Conheça a primeira página do Negócios
A primeira página do Negócios, o acesso
ao ePaper
13:05 | Aviação
A companhia aérea, que vai lançar um voo do Porto a partir do dia 6 de Outubro, confirma interesse na privatização da TAP.
10:55 | Bolsa
A bolsa nacional segue com uma perda ligeira de 0,1%, acompanhando a tendência negativa das congéneres europeias. A pressionar o PSI-20 está, sobretudo, o BPI, a energia e o retalho.
10:25 | Bolsa
As acções da Espírito Santo Saúde iniciaram a sessão em queda, depois de a Ángeles ter melhorado a oferta de compra ara 4,50 euros. Mas a tendência já foi invertida e os títulos seguem em alta, a negociar acima dos 4,70 euros.
07:33 | Tecnologias
A empresa liderada por Miguel Almeida reforça presença no segmento empresarial ao comprar a empresa de tecnologias de informação ao seu accionista.
Da borboleta que fazia parte da primeira campanha do Novo Banco, ficam as asas. Representam uma potência matemática, para mostrar que o banco que herdou os activos do BES quer crescer. A nova identidade chega hoje.
21 de Setembro | Finanças Públicas
O primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, garantiu hoje que "não há ninguém no Governo que não esteja a trabalhar firmemente" para a redução da carga fiscal, mas tal só vai suceder se as condições do país o permitirem.
09:25 | Economia
Em entrevista ao Público, o presidente da CCP sustenta que a discussão à volta do aumento do salário mínimo pode ultrapassar os 500 euros que estão sobre a mesa, mas insiste em que a subida apenas deverá acontecer em 2015.
12:49 | Automóvel
A operação junta-se a uma vaga sucessiva de “recalls” que têm marcado a actividade da empresa nos últimos meses. O balanço aponta para 15 milhões de veículos recolhidos só este ano, dizem a BBC e a Time.
A empresa farmacêutica alemã Merck KGaA acordou a compra da norte-americana Sigma-Aldrich Corp por 17 mil milhões de dólares que serão pagos em dinheiro, um negócio que permite à empresa alemã alargar a sua capacidade de investigação e desenvolvimento.
00:01 | Petróleo
A descida do preço do petróleo nos mercados e os descontos oferecidos na compra de combustível estão a baixar o preço do gasóleo nas bombas. Atestar o depósito custa menos 11 euros do que há dois anos.
11:48 | Aviação
A transportadora francesa anunciou que vai suspender os seus planos para desenvolver a sua subsidiária low cost. É a resposta da empresa aos pilotos, que decidiram, neste sábado, prolongar a greve.
12:04 | Desporto
A Generalitat Valenciana, um organismo público, foi responsável pelo pagamento das facturas relativas ao Grande Prémio de Fórmula 1, que se realizou em Valência. Em catering para os convidados VIP, este organismo pagou mais de 191 mil euros.
10:12 | Bolsa
A oferta pública inicial (IPO) da tecnológica chinesa Alibaba tornou-se na maior de sempre, em todo o mundo, ao atingir 25 mil milhões de dólares, isto após a atribuição da opção de compra suplementar dada pelos bancos que conduzem o processo.
11:20 | Autarquias
A agência de notação reviu em alta a perspectiva sobre a cidade do Porto de “negativa” para positiva”, mantendo o rating em “BB+”. A Fitch explica que esta revisão se segue à melhoria da perspectiva sobre Portugal, para o que contribuiu a “dívida moderada” da câmara presidida por Rui Moreira.
PUBLICIDADE
12:42 | Educação
Os empregadores preferem quem estudou algum tempo no estrangeiro, conclui um estudo encomendado pela Comissão Europeia. Bruxelas quer duplicar para 20%, até ao fim da década, a percentagem de estudantes europeus em mobilidade.
11:20 | Política
Pedro Passos Coelho não teve entre Novembro de 1995 e de 1999 qualquer regime de exclusividade enquanto exerceu funções de deputado, garantiu hoje à agência Lusa o gabinete do secretário-geral da Assembleia da República.
Depois da nota de 5 euros ter sido a primeira a ser renovada, chega agora a vez da nota de 10 anos, que entra em circulação esta terça-feira, 23 de Setembro. Conheça aqui a nova nota.
A dívida dos países periféricos ainda tem margem para valorizar, num contexto de "crescimento desapontante" na Europa, acredita Mauro Vittorangeli, responspável pela estratégia de dívida da Allianz Global Investors.
O confronto não é de agora. Mas um mercado touro com mais de cinco anos de existência expõe as divergências. Os touros acreditam que o mercado tem ainda margem para crescer. Os ursos apontam para as quedas que estarão ao virar da esquina. A dúvida mantém-se: quem terá razão?
Sabia que se deixar de movimentar uma conta, mesmo que a julgue encerrada, alguns bancos cobram comissões que podem atingir os 52 euros por trimestre? Conheça os seus direitos e evite situações desagradáveis.
