Conheça a primeira página do Negócios
Conheça a primeira página do Negócios
19 de Abril | Impostos
A ministra das Finanças anunciou a intenção de aplicar uma taxa sobre os alimentos nocivos na terça-feira e no dia seguinte o ministro da Saúde confirmou o objectivo. Agora o ministro da Economia diz que é uma “ficção”.
19 de Abril | Política
Durante o ano de 2012, a relação entre PSD e CDS-PP ficou marcada pelas divergências criadas TSU, o que motivou até a criação de um conselho para os parceiros de coligação se coordenarem.
18 de Abril | Mercado de Trabalho
O número de desempregados inscritos nos centros de emprego diminuiu 6,1% em Março, face ao período homólogo, estando inscritas 689.825 pessoas ao todo, segundo o Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP).
17 de Abril | Segurança Social
O Governo comprometeu-se a apresentar até fim de Abril a “solução duradoura” para as pensões de 2015 em diante. O documento dos peritos é preliminar, e pouca informação transpirou ainda. Mas já há várias pistas sobre o que é proposto.
17 de Abril | Impostos
Relatório preliminar avalia experiências internacionais, como a introdução de taxas à entrada das cidades, para reduzir a emissão de poluentes, ou de um imposto sobre sacos de plástico, como fez a Irlanda. Comissão diz também que quer corrigir “incentivos desadequados”.
17 de Abril | Europeias
No último mês, PS e a coligação PSD/CDS seguiram caminhos opostos nas sondagens para as eleições europeias. Os socialistas reforçaram, ligeiramente, para 40,9%, enquanto a Aliança Portugal viu as suas intenções de voto caírem de 37,4% para 33,2%. Os elevados números da abstenção, 58%, podem, porém, baralhar estes números.
17 de Abril | Economia
Peritos recomendam ao Ministério da Saúde que crie uma equipa de mais de 7.000 profissionais para acompanhar de perto os doentes crónicos. Além de aumentar a qualidade dos cuidados esta medida poderia evitam gastos desnecessários.
17 de Abril | Ajuda Externa
Vice-director-geral do FMI alerta que Portugal ainda enfrenta importantes desafios, destacando as “elevadas necessidades de financiamento” que deixam o País “susceptível à volatilidade dos mercados”.
O Tesouro português conta emitir entre 500 milhões e 750 milhões de euros numa nova utilização da linha de obrigações para 2024. É a primeira emissão de dívida de longo prazo sem recurso a sindicato bancário desde 2011.
17 de Abril | Bolsa
O conselho de ministros aprovou a segunda fase de reprivatização da REN, revelou Luís Marques Guedes. A operação será concretizada através de uma oferta pública de venda e de uma venda directa a investidores institucionais.
17 de Abril | Transportes
Executivo tem ainda previstas alterações legislativas em matéria de ruído e de direitos dos utentes. Revisão do modelo, para reduzir encargos, tem em vista adequar as exigências do sector rodoviário português “à realidade do país”.
17 de Abril | Bolsa
O principal índice nacional recuperou esta semana da forte queda da passada semana, na qual perdeu 4,39%. Enquanto retalho e energia estiveram a puxar pelo PSI-20, cotadas da banca e PT pressionaram.
17 de Abril | Construção
A Teixeira Duarte revelou esta quinta-feira que fechou o ano passado com um lucro de quase 64 milhões de euros, o que corresponde a mais do dobro do verificado no ano anterior.
17 de Abril | Banca & Finanças
Numa análise ao panorama geral da banca e das tendências económicas para esta Primavera no mercado ibero-americano, o Citi escolhe o BES como a acção preferida em Portugal, no sector financeiro. E espera que os resultados do primeiro trimestre e dos testes de stress no segundo semestre possam funcionar como catalisadores adicionais.
17 de Abril | Research
Os bancos cotados nacionais estão no “caminho para a recuperação”. O BCP está na linha da frente e é o único que merece a recomendação de “comprar” para a unidade de investimento do Santander. O BES e o BPI também têm boas perspectivas mas as actuais cotações já incorporam essa recuperação, pelo que a recomendação é de “manter”.
