Conheça a primeira página do Negócios
A primeira página do Negócios, o acesso
ao ePaper
13:27 | Empresas
O antigo líder da Jerónimo Martins voltou ainda a insistir que, em Portugal, é preciso "acabar com a história" de que um salário de 5 mil euros é milionário. "Por amor de Deus, vamos lá a acabar com isto", pediu.
11:12 | IRS
O secretário de Estado do Fisco disse aos deputados para não confiarem nas simulações que surgem nos jornais feitas com base na proposta de reforma que saiu do Conselho de Ministros da semana passada.
Foi um dos temas centrais do debate parlamentar sobre o Orçamento do Estado para o próximo ano. O Governo não explica como vai poupar 100 milhões com as prestações sociais.
Depois do empréstimo de 3,9 mil milhões de euros da recapitalização do Novo Banco, o Governo mantém 1.500 milhões de euros no Fundo de Resolução. Diz que é o mesmo que já estava planeado antes da crise no BES e que não espera mais problemas.
10:54 | Conjuntura
Portugal terminou o ano passado com um endividamento de 128% do produto interno bruto (PIB), superado apenas pela Grécia. Já no que respeita ao défice, Portugal registou o sétimo valor mais elevado.
14:18 | Bolsa
As subidas das praças europeias estão a ser sustentadas pelos bancos que lideram os ganhos. O pódio é composto pelo grego Piraeus (9,65%), o italiano Monte dei Paschi (7,72%) e o português BCP (7,62%).
12:38 | Mercados
No primeiro dia de compras, a autoridade monetária adquiriu dívida de bancos franceses e espanhóis. Já hoje, procedeu à compra de dívida de bancos italianos. Se estímulos falharem, BCE pode avançar para a compra de dívida corporativa a partir de Dezembro.
No passado domingo, ficou decidido o fim do ES Bankers Dubai. O responsável pela liquidação irá reunir os activos da instituição do GES e utilizar o dinheiro obtido para pagar o seu passivo.
O presidente executivo do BESI, José Maria Ricciardi, tem tido várias reuniões com investidores de várias nacionalidades com o objectivo de encontrar uma solução para a unidade de banca de investimento. China, Dubai e México estão entre os países potenciais, revela o Wall Street Journal.
12:06 | Bolsa
Com o BCP a ganhar 4,5% e o BPI a subir mais de 3%, a praça lisboeta sobe mais de 1% depois de iniciar a sessão em terreno negativo. A PT amenizou as perdas e segue a negociar acima de 1 euro por acção.
13:52 | Imobiliário
De Janeiro a Setembro de 2014, foram absorvidos 78.482 metros quadrados de escritórios em Lisboa. Face ao período homólogo, o crescimento foi de 76%.
PUBLICIDADE
13:29 | O Negócios
O secretário de Estado dos Assuntos Fiscais Paulo Núncio disse aos deputados, nesta terça-feira 21 de Outubro, para não acreditarem nas simulações sobre a reforma do IRS que estão a ser divulgadas pelos jornais. Leia aqui a nota da direcção sobre essas declarações.
A generalidade dos reformados vai recuperar poder de compra em 2015. Mas os que beneficiam do efeito conjugado do fim da CES com a subida da dedução específica no IRS ganham a dobrar. Rendimento líquido chega a aumentar 15%.
A partir dos 1.000 euros brutos mensais de reforma, todos os pensionistas recuperam poder de compra no próximo ano. Veja as simulações da PwC e encontre o seu caso para saber os os impostos que vai pagar em 2015.
O Governo conta com um aumento de 1.922 milhões de euros nos impostos indirectos justificado com alterações nas taxas, com mais combate à fraude e com o crescimento económico. Peso na economia sobe de 14% para 14,7% do PIB. Veja aqui todos os números.
20 de Outubro | Impostos
A proposta de lei de reforma de IRS aprovada pelo Conselho de Ministros de 16 de Outubro consagra o quociente familiar e avança com várias alterações nas deduções. Veja aqui as 10 principais mudanças em cima da mesa.
20 de Outubro | Economia
Com novas regras de contabilidade mais de quatro mil sociedades que estavam registadas como "economia real" passaram para o sector financeiro. Uma das consequências foi uma redução expressiva da dívida empresarial.
A UTAO identificou 66 milhões de euros em medidas pontuais previstas para 2015 que estão por explicar no Orçamento do Estado para 2015 (OE2015) e questionou o "grau de razoabilidade" da poupança prevista em estudos e pareceres.
Editorial
  • Celso Filipe
    O plano de recapitalização do Banco Espírito Santo Angola (BESA), anunciado pelo Banco Nacional de Angola (BNA), tem um efeito imediato e duplo: diminui o grau de incerteza em relação ao Novo Banco e aumenta o seu valor de mercado. O empréstimo de 3,6 mil milhões de euros do BES ao BESA era dinheiro dado como perdido. Esta segunda-feira, o Novo Banco, por decisão do BNA, recuperou 20% deste montante, o que equivale a 720 milhões de euros. Destes 20%, 56 milhões serão transformados numa posição accionista de 9,9% que o Novo Banco passará a ter no âmbito do plano de recapitalização do BESA.
