Conheça a primeira página do Negócios
A primeira página do Negócios, o acesso
ao ePaper
Álvaro Sobrinho defende que o presidente da comissão executiva do BESA responde perante o presidente da administração, que era Ricardo Abecassis Espírito Santo.
16:54 | Bolsa
A praça lisboeta encerrou a valorizar mais de 3,5% numa sessão em que todas as cotadas terminaram o dia a avançar. BCP e Mota-Engil a subir mais de 6%, Jerónimo Martins mais de 5%, Teixeira Duarte, Sonae, EDP Renováveis e Nos a crescer acima de 4% estiveram em destaque.
19:10 | Aviação
O presidente da companhia aérea de bandeira convidou os sindicatos representativos dos trabalhadores da TAP com o objectivo de abrir o diálogo, soube o Negócios.
15:30 | Aviação
O ministro da Economia, António Pires de Lima, reiterou que o Governo sempre respeitou o direito à greve e que assistiu a muitas paralisações durante o período da legislatura.
16:53 | Economia
Autoridade Tributária e Aduaneira fechou o ano de 2013 com 10,6 mil milhões de euros em cobrança coerciva. O valor cresce ligeiramente em relação a 2012, e representa 30% de toda a receita cobrada num ano.
16:30 | Economia
O Instituto da Segurança Social utilizou as tabelas de retenção da Função Pública para calcular o salário líquido de trabalhadores do privado, gerando um bónus indevido nos subsídios atribuídos durante mais de um ano,
17:03 | Bolsa
As acções da PT SGPS fecharam a sessão a subir mais de 2%, depois de terem estado suspensas de negociação e de terem chegado a perder quase 2%. A recuperação das acções surgiu depois de Isabel dos Santos ter dito que ainda não decidiu sobre se retira a OPA sobre a PT SGPS.
A Terra Peregrin ainda está em fase de negociação com a CMVM para decidir os termos do comunicado em que anunciará a sua decisão sobre a OPA que lançou sobre a PT SGPS. O regulador comunicou quinta-feira que não aceita a derrogação da OPA, o que obrigaria Isabel dos Santos a aumentar o preço da oferta sobre a PT SGPS.
Depois de se reunirem com representantes da Altice, reunião em que esteve Dexter Goei, os sindicatos da PT Portugal pedem respostas à empresa francesa. E querem tê-las até ao final do ano.
17:30 | Energia
A empresa italiana tornar-se-á operadora e promotora da exploração, com uma participação de 70%. A Galp assegura os restantes 30%. A parceria surge após a falha da recente investida da petrolífera nacional em Marrocos.
18:14 | Empresas
O Conselho de Ministrou aprovou, esta quinta-feira, 18 de Dezembro, um conjunto de alterações ao Sistema de Recuperação de Empresas por via Extrajudicial (Sireve), mecanismo criado para reestruturar empresas e que funciona fora dos tribunais, com o objectivo de promover "a aceleração do crescimento económico e criação de emprego".
18:29 | Economia
Um estudo do IPAM mostra que o valor médio a gastar em compras de Natal pelos portugueses é 271,80 euros. Comparando com 2012, ano em que a amostra tinha características idênticas, o valor era de 253,52 euros.
PUB
17 de Dezembro |
Feira de Cantão na China trouxe oportunidades de negócio para as empresas portuguesas
A 117ª Sessão da chinesa Import & Export Commodities Fair (Feira de Cantão) será realizada de 15 de abril de 2015 a 05 de maio de 2015, seis meses antes, a Comissão Organizadora da Feira de Cantão está a promover as características e destaques desta às empresas em todo o mundo.
PUBLICIDADE
17:09 | Empresas
Maria Luís Albuquerque reitera que é preciso fazer mais para combater as desigualdades e a pobreza, mas assegura que o Governo tem tido a preocupação de proteger os mais vulneráveis.
14:51 | Conjuntura
Portugal permanece entre os melhores países europeus quando se avalia a capacidade de correcção dos seus desequilíbrios orçamentais. Mas a economia ainda está "doente", devido ao fraco potencial de crescimento e ao elevado endividamento, conclui o Lisbon Council.
A cimeira tripartida foi sugerida por Passos Coelho, que escreveu aos líderes espanhol e francês na sequência do acordo europeu sobre energia e clima.
13:52 | Política
O primeiro-ministro indicou hoje Adélio Neiva da Cruz para director do Serviço de Informações de Segurança (SIS), e exonerou do cargo Horácio Pinto, informou o gabinete de Pedro Passos Coelho.
17:56 | Emprego
O parque temático dispõe de ofertas nas áreas de hotelaria, restauração e vendas. As candidaturas devem ser enviadas até 5 de Janeiro de 2015 e a sessão de recrutamento decorre em Lisboa nos dias 13 e 14 do mesmo mês.
17:22 | Justiça
O advogado de defesa de José Sócrates, João Araújo, disse hoje, em Évora, que o motorista do ex-primeiro-ministro, João Perna, "nunca foi a Paris" nem "levou malas de dinheiro" para a capital francesa.
17:04 | Europa
À entrada para o encontro do Conselho Europeu, Federica Mogherini admitiu que as dificuldades financeiras da Rússia “não são boas notícias” mas pediu ao Kremlin uma “mudança radical de atitude” face ao resto do mundo. Hollande e Renzi também não querem aplicar mais sanções.
Editorial
  • André Veríssimo
