março | Banca & Finanças
O BES alienou a posição de 40% que detinha no Aman Bank à Freslake Limited. Esta havia sido uma das posições que não tinham sido transferidas para o Novo Banco. Foi vendida por 3,9 milhões. Custou 37,8 milhões em 2009.
02 de Março | Banca & Finanças
A associação de clientes do BES que adquiriu papel comercial do GES quer mostrar aos eventuais compradores do Novo Banco que não vai desistir antes de ser reembolsada.
A decisão deve-se aos progressos feitos pelos bancos europeus para reforçar os seus rácios de capital durante o ano de 2014.
00:01 | Crédito
A Fitch prevê uma estabilização das taxas de incumprimento no financiamento para a compra de casa durante este ano. Diminuição só virá no próximo ano. E não será mais rápida devido aos “demorados processos judiciais”.
00:01 | Obrigações
A ministra das Finanças anunciou que Portugal vai pagar ao FMI seis mil milhões de euros este mês. Um montante que terá um impacto directo nas emissões de obrigações que deverão ser revistas em alta.
As autoridades da Suécia propuseram revogar a obrigatoriedade de o Estado ter de registar excedente orçamental de 1%, com o objectivo de garantir flexibilidade para uma aposta em investimentos públicos, nomeadamente em projectos de infraestruturas.
07:55 | Mercados
O petróleo está a negociar em alta antes de o governo norte-americano divulgar os dados sobre as reservas de crude, que deverão ter aumentado para um novo máximo. Depois do optimismo que marcou a sessão norte-americana, o japonês Topix renovou máximos de mais de sete anos.
A Betclic chegou a patrocinar 28 clubes de futebol portugueses em 2010. As acções judiciais levantadas pela Santa Casa levaram a casa de apostas online a abandonar o país. Com a nova lei, o regresso é uma possibilidade.
09:53 | Emprego
O desemprego registado no país vizinho caiu em 13.538 pessoas, em Fevereiro, para um total de 4.512.153 – a maior queda neste mês dos últimos 14 anos. Já a subida do número de inscritos na Segurança Social foi a maior num mês de Fevereiro desde 2007.
02 de Março | Emprego
O desemprego na Zona Euro registou uma taxa de 11,2% em Janeiro de 2015 face a igual período do ano passado. Este é o valor mais baixo na Zona Euro desde Abril de 2012.
02 de Março | Economia
O ministro da Economia, António Pires de Lima, afirmou esta segunda-feira que a economia portuguesa vive "um momento de viragem, que terá confirmação em 2015", e que as exportações superam as importações "pela primeira vez em 70 anos".
00:31 | Ambiente
Portugal foi um dos países a não enviar à Agência Europeia do Ambiente dados sobre ruído, forma de poluição relacionada com 10 mil mortes prematuras por ano, na Europa, e que preocupa os responsáveis da entidade.
PUBLICIDADE
00:01 | Europa
A incerteza marca o ritmo da União Europeia. Depois de anos em que a crescente integração europeia parecia irreversível, crescem as dúvidas sobre o futuro do Velho Continente. As ameaças são muitas e as previsões díspares. Certezas há poucas.
12:13 | Economia
O vice-primeiro-ministro defende que a conclusão do programa de ajustamento foi a melhor opção para Portugal. Apontou também que três dos países que mais sofreram com a crise são os que vão crescer mais este ano. "Enquanto há uma certa anemia na Zona Euro, entre os países que mais crescem em 2015 estão Portugal, Espanha e Irlanda".
00:01 | Zona Euro
Madrid e Bruxelas confirmam negociações sobre o que pode vir a ser o terceiro programa de assistência à Grécia. Em Atenas, há mais palavras tabu: não há resgates nem programas, o que se pede é um "novo contrato".
14:16 | Tecnologias
O novo smartphone da BlackBerry, os telemóveis e tablets à prova de água da Sony, as câmaras de vigilância 4G da Panasonic são algumas das novidades que marcaram o Mobile World Congress até ao momento.
11:41 | Justiça
Paulo Pereira Cristovão, antigo vice-presidente do clube de Alvalade e ex-funcionário da Polícia Judiciária, foi detido esta terça-feira devido a suspeitas de envolvimento em assaltos à mão armada, sequestros e associação criminosa.
Na semana em que abandona a antiga Faculdade de Economia da Nova, após dez anos de mandato, Ferreira Machado explica como superou a falta de experiência e descreve os erros e as resistências na transformação da escola.
Editorial
  • Helena Garrido
    Os catalães do CaixaBank não conseguem controlar o BPI sem a aprovação da angolana Isabel dos Santos. Numa proposta de fusão com o BCP, seria Isabel dos Santos que nada conseguiria fazer sem o CaixaBank. E assim se bloqueariam um ao outro sem conseguirem sair do mesmo sítio se nada tivessem conversado antes. Estranha estratégia esta, a de Isabel dos Santos, que parece mais destrutiva do que construtiva.