  • Helena Garrido
    Tem dois ou mais filhos? Faz parte do feliz grupo dos 548 mil contribuintes que deverá ser contemplado com menos IRS em 2015. Um pequeno grupo de 14% num total de cerca de 3,9 milhões de contribuintes.
  • André Veríssimo
    As bolsas estão de novo num tumulto, tingidas pelo vermelho das quedas, numa fuga apressada ao risco. Os índices de volatilidade, que medem o medo nos mercados, dispararam para o nível mais elevado desde a última crise. De que têm medo os investidores? De que a economia trave a fundo ou volte mesmo à recessão.
  • Helena Garrido
    Vamos fazer uma pausa na dita austeridade. Pensionistas e funcionários públicos recuperam poder de compra. Está prometida uma redução da carga fiscal algures em 2016 para todos os contribuintes de IRS. Como se previa, o IRC vai baixar. Mas o problema das contas públicas não está resolvido.
20 de Outubro | Telecomunicações
A Portugal Telecom vale hoje menos de mil milhões de euros na bolsa. Chegou a ser das cotadas mais valiosas. Chegou a ter uma capitalização doze vezes superior à de hoje. Veja a evolução da PT em bolsa desde a sua estreia.
11:57 | Empresas
A empresa não descarta a possibilidade de aproveitar novas oportunidades do mercado depois de sair da corrida pela ES Saúde.
11:57 | Desporto
A SAD portista comunicou à CMVM ter registado prejuízos superiores a 40 milhões de euros no último ano fiscal registando, ainda assim, um EBITDA positivo de 1,8 milhões de euros. A SAD informa que estes resultados não contemplam a transferência de Mangala para o Manchester City.
economistas Em colaboração com Project Syndicate
  • Um paradoxo cada vez mais óbvio surgiu este ano nos mercados financeiros mundiais. Apesar dos riscos geopolíticos – o conflito entre a Rússia e a Ucrânia, a ascensão do Estado Islâmico e a crescente agitação no Médio Oriente, as disputas territoriais da China com os seus vizinhos e os protestos em massa em Hong Kong, bem como o risco da sua repressão – se terem multiplicado, os mercados mantêm uma actividade sustentada, se não mesmo borbulhante.
  • As reuniões anuais do Fundo Monetário Internacional (FMI) vão decorrer a 10-12 de Outubro em Washington e o sector financeiro mundial é um assunto central na agenda. Será um encontro interessante uma vez que as duas visões diametralmente opostas do sistema financeiro mundial vão enfrentar-se uma à outra.
  • Em 2012, o responsável de capital de risco William Janeway argumentou que o desenvolvimento económico é um jogo com três jogadores que envolve o Estado, a inovação empresarial privada e o capitalismo financeiro, com excessos cíclicos inevitáveis que criam as condições para a próxima onda de invenção e crescimento de produção.
  • "Bonjour Monsieur, comment pourrais-je vous aider?", pergunta o obsequioso concierge do meu hotel em Paris. Imediatamente me questiono sobre o que terá acontecido à infame arrogância desta cidade - especialmente perante um turista americano. Se a capital francesa já não é a cidade europeia mais rude, talvez o possamos agradecer ao crescimento de ferramentas de avaliação online, como o TripAdvisor.
  • Com a queda do Muro de Berlim, que teve lugar há 25 anos [caiu a 9 de Novembro de 1989], os especialistas liderados por Francis Fukuyama proclamaram o fim da história – o triunfo do capitalismo democrático sobre os sistemas rivais. O sucesso económico dos Estados Unidos da América e o colapso do comunismo alimentaram a narrativa. O longo confronto político, intelectual e por vezes militar que conhecíamos como Guerra Fria tinha terminado.
Bruxelas deu luz verde aos dois comissários que faltava nomear por forma a completar a equipa da futura Comissão Europeia que será liderada por Jean-Claude Juncker. Caso o Parlamento Europeu vote favoravelmente, esta quarta-feira em plenário, a equipa da nova Comissão, esta iniciará funções no dia 1 de Novembro.
No próximo domingo serão conhecidos os resultados dos testes de stress aplicados pelo BCE aos principais bancos europeus, sendo expectável que a maioria das 130 entidades examinadas superem a prova. Bruxelas nota que a pressão dos mercados sobre a banca deverá ocorrer depois de conhecidos os resultados.
09:08 | Energia
Quando estava a descolar da pista, o avião onde estava o CEO da companhia francesa embateu contra um limpa-neves conduzido por um homem embriagado, que provocou o acidente.
dossier Weekend
O legado cultural da família Espírito Santo
Por estes dias, o Novo Banco está a fazer um inventário de todos os activos que "herdou" do BES. Entre eles, está o património cultural e histórico acumulado ao longo dos anos. Também a Fundação Ricardo Espírito Santo Silva faz contas à vida. Perdeu o seu principal mecenas e está afundada em dívidas.
pub
pub

21
Terça-feira
Outubro 2014
    Conferência Divulgação de Informações Não Financeiras

    negócios opinião