Conheça a primeira página do Negócios
A primeira página do Negócios, o acesso
ao ePaper
A Tranquilidade vai ser vendida à Apollo Global Management por cerca de 50 milhões de euros, sabe o Negócios. Os pormenores do acordo estão fechados, faltando apenas que o Novo Banco assuma a titularidade da antiga seguradora do Grupo Espírito Santo para que a transacção possa ser formalizada.
08:46 | Bolsa
Além do sector financeiro e do Grupo EDP, também as cotadas da construção e a Portugal Telecom estão a contribuir para os ganhos do PSI-20, que sobe hoje pela segunda sessão consecutiva.
O Negócios contactou as linhas criadas pelos reguladores para os clientes do BES. Em vez de esclarecimentos, Banco de Portugal e CMVM disseram muitos "não se sabe". Sejam dúvidas sobre depósitos, acções, obrigações ou papel comercial.
Carlos Costa esteve melhor na resolução do que na supervisão, embora não seja evidente porque demorou tantos meses a actuar. Depois de ter avançado conseguiu um bom resultado, analisam quatro especialistas de centros de investigação conceituados.
21 de Agosto | Banca & Finanças
O BNP Paribas é a instituição financeira escolhida pelo Banco de Portugal para assessorar o processo de venda do Novo Banco, confirmou o Negócios junto do supervisor. Falta apenas assinar o contrato para que a instituição financeira francesa inicia a sua missão.
A PT Portugal foi transferida para a Oi em Maio e logo nesse mês foram injectados 1,25 mil milhões de euros para reduzir o endividamento em euros, diz a Oi no relatório semestral.
21 de Agosto | Bolsa
A compra de acções da Espírito Santo Saúde por parte da Ángeles antes da OPA está a ser averiguada pelo regulador. Mas não tem impacto no registo da oferta. Só após esse registo é que contrapartida será avaliada.
21 de Agosto | Mercados
Entraram quase 600 milhões de euros nos certificados de aforro e do Tesouro, elevando o total no ano para 2.452 milhões de euros.
21 de Agosto | Banca & Finanças
Apesar da medida de resolução aplicada ao BES a 3 de Agosto, no dia 14 a BlackRock passou a ter apenas 1,91%. Antes disso, tinha 4,49%.
Os representantes dos maiores bancos centrais estão por estes dias reunidos na estância. O BCE é o único cuja trajectória é de uma expansão dos estímulos. Nos EUA e no Reino Unido, discute-se abertamente a estratégia de saída.
08:32 | Mercados
Discurso de Janet Yellen, no encontro de Jackson Hole, vai prender as atenções dos investidores de todo o mundo, que procuram pistas sobre a orientação da política monetária da Fed.
00:01 | Conjuntura
As exportações desaceleraram e as importações aceleraram levando a uma queda 70% no excedente comercial. Esta evolução levou o saldo externo a terreno negativo. As previsões do Governo para o total do ano estão em risco.
00:01 | Transportes
A Carris é, das empresas públicas de transportes, a que regista este ano o maior aumento na comparticipação do Estado aos passes sociais. No total, as indemnizações compensatórias nos transportes recuam 29%.
O Tesouro está a ponderar um leilão sindicado de dívida a 15 anos para "o início do Outono". Uma opção que estava praticamente excluída depois dos problemas no GES.
PUBLICIDADE
Orçamento Rectificativo a aprovar na próxima semana "tapa buraco" deixado aberto pela inconstitucionalidade dos cortes salariais. Estão em causa entre 500 a 550 milhões de euros. Impostos entre as medidas correctivas em estudo.
21 de Agosto | Media
O actual director do Dinheiro Vivo, André Macedo, vai substituir João Marcelino na direcção do Diário de Notícias (DN), confirmou esta quinta-feira à Lusa fonte da empresa.
21 de Agosto | Telecomunicações
O Governo estima que a taxa a aplicar sobre todos os dispositivos que permitam gravações, como telemóveis e tablets, garanta uma remuneração para os autores e artistas de 15 a 20 milhões de euros.
patrocinado por:
21 de Agosto | Poderosos 2014
Artur Santos Silva, Presidente do conselho de administração da Fundação Calouste Gulbenkian, é o 13.º mais poderoso da economia
Editorial
  • Helena Garrido
    Não oiça, não veja, não fale do mal ou sobre o mal. É a mensagem dos três macacos dados pela tradição japonesa. Uma estratégia que dá frutos, pelo que estamos a assistir no Novo Banco. Sim, é possível que estejamos a ser injustos. Mas quem dirige uma empresas ou um banco não pode ser ilibado da sua responsabilidade com o argumento do não viu, não ouviu e não falou.