  • André Veríssimo
    Paulo Núncio achou que fazia um brilharete quando, na sexta-feira, anunciou aos deputados, em primeira mão, que depois de intensas diligências junto das autoridades fiscais francesas, o Governo conseguira naquele dia a lista dos contribuintes alegadamente com contas no HSBC.
  • Helena Garrido
    As avaliações da Comissão Europeia são sem dúvida importantes, nem que seja para disfarçar a sua incompetência passada. Mas está na hora de os tecnocratas serem também eles avaliados. É altura de perguntarmos se podem dizer o que lhes apetece sem qualquer preocupação de coerência e, por mais populista que seja, os cidadãos europeus têm o direito de saber porque ficaram os seus salários e as suas regalias imunes à crise que assolou a Zona Euro.
02 de Março | Banca & Finanças
Só há três bancos nacionais no estudo da Brand Finance para as 500 maiores insígnias do sector financeiro. Sem o BES, e com uma quebra da CGD, o BCP passou a liderar o grupo. Já o BPI tem uma marca 11 vezes menos valiosa do que o CaixaBank.
02 de Março | Banca & Finanças
O banco liderado por Carlos Rodrigues aumentou os lucros do ano passado em 41%, tendo beneficiado com o crescimento da actividade na área de investimento e tesouraria.
02 de Março | Telecomunicações
A Anacom, supervisor das comunicações, efectuou em 2014 5.500 acções de fiscalização, ou seja, uma média de 20 acções por cada dia útil.
09:44 | Automóvel
A 85ª edição do Salão Internacional do Automóvel de Genebra, um dos mais privilegiados acontecimentos da especialidade, abre as suas portas à imprensa esta terça-feira. Este ano foram acreditados cerca de 10 mil jornalistas de todo o Mundo, que estão em Genebra para descobrir as últimas novidades do mundo automóvel.
02 de Março | Bolsa
Há 50 anos que a Berkshire Hathaway divulga uma carta aos seus investidores. Aos 84 anos, Warren Buffett prepara a sucessão.
economistas Em colaboração com Project Syndicate
  • Apesar do progresso em muitas sociedades, em quase todos os locais as mulheres ainda sofrem de níveis significativos de discriminação. Mesmo em países onde a igualdade de género avançou mais, as mulheres são sobre-representadas nos empregos que remuneram menos e sub-representadas nas posições hierárquicas superiores dos sectores público e privado e são as receptoras, na maior parte dos casos, de violência doméstica.
  • Em Dezembro, revelei os primeiros resultados aos quais chegou a Revista sobre a Resistência Antimicrobiana, que desenvolvi. As notícias não foram boas: as infecções resistentes já custaram mais de 700 mil vidas por ano. A menos que algo seja feito, a resistência antimicrobiana vai matar dez milhões de pessoas por ano até 2050 – mais do que o número de pessoas que actualmente morrem de cancro num ano. Terá também um custo acumulado de pelo menos 100 biliões de dólares, mais de 1,5 vezes o PIB mundial anual actual.
  • Em 2009, uma nova possibilidade foi apresentada ao mundo quando o G-20, o conjunto dos maiores países desenvolvidos e das principais economias emergentes, e que até então não tinha conseguido deixar uma marca significativa no cenário internacional, se reuniu em Pittsburgh para formular uma resposta à crise financeira mundial. O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, consciente de que o G-7 já não poderia assegurar por si só a supervisão da economia mundial, liderou a cimeira que designou o G-20 como o principal organismo de coordenação da política económica mundial. Foi um ponto alto da liderança americana.
  • A política do presidente russo Vladimir Putin relativamente aos "vizinhos estrangeiros" do seu país e ao ocidente tem sido gravemente mal interpretada. Em vez de se focarem em padrões geopolíticos mais alargados – em particular o efeito da crise financeira 2007-2008 nas políticas globais – os comentadores têm caracterizado a política do Kremlin como um psicodrama que pode apenas ser entendido através de uma profunda exploração da alma russa. O resultado tem sido um conjunto de equívocos desenfreados acerca daquilo que levou à mudança de Putin, do que parecia uma postura moderna, conciliatória e até pró-ocidente para um revisionismo agressivo.
  • A questão sobre como pode o mundo terminar com a pobreza extrema e melhorar o bem-estar das pessoas vai assumir uma nova urgência em 2015, à medida que os Objectivos de Desenvolvimento do Milénio – os propostos Objectivos do Desenvolvimento Sustentável – são finalizados.
02 de Março | Tecnologias
É a única certeza: a Google vai mesmo apostar na área das telecomunicações. Os contornos do projecto deverão ser revelados ao longo dos próximos meses. Há quem já tema um novo rival no sector.
02 de Março | Media
O contrato de concessão de serviço público da RTP é assinado na próxima sexta-feira, véspera do aniversário da estação pública, disse à Lusa fonte ligada ao processo.
02 de Março | Tecnologias
A holandesa NXP Semicondutors acordou a aquisição da sua rival norte-americana Freescale 10,5 mil milhões de euros, ao câmbio actual. A empresa resultante vai valer mais de 35 mil milhões de euros.
pub

pub

3
Terça-feira
Março 2015
    Documentos Negócios
    consulte ou faça download