Conheça a primeira página do Negócios
Conheça a primeira página do Negócios
20 de Abril | Ajuda Externa
A maioria dos portugueses que teve conhecimento do chamado manifesto 74 revê-se no apelo que aí é feito à reestruturação da dívida. Segundo uma sondagem da Aximage, realizada para o Negócios e para o “Correio da Manhã”, quase dois terços dos portugueses defendem o documento.
A descida dos juros pode levar a que "deixe de ser interessante" o negócio do crédito em Portugal, considera o presidente da ASFAC.
19 de Abril | Impostos
A ministra das Finanças anunciou a intenção de aplicar uma taxa sobre os alimentos nocivos na terça-feira e no dia seguinte o ministro da Saúde confirmou o objectivo. Agora o ministro da Economia diz que é uma “ficção”.
19 de Abril | Política
Durante o ano de 2012, a relação entre PSD e CDS-PP ficou marcada pelas divergências criadas TSU, o que motivou até a criação de um conselho para os parceiros de coligação se coordenarem.
17 de Abril | Segurança Social
O Governo comprometeu-se a apresentar até fim de Abril a “solução duradoura” para as pensões de 2015 em diante. O documento dos peritos é preliminar, e pouca informação transpirou ainda. Mas já há várias pistas sobre o que é proposto.
17 de Abril | Impostos
Relatório preliminar avalia experiências internacionais, como a introdução de taxas à entrada das cidades, para reduzir a emissão de poluentes, ou de um imposto sobre sacos de plástico, como fez a Irlanda. Comissão diz também que quer corrigir “incentivos desadequados”.
17 de Abril | Europeias
No último mês, PS e a coligação PSD/CDS seguiram caminhos opostos nas sondagens para as eleições europeias. Os socialistas reforçaram, ligeiramente, para 40,9%, enquanto a Aliança Portugal viu as suas intenções de voto caírem de 37,4% para 33,2%. Os elevados números da abstenção, 58%, podem, porém, baralhar estes números.
17 de Abril | Economia
Peritos recomendam ao Ministério da Saúde que crie uma equipa de mais de 7.000 profissionais para acompanhar de perto os doentes crónicos. Além de aumentar a qualidade dos cuidados esta medida poderia evitam gastos desnecessários.
O Tesouro português conta emitir entre 500 milhões e 750 milhões de euros numa nova utilização da linha de obrigações para 2024. É a primeira emissão de dívida de longo prazo sem recurso a sindicato bancário desde 2011.
Primeiro leilão de obrigações desde 2011 será "passeio pelo parque", diz analista.
17 de Abril | Ajuda Externa
Vice-director-geral do FMI alerta que Portugal ainda enfrenta importantes desafios, destacando as “elevadas necessidades de financiamento” que deixam o País “susceptível à volatilidade dos mercados”.
Para Teresa Mira Godinho, é a questão mais difícil nos seguros em Portugal porque é linha muito complexa com uma legislação extremamente pesada, que tem tido alterações sucessivas.
17 de Abril | Bolsa
O conselho de ministros aprovou a segunda fase de reprivatização da REN, revelou Luís Marques Guedes. A operação será concretizada através de uma oferta pública de venda e de uma venda directa a investidores institucionais.
17 de Abril | Transportes
Executivo tem ainda previstas alterações legislativas em matéria de ruído e de direitos dos utentes. Revisão do modelo, para reduzir encargos, tem em vista adequar as exigências do sector rodoviário português “à realidade do país”.
PUBLICIDADE
00:01 | Empresas
Escusa-se a falar da Benfica TV, já que, para Bessa Tavares, da Sport TV, são produtos distintos.
20 de Abril | Desporto
O Benfica conquistou hoje o seu 33.º título de campeão nacional de futebol.
Apesar da experiência portuguesa com as PPP ter sido "pouco recomendável", os especialistas antecipam que as fortes restrições orçamentais não permitem ao país abandonar o modelo de contratação.
19 de Abril | Aviação
O Negócios dá-lhe dez dicas para comprar passagens aéreas a preços mais baixos. São pequenos truques que podem fazer a diferença na hora de pagar.
00:01 | Empresas
Crise obrigou comerciais a trocar canhão de grande calibre por fuzil de franco-atirador com três balas.
18 de Abril | Weekend
O Tag Heuer Infinite é a proposta da marca de relógio para um smartphone, cuja bateria é "infinita", que é o mesmo que dizer de longa duração.
19 de Abril | Weekend
Regressamos aos azeites por causa de uma notícia de última hora: nos dois mais importantes concursos mundiais de azeites, Portugal arrecadou 26 medalhas. No caso do concurso de Nova Iorque, a decisão do júri fez com que o azeite Monterosa - Maçanilha, do Algarve, ficasse entre os 15 melhores do mundo. Há 15 anos, tudo isso seria impensável.
00:01 | Empresas
Grupo português, dono do maior olival do mundo, abastece 80%da marca própria de azeite do gigante norte-americano Wal-Mart.
Editorial
  • André Veríssimo
    A pressão externa na atmosfera em que se movimenta o Governo nunca foi tão baixa. Seja a pressão da troika, que está de partida. Seja a dos mercados, onde as taxas de juro estão em mínimos históricos. Talvez esteja nesta descompressão o motivo para os assomos de arrogância e o desnorte a que se tem assistido nas últimas semanas.

