Conheça a primeira página do Negócios
A primeira página do Negócios, o acesso
ao ePaper
No final de 2013, o antigo presidente do BES recebeu indicações do supervisor para não aumentar exposição do banco ao GES. Orientações foram violadas. BdP já abriu processos de contra-ordenação ao banco e a antigos gestores.
24 de Julho | Banca & Finanças
O Banco de Portugal e a Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) vão avançar com uma auditoria conjunta sobre as actividades desenvolvidas pelo BES e outra entidade do grupo, segundo um documento confidencial a que a Lusa teve acesso.
24 de Julho | Justiça
Chamam-lhe "superjuiz". E a razão é simples: nos últimos anos, os chamados crimes de "colarinho branco" que maior notoriedade pública registaram contam com intervenções do juiz Carlos Alexandre. É este o homem que, na quinta-feira, mandou deter e interrogou o antigo presidente do BES, no âmbito do processo conhecido por Monte Branco.
11:01 | Bolsa
A bolsa nacional segue em alta, com os ganhos do BCP a anularem o impacto da queda do BES. No acumulado da semana, o principal índice segue com um ganho superior a 5%, o que é a maior subida semanal desde Abril de 2013.
08:41 | Bolsa
Os resultados do aumento de capital continuam a beneficiar as acções do banco liderado por Nuno Amado. Desde que se conheceram os resultados da operação os títulos acumulam um ganho superior a 27%.
Com protecção de credores da "holding" do GES, banco deixa de poder contar com os 700 milhões do ESFG para pagar aos clientes de retalho. Será o próprio BES a garantir o reembolso, o que aumenta os seus prejuízos.
24 de Julho | Banca & Finanças
Em reacção ao pedido de gestão controlada do Espírito Santo Financial Group, o Banco Espírito Santo reiterou que está garantido o reembolso do papel comercial da Rioforte e ESI que os seus clientes compraram.
00:01 | Bolsa
Os títulos subiam mais de 10% na primeira hora, antes de ser conhecida a detenção do antigo presidente. A notícia foi suficiente para colocar a acção sob pressão e fechar com ganhos bem menores do que BCP e BPI.
12:01 | Energia
Os analistas consultados pela Reuters estimam que os lucros do segundo trimestre do ano da Galp devem ter registado uma quebra de 44%, devido às margens de refinação.
As receitas totais de serviços do grupo Vodafone no segundo trimestre foram de 9,4 mil milhões de libras, o que representa uma quebra de 4,2% face a igual período do ano passado.
24 de Julho | Economia
O ministro da Economia e o seu antecessor vão ser ouvidos, quarta e segunda-feira, na Comissão Parlamentar de Inquérito aos Programas de Aquisição de Equipamentos Militares.
24 de Julho | Política
O porta-voz do PSD, Marco António Costa, interpelou o PS sobre as "82 promessas" feitas em maio e que não dividiam os candidatos que actualmente disputam a liderança porque "ambos apoiaram essas 82 promessas".
09:32 | Política
A dona da Super Bock estuda "soluções mais drásticas" para entrar noutros países, embora esse plano possa cair por terra se surgirem "dificuldades" em Portugal ou Angola, diz o CEO em entrevista ao Diário Económico.
09:47 | Conjuntura
Os receios de abrandamento económico e as tensões em torno da Ucrânia estão a afecta a confiança dos empresários alemães, cujo índice de confiança recuou para mínimos de Outubro.
O Lloyds confirmou que está em negociações com várias agências governamentais no âmbito das investigações de manipulação da taxa Libor. O banco, liderado por António Horta Osório adianta que deverá pagar coimas e que assim que tiver mais informação a comunicará.
O maior accionista do BPI fechou os primeiros seis meses do ano com um lucro 25,3% inferior ao verificado em igual período do ano passado.
O Royal Bank of Scotland quase que duplicou os seus resultados no primeiro semestre do ano. Os investidores estão a reflectir o entusiasmo nas acções, que sobem mais de 14%.
07:57 | Mercados
Investidores aguardam esta sexta-feira a divulgação dos resultados de empresas como a Vodafone, a Danone e a Air France, que vão contribuir para a definição do sentimento dos mercados europeus.
PUBLICIDADE
12:01 | Weekend
"O tempo é escasso, sejamos felizes. Corpo e alma não são para sempre. O amor é tudo o que há", ouve-se logo no segundo tema de "Primavera", o primeiro disco do duo Sara Serpa & André Matos.
10:12 | Weekend
Subiu ao vértice da banca portuguesa, foi afastado pelo 11 de Março, atravessou o Atlântico para recomeçar, aos 40 e com cinco filhos, uma nova escalada que o levou de novo ao topo, agora da banca brasileira. Antigo dirigente do BPA, o maior banco português na década de 70, que chegou depois a presidente do Itaú Unibanco, o maior banco da América Latina no presente, completa 83 anos neste domingo, 27 de Julho.
11:53 | Aviação
O presidente do Sindicato dos Pilotos da Aviação Civil considerou esta sexta-feira que as compensações pelo trabalho extraordinário anunciadas pela TAP "são remendos para males maiores" e salientou que os trabalhadores vão reunir-se para decidir se recorrem a grave.
00:01 | Economia
Deputados esclarecem quais os fundos integrados na Segurança Social ou na CGA que ficam a salvo dos cortes nas pensões. A informação foi dada a um dia do final do processo legislativo. O diploma é aprovado esta sexta-feira.
A Texbizz é uma plataforma online que permite às empresas do sector têxtil contactarem entre si. O objectivo é facilitar o contacto para ajudar, por exemplo, nas alturas de quebras e picos de produção.
00:01 | Energia
Um estudo da Associação Portuguesa da Energia e da Accenture mostra que a maioria dos inquiridos está pouco ou nada satisfeito com os preços da energia, apesar de uma elevada satisfação com a qualidade dos serviços.
24 de Julho | Empresas
Um avião Air Algérie ao serviço da Swiftair despenhou-se no Mali. Não deverá haver sobreviventes. O aparelho tinha 110 pessoas a bordo das quais 51 francesas. Este é o terceiro desastre aéreo no espaço de uma semana.
Editorial
  • Helena Garrido
    Considerar que só porque deixou de ter poder no BES é que a justiça actua é fazer o raciocínio ao contrário. Ricardo Salgado deixou de ter poder porque as instituições funcionaram e a justiça já estava a actuar. A detenção do ex-presidente do BES nesta quinta-feira de Julho e as medidas de coacção de grau elevado que lhe foram aplicadas revelam que o trabalho dos investigadores do caso Monte Branco continuava a ser feito.
  • Helena Garrido
    O BES começa a dar sinais de calma. Cada um está a fazer o que deve. A família Espírito Santo está a pedir a protecção de credores, o presidente de Angola está a garantir que resolverá o problema do BESA e a administração do BES está a reconquistar lentamente a confiança dos clientes e dos investidores. Não ganhámos para o susto. Mas a cooperação que está a existir aponta para um caminho de estabilização do banco e do sistema financeiro menos doloroso do que se poderia antecipar.
  • Celso Filipe
    A 10.ª cimeira da CPLP (Comunidade dos Países de Língua Portuguesa), que decorre em Díli, vai ser marcada pela entrada da Guiné-Equatorial como membro de pleno direito da organização. As interrogações sobre a natureza do país liderado por Teodoro Obiang já foram exploradas à saciedade.