PUBLICIDADE
19 de Abril | Aviação
O Negócios dá-lhe dez dicas para comprar passagens aéreas a preços mais baixos. São pequenos truques que podem fazer a diferença na hora de pagar.
19 de Abril | Weekend
"Salad Days" é o álbum maduro de um adolescente eterno. Nunca cresças, Mac.
18 de Abril | Weekend
O Tag Heuer Infinite é a proposta da marca de relógio para um smartphone, cuja bateria é "infinita", que é o mesmo que dizer de longa duração.
19 de Abril | Weekend
Regressamos aos azeites por causa de uma notícia de última hora: nos dois mais importantes concursos mundiais de azeites, Portugal arrecadou 26 medalhas. No caso do concurso de Nova Iorque, a decisão do júri fez com que o azeite Monterosa - Maçanilha, do Algarve, ficasse entre os 15 melhores do mundo. Há 15 anos, tudo isso seria impensável.
18 de Abril | Tecnologias
Bloomberg analisa o mercado dos videojogos e como a PS4 da Sony superou a Xbox da Microsoft nos últimos três meses nos EUA.
19 de Abril | Weekend
O movimento dos mundos miniaturizados atingiu uma dinâmica global considerável, tendo cada vez mais praticantes e adeptos.
18 de Abril | Weekend
O EcoSport é a nova aposta da Ford para competir no disputado segmento dos pequenos utilitários-desportivos na Europa, cuja liderança é actualmente partilhada pelo Renault Captur e pelo Nissan Juke.
Editorial
  • Helena Garrido
    Sim, a austeridade não pode ser um modo de vida. Nem é estratégia económica. A austeridade é o pior dos remédios que, levado ao extremo, mata o doente. Mas a gestão eleitoral da austeridade e da prosperidade pode ser o mais terrível de todos os mundos. Afirmar que se consegue reduzir o défice público em 2015 com poupanças em papel ou software aberto é dizer que entramos em campanha eleitoral. Acabou a política de redução activa do défice público. É mau? Desta vez talvez não.
  • Nuno Carregueiro
    A ministra das Finanças gastou ontem cinco minutos a anunciar as medidas que o Governo vai implementar para garantir que o défice de 2015 ficará em 2,5%, tal como acordado com a troika. Não foi por acaso que, mesmo antes de Maria Luís Albuquerque começar a falar, o ministro da Presidência do Conselho de Ministros tenha garantido que "não haverá aumento de impostos em 2015 ou esforços adicionais sobre salários ou pensões".
  • Celso Filipe
    Quando se olha para a crise na Ucrânia, a primeira tentação é avaliar a situação de uma forma maniqueísta. De um lado os "bons", que defendem a democracia plena na Ucrânia e o seu direito a fazer uma aliança com a União Europeia. Do outro os "maus", os russos, que ainda sonham com o seu passado imperial e são liderados de forma autocrática por Vladimir Putin. Era fácil se fosse assim, como nos filmes. Os "bons" contra os "maus" e, no fim, os "bons" ganham sempre.
  • André Veríssimo
    Levassem os investidores muito a sério os "ratings" e Portugal não gozaria de taxas de juro tão baixas no mercado para financiar a dívida pública. Apesar dos progressos na frente económica e orçamental, o nível das nossas taxas é sobretudo um sinal de como o mundo financeiro regressou a uma dinâmica em que se negligenciam riscos. Um comportamento induzido pelos bancos centrais.

17 de Abril | Banca & Finanças
A análise do BPI sobre as perspectivas do BCP são positivas, prevendo-se o aumento do produto bancário e a redução de perdas no primeiro trimestre deste ano.
17 de Abril | Bolsa
Os principais índices bolsistas norte-americanos encerraram em alta, com o S&P 500 a marcar a melhor semana desde Julho. A impulsionar estão bons resultados empresariais, da General Electric o Morgan Stanley, bem como a diminuição dos receios de deterioração da crise na Ucrânia.