20 de Abril | Saúde
Ideia é que doentes crónicos sejam acompanhados de perto.
17 de Abril | Bolsa
O principal índice nacional recuperou esta semana da forte queda da passada semana, na qual perdeu 4,39%. Enquanto retalho e energia estiveram a puxar pelo PSI-20, cotadas da banca e PT pressionaram.
17 de Abril | Banca & Finanças
Numa análise ao panorama geral da banca e das tendências económicas para esta Primavera no mercado ibero-americano, o Citi escolhe o BES como a acção preferida em Portugal, no sector financeiro. E espera que os resultados do primeiro trimestre e dos testes de stress no segundo semestre possam funcionar como catalisadores adicionais.
18 de Abril | Weekend
O EcoSport é a nova aposta da Ford para competir no disputado segmento dos pequenos utilitários-desportivos na Europa, cuja liderança é actualmente partilhada pelo Renault Captur e pelo Nissan Juke.
18 de Abril | Weekend
"China, um toque de pecado", do realizador Zhangke Jia, "Viver", "Nenhum a menos" e "O caminho para casa", filmes de Yimou Zhang, ou "Disponível para amar", de Kar Wai Wong, revelam diversas facetas do crescimento económico chinês.
economistas Em colaboração com Project Syndicate
  • "Mas que bela caracterização sobre o estado do capitalismo do século XX", exclamou o "motivador profissional" Jordan Belfort enquanto olhava para o seu passado de fraude, sexo e drogas. Como líder da empresa de corretagem Stratton Oakmont, ele espoliou investidores de centenas de milhões de dólares no início dos anos 90. Vi o filme "O Lobo de Wall Street" de Martin Scorsese e fiquei intrigado o suficiente para ler a biografia de Belfort, na qual se baseia o argumento do filme. Aprendi muito.
  • "Se não podes medi-lo, não podes geri-lo". Esta é a ideia por detrás de métricas como o Produto Interno Bruto (PIB) e outros indicadores agregados que informam sobre a saúde das economias nacionais de todo o mundo. Os responsáveis políticos usam estes números há várias décadas para ajudá-los a orientar o crescimento económico interno.
  • Menos de 18 meses depois de se tornar secretário-geral do Partido Comunista da China, Xi Jinping está prestes a prender o maior "tigre" político - um alto funcionário corrupto - da história da República Popular.
  • Para que seja possível estabelecer metas para a gestão da falta de água, são necessários dados fiáveis e atempados para perceber que variações na qualidade e quantidade de água são causadas pelas mudanças climáticas ou pela degradação do ambiente.
  • As acções da Rússia na Ucrânia constituem uma séria e perigosa violação do direito internacional. Em 1994, a Ucrânia aceitou entregar as armas nucleares que tinha herdado da União Soviética em troca de um compromisso solene dos Estados Unidos, Reino Unido e Rússia, de proteger a integridade territorial e a soberania ucranianas. A Rússia violou agora esta promessa, não apenas prejudicando a Ucrânia, mas minando o quadro jurídico internacional relativo à prevenção da proliferação nuclear.
00:01 | Economia
Relatório preliminar já foi divulgado. O final será conhecido em Junho.
17 de Abril | Research
Os bancos cotados nacionais estão no “caminho para a recuperação”. O BCP está na linha da frente e é o único que merece a recomendação de “comprar” para a unidade de investimento do Santander. O BES e o BPI também têm boas perspectivas mas as actuais cotações já incorporam essa recuperação, pelo que a recomendação é de “manter”.
17 de Abril | Banca & Finanças
A análise do BPI sobre as perspectivas do BCP são positivas, prevendo-se o aumento do produto bancário e a redução de perdas no primeiro trimestre deste ano.
pub
pub

21
Segunda-feira
Abril 2014

    negócios opinião