00:23 | Tecnologias
A empresa norte-americana de vendas "online" reportou perdas no segundo trimestre deste ano. A.B. Mendez, da KCG Holdings, e Lynn Utter, da Knoll, comentam estes resultados com Cory Johnson, da Bloomberg TV.
09:06 | Política
Se António José Seguro e António Costa recolherem fundos para a campanha, a Entidade das Contas e Financiamentos Políticos não terá competências para supervisionar os orçamentos dos candidatos, revela o Público.
24 de Julho | Zona Euro
Na actualização de Julho do “World Economic Outlook”, o Fundo Monetário Internacional (FMI) mantém a estimativa de crescimento de 1,1% para os países da moeda única, mas espera uma desaceleração na economia mundial.
00:01 | Imobiliário
Os bancos portugueses reabriram a torneira do crédito, e se as vendas de casas saíram de um semi-deserto, o arrendamento está a começar a secar. Esta realidade está plasmada nas contas da Century 21, mas também de outras operadoras. A classe média está de volta.
economistas Em colaboração com Project Syndicate
  • As recentes eleições na Índia podem ser a melhor notícia de 2014 para a economia do país. Os eleitores indianos rejeitaram o partido do Congresso, que governou a Índia praticamente sem interrupções desde que o país conseguiu a independência do Reino Unido em 1947. E é provável que um dia se alegrem por tê-lo feito.
  • O Acordo Transatlântico de Comércio e Investimento (TTIP, na sigla em inglês) que, actualmente, é objecto de intensas negociações entre a União Europeia (UE) e os Estados Unidos, está a causar um grande choque.
  • Um estudo pioneiro publicado no passado mês de Novembro revelou que as actividades de apenas 90 produtores de carvão, petróleo, gás e cimento – apelidados de "grandes emissores de dióxido de carbono" – foram responsáveis por 63% do total de emissões desde a Revolução Industrial.
  • O economista e prémio Nobel Robert Mundell demonstrou que uma economia pode manter duas – mas apenas duas – de três características fundamentais: independência da política monetária, taxa de câmbio fixa e fluxos de capital de livre circulação. Mas a China está, actualmente, a fazer malabarismos com as três – uma atitude que se está a tornar cada vez mais difícil de manter.
  • Tal como acontece com as pessoas, corporações e outras empresas privadas que dependem dos processos de falência para reduzirem um excessivo encargo da dívida, os países por vezes também precisam de uma redução ou reestruturação ordenada da dívida.
A oferta de depósitos indexados, mas também duais, continuou a aumentar na primeira metade deste ano. Os bancos venderam até agora 132 destes depósitos, na sua maioria aplicações dependentes do comportamento das acções.
24 de Julho | Economia
O ministro da Educação e Ciência, Nuno Crato, anunciou que o Estado português acordou com a Comissão Europeia um financiamento com fundos estruturais de mil milhões de euros até 2020, para a ciência.
24 de Julho | Empresas
Os valores dos primeiros seis meses do ano representam um crescimento homólogo de 83,7% nos lucros. A travar lucros mais acentuados está um aumento dos custos operacionais. A SIC segue a tendência do grupo.
dossier Weekend
Portugal foi grande quando se abriu ao mundo
Em miúdo era um engenhocas. Um dia ligou um comboio a pilhas à electricidade e, claro, correu mal. António Melo Pires, prémio Excellens Oeconomia de 2014, fala da sua vida desde o liceu em Setúbal. Do tempo em Espanha e no Brasil. Confessa que era impulsivo. É no serviço militar, para onde não queria ir, que encontra a raiz do saber liderar.
pub
pub

25
Sexta-feira
Julho 2014
    Cerimónia de Entrega de Prémios Best Ethical Practices Awards

    negócios opinião