17 de Abril | Conjuntura
Actividade económica acelerou, em Março, para o ritmo mais célere desde 2010. O consumo privado também verificou o maior crescimento desde Agosto de 2010.
17 de Abril | Conjuntura
A actividade económica nacional voltou a registar um crescimento em Fevereiro, tendo atingido 2,8%. Por outro lado, os dados do INE mostram que o consumo privado abrandou no segundo mês do ano.
18 de Abril | Weekend
"China, um toque de pecado", do realizador Zhangke Jia, "Viver", "Nenhum a menos" e "O caminho para casa", filmes de Yimou Zhang, ou "Disponível para amar", de Kar Wai Wong, revelam diversas facetas do crescimento económico chinês.
18 de Abril | Weekend
Falando da época da Revolução Francesa, Charles Dickens constrói um romance intemporal que continua a ser actual como poucos. Uma das obras-primas da literatura.
19 de Abril | Weekend
A viticultura biodinâmica é um misto de ciência com alguma crendice. Podemos torcer o nariz a algumas práticas
18 de Abril | Weekend
O primeiro álbum dos Rolling Stones foi editado há meio século, a 16 de Abril de 1964. Eternamente jovens, os Stones sentem agora o sinal da mortalidade. Mas parecem sobreviver sempre. O filão Stones não acaba.
economistas Em colaboração com Project Syndicate
  • "Mas que bela caracterização sobre o estado do capitalismo do século XX", exclamou o "motivador profissional" Jordan Belfort enquanto olhava para o seu passado de fraude, sexo e drogas. Como líder da empresa de corretagem Stratton Oakmont, ele espoliou investidores de centenas de milhões de dólares no início dos anos 90. Vi o filme "O Lobo de Wall Street" de Martin Scorsese e fiquei intrigado o suficiente para ler a biografia de Belfort, na qual se baseia o argumento do filme. Aprendi muito.
  • "Se não podes medi-lo, não podes geri-lo". Esta é a ideia por detrás de métricas como o Produto Interno Bruto (PIB) e outros indicadores agregados que informam sobre a saúde das economias nacionais de todo o mundo. Os responsáveis políticos usam estes números há várias décadas para ajudá-los a orientar o crescimento económico interno.
  • Menos de 18 meses depois de se tornar secretário-geral do Partido Comunista da China, Xi Jinping está prestes a prender o maior "tigre" político - um alto funcionário corrupto - da história da República Popular.
  • Para que seja possível estabelecer metas para a gestão da falta de água, são necessários dados fiáveis e atempados para perceber que variações na qualidade e quantidade de água são causadas pelas mudanças climáticas ou pela degradação do ambiente.
  • As acções da Rússia na Ucrânia constituem uma séria e perigosa violação do direito internacional. Em 1994, a Ucrânia aceitou entregar as armas nucleares que tinha herdado da União Soviética em troca de um compromisso solene dos Estados Unidos, Reino Unido e Rússia, de proteger a integridade territorial e a soberania ucranianas. A Rússia violou agora esta promessa, não apenas prejudicando a Ucrânia, mas minando o quadro jurídico internacional relativo à prevenção da proliferação nuclear.
17 de Abril | Empresas
As receitas de portagem da Estradas de Portugal (EP) aumentaram 6% no primeiro trimestre deste ano face ao período homólogo de 2013. Alcançaram os 67,4 milhões de euros devido às melhorias na cobrança e à maior utilização das autoestradas.
17 de Abril | Automóvel
Portugal, no primeiro trimestre deste ano, foi o país da União Europeia que mais cresceu nas vendas de automóveis. Até Março, o crescimento foi de 40,5% em relação ao mesmo período do ano passado. Em média, as vendas na UE aumentaram 8,4% durante este período.
17 de Abril | Finanças Públicas
O primeiro-ministro disse à SIC que cortou 1,6 mil milhões na máquina do Estado, mas metade dessa poupança deve-se a um efeito base provocado pelo registo dos submarinos de Paulo Portas.
pub
pub

20
Domingo
Abril 2014

    negócios opinião