  • André Veríssimo
    Portugal tem défice de capital. Crónica. Até nos grandes bancos o capital sempre escasseou. Falta que as instituições financeiras foram disfarçando, aumentando o capital próprio com recurso a capital alheio. Dívida. O BCP, com autofinanciamento do próprio banco, nos aumentos de capital do início da década passada. O BES, com aumentos de capital que a família Espírito Santo financiou através do GES. A CGD, com injecções pagas pela dívida pública. Dívida, sempre dívida.
  • Helena Garrido
    Todas as estrelas se alinham para o Novo Banco ser vendido o mais depressa possível, de preferência ainda este ano. Banqueiros, Governo e reguladores têm todos os incentivos, vantagens e lições do passado para acelerarem a solução. O caso BPN mostrou bem como pode sair caro deixar andar, uma tentação muito nacional. Esperemos que não se deixem embrulhar por conflitos entre bancos interessados.
21 de Agosto | Aviação
A companhia aérea nacional já conseguiu, no primeiro trimestre do ano, fazer os acertos salariais dos seus trabalhadores.
21 de Agosto | Media
A televisão pública garantiu crescimento das suas receitas nos primeiros três meses do ano, segundo o relatório da Direcção Geral das Finanças, relativo ao Sector Empresarial do Estado.
21 de Agosto | Negócios num minuto
A comissão permanente da Assembleia da República reúne esta quinta-feira, 21 de Agosto, para tentar acelerar a entrada em vigor dos cortes salariais aos funcionários públicos. O Negócios explica-lhe, em poucas palavras, o que falta para que esses cortes sejam aplicados.
21 de Agosto | Américas
Apontada como uma "terceira via", as suas ideias permanecem em grande parte uma incógnita. Vai estar sob intensa pressão até Outubro. Ela e Dilma. Presidente no Brasil poderá continuar a escrever-se no feminino. Mas pode mudar de nome.
economistas Em colaboração com Project Syndicate
  • Copenhaga, capital da Dinamarca, quer ser a primeira cidade do mundo sem emissões de CO2, em 2025. No entanto, como muitas outras cidades e países bem-intencionados descobriram, reduzir significativamente as emissões de CO2 é muito mais difícil do que parece, e pode exigir alguma contabilidade criativa.
  • Se o mundo quer resolver a crise das alterações climáticas, vamos precisar de uma nova abordagem. Actualmente, as grandes potências vêem as mudanças climáticas como uma negociação sobre quem irá reduzir as suas emissões de CO2 (principalmente devido ao uso de carvão, petróleo e gás).
  • Mais oui! Como qualquer estudante francês do quinto ano sabe, a internet foi inventada em Paris. Era chamada de minitel, uma abreviação para Médium interactif par numérisation d’information téléphonique, e era uma rede de quase nove milhões de terminais que permitia às pessoas e organizações conectarem-se entre si e trocar informações em tempo real.
  • O crescente derramamento de sangue no Iraque e na Síria está a ser acompanhado tão de perto na China como em qualquer outra parte do mundo. De facto, o Médio Oriente está a tornar-se cada vez mais um foco da política externa chinesa.
  • Antes da erupção da crise financeira em 2008, o crédito privado na maioria das economias desenvolvidas cresceu mais rapidamente do que o produto interno bruto (PIB). Depois o crescimento do crédito colapsou.
21 de Agosto | Conjuntura
A actividade económica na Zona Euro suavizou mais do que o previsto durante o mês de Agosto, numa altura em que a região está a ser penalizada pelo abrandamento da taxa de inflação e pelas tensões geopolíticas entre Rússia e Ucrânia.
21 de Agosto | Empresas
Nos últimos anos, os casinos portugueses viram o seu negócio deteriorar-se. A crise económica afectou severamente esta actividade.
dossier Weekend
Carlos da Camara Pestana: O perigo do desastre obrigará os partidos a entender-se
Subiu ao vértice da banca portuguesa, foi afastado pelo 11 de Março, atravessou o Atlântico para recomeçar, aos 40 e com cinco filhos, uma nova escalada que o levou de novo ao topo, agora da banca brasileira. Antigo dirigente do BPA, o maior banco português na década de 70, que chegou depois a presidente do Itaú Unibanco, o maior banco da América Latina no presente, completa 83 anos neste domingo, 27 de Julho.
pub
pub

22
Sexta-feira
Agosto 2014
    Cerimónia de Entrega de Prémios Best Ethical Practices Awards

    negócios opinião