    O histórico anúncio do restabelecimento das relações diplomáticas entre os EUA e Cuba, um dos últimos vestígios da Guerra Fria, acontece no mesmo ano em que as relações entre a Rússia e o Ocidente voltaram a gelar por causa da Ucrânia. É mais um míssil apontado à influência internacional do Kremlin que, por estes dias, enfrenta o mais sério teste ao regime.
  • Celso Filipe
    A greve na TAP é legítima? Sim.
  • Helena Garrido
    Em meados dos anos 80 do século XX o então primeiro-ministro, Aníbal Cavaco Silva, conseguiu baixar ao mesmo tempo a inflação e o desemprego e dar-se ao luxo de não concluir o segundo programa de estabilização do FMI, conquistando em 1987 a sua primeira maioria absoluta. O milagre tinha um nome. Chamava-se petróleo.
12:12 | Conjuntura
Na síntese económica de conjuntura do INE, os únicos sinais positivos foram dados pelo investimento e pelas exportações. A actividade económica diminuiu, o consumo privado cresceu menos e há vários sectores a dar sinais negativos.
14:36 | Bolsa
A Reserva Federal norte-americana garantiu ontem que a instituição será “paciente” em relação ao ‘timing’ da subida dos juros, dando confiança aos investidores de que a instituição vai continuar a apoiar a economia.
Um estudo do Turismo de Portugal mostra que as provas de vinhos e as visitas guiadas são as actividades mais procuradas e que, em média, a maioria dos visitantes permanecem apenas duas horas na unidade enoturística.
11:15 | Mundo
Depois de se mostrar optimista em relação à saída da crise, o presidente da Rússia reagiu de forma agressiva a perguntas sobre política externa. "O urso deve poder estar descansado a comer mel", defendeu Vladimir Putin.
00:01 | Mundo
A última grande herança da Guerra Fria começou a ruir quarta-feira. Estados Unidos e Cuba anunciaram a normalização das suas relações diplomáticas. Washington terá embaixada em Havana.
17:10 | Automóvel
As falhas já provocaram a morte de cinco pessoas e levaram a centenas de acções judiciais contra a empresa.
economistas Em colaboração com Project Syndicate
  • O ano de 2015 será a grande oportunidade da nossa geração para fazer avançar o mundo em direcção ao desenvolvimento sustentável. As três negociações de alto nível entre Julho e Dezembro podem reorganizar a agenda mundial de desenvolvimento e dar um impulso importante a alterações decisivas no funcionamento da economia mundial. Com o apelo do secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, a favor da adopção de medidas no seu relatório "O Caminho para a Dignidade", o Ano do Desenvolvimento Sustentável começou.
  • Na Califórnia, os consumidores residenciais estão a ser multados por desperdício de água. O objectivo é reduzir o consumo em 20%, no âmbito da luta contra uma seca severa. O problema é que o uso da água residencial representa menos de 15% do consumo total. O resto se destina principalmente à agricultura. Mesmo se as metas definidas forem alcançadas, não representarão menos de 3% da procura total – uma gota num balde quase vazio.
  • As recentes decisões políticas do primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe - intensificar os estímulos monetários, adiar o aumento de impostos sobre o consumo e convocar eleições antecipadas – criaram um intenso debate político no país. O problema é simples: como é que as economias envelhecidas podem retomar o crescimento depois de uma crise financeira? Mas a solução não é.
  • Há pouco tempo conheci o presidente irlandês Michael Higgins, com quem partilhei o espaço para um discurso no qual traçou vínculos entre a sua nova "iniciativa de ética" e um livro que escrevi com o meu filho, How Much is Enough? Money and the Good Life. Fiquei impressionado pela sua devoção ao pensamento. De facto, as ideias são uma paixão para o presidente-poeta da Irlanda – e deveriam ser para mais chefes de Estado.
  • É provável que em breve a economia da Índia esteja a andar novamente. O novo governo decidiu reestabelecer a disciplina orçamental e dar energia à burocracia, o que dá alento a esperanças de que melhore a confiança empresarial e se reactive o investimento, particularmente em infra-estruturas. Mas entre as possibilidades de crescimento da Índia oculta-se uma mistura de oportunidades económicas pouco conhecidas, repartidas por diferentes estados, distritos, cidades e inclusive povoações – que as empresas apenas poderão descobrir investigando a fundo.
A Associação Portuguesa de Bancos (APB) anunciou que os bancos nacionais vão proceder ao lançamento da "conta-base". A CGD vai fazê-lo até ao final do mês, enquanto o Crédito Agrícola o fará no arranque de 2015.
dossier Weekend
Maria Belo: É preciso puxar pela paixão das pessoas para que o país exista
Ricardo Salgado "jogou fora o nome da família como se não tivesse descendentes". A carta que José Sócrates escreveu na prisão mostra um lado "mais pulsional, muito diferente daquilo a que estamos habituados nele".
pub

pub

18
Quinta-feira
Dezembro 2014
    Premiar e promover o sucesso das empresas nacionais

    negócios opinião