Livros, cadernos, canetas, borracha…e computador. Os portáteis fazem já parte do equipamento escolar basede muitos alunos, mas há que ajustar as escolhas à idade e exigênciada carreira académica.
Editorial
  • Nuno Carregueiro
    A conversa não é nova, mas nunca deixa de ser actual. A Alemanha persiste como o bode expiatório de muitos males. É sempre mais fácil dizer que se algo não corre como previsto é porque a maior economia europeia não está a fazer o que devia. Tem sido assim no passado e voltou a acontecer este fim-de-semana em Cairns, na Austrália.
  • Celso Filipe
    Marinho e Pinto foi um bastonário da Ordem dos Advogados empolgado que conquistou o poder com o apoio dos pequenos advogados e que sempre contou com a hostilidade dos grandes escritórios. Marinho e Pinto foi um bastonário desabrido no falar, de verbo fácil e crítico do estado da Justiça.
  • Celso Filipe
    A fazer fé nas sondagens, cujas projecções já fazem a distribuição dos indecisos, os escoceses vão esta quinta-feira votar contra a independência do país e a sua separação do Reino Unido. O resultado será, ao que tudo indica, tangencial. Assim, 58% dos escoceses irão votar "não" no referendo sobre a independência, enquanto 42% se manifestarão favoráveis a esta opção. Este resultado permite extrair duas conclusões. A primeira é a de que os escoceses estão divididos sobre o seu futuro enquanto país. A segunda é a de que a Escócia já ganhou, apesar do "sim" à independência sair derrotado.
Mais de 45 milhões de turistas estrangeiros visitaram Espanha nos primeiros oito meses do ano. Este valor, além de ser um recorde, representa um crescimento superior a 7% em termos homólogos.
21 de Setembro | Investidor Privado
Numa altura em que os mercados anseiam por dados animadores, a China poderá voltar a desapontar. Isto numa semana em que Draghi irá falar sobre o futuro do euro e os EUA deverão receber o maior IPO de um banco desde 1999.
09:35 | Empresas
A Tesco iniciou uma investigação interna depois de ter percebido que havia erros nos números reportados. A diferença é de cerca de 250 milhões de libras nos resultados do primeiro semestre do ano. As acções já afundaram mais de 11%.
Guy Haselmann, director de Estratégia de Mercados de Capitais do Scotiabank, defende que "os riscos para a estabilidade financeira vêm-se acumulando 'por um período considerável'".
00:01 | Start-ups
Vários fundos de capital de risco estiveram em Lisboa a conhecer start-ups portuguesas. Para as empresas, a obtenção de financiamento não é tudo. O "feedback" é uma das armas mais importantes a obter.
economistas Em colaboração com Project Syndicate
  • No ano passado, a China alcançou aparentemente outro marco na sua ascensão meteórica, ao ultrapassar os Estados Unidos e passar a ser a maior potência comercial do mundo, com as suas receitas comerciais totais avaliadas em 25,83 biliões de yuans (4,16 biliões de dólares). Mas este feito é, em grande medida, ilusório – e não se deve permitir que oculte a necessidade da China de transformar o seu modelo de comércio.
  • Há dois anos, a eleição de Shinzo Abe como primeiro-ministro do Japão levou ao advento do "Abenomics", o plano em três partes para resgatar a economia do lodaçal de estagnação e deflação.
  • Recaída é a regra da pós-crise económica mundial. Nos Estados Unidos, Japão e Europa, o crescimento do PIB fraquejou novamente no primeiro semestre de 2014. Estes contratempos são dificilmente uma coincidência. Este crescimento persistentemente lento por todo o mundo desenvolvido deixou as grandes economias invulgarmente vulneráveis em relação às contrariedades inevitáveis.
  • Itália está mergulhada numa tripla recessão. Mas não chegou lá por si só. Sim, o longo declínio da economia reflecte o fracasso dos líderes italianos em enfrentar a perda de competitividade do país; mas é uma falha amplamente partilhada na Europa.
  • Chegámos ao fim da era da inflação elevada? Quando o mundo cresce de forma lenta, a dívida é elevada e existem tremendas pressões de distribuição é importante saber se a inflação está morta ou simplesmente dormente.
Teodora Cardoso apresentou ontem a sua proposta de reforma do processo orçamental, mas afastou a possibilidade de ser introduzido um limite nominal de défice e dívida na Constituição da República.
00:01 | Energia
A barragem São Manoel, investimento de quase 900 milhões de euros, é o maior projecto que a EDP tem pela frente no Brasil. Em Agosto teve a licença ambiental, que agora um tribunal mandou suspender... em defesa das comunidades índias.
09:20 | Energia
As empresas interessadas na compra dos activos da alemã E.On em Espanha pretendem que a companhia alemã proceda ao encerramento de alguns dos seus activos que, tendo em conta as actuais condições do mercado, poderão não ser financeiramente viáveis.
dossier Weekend
António Simões: Não há um líder que possa liderar sem ter uma inteligência emocional desenvolvida
António Simões é o CEO no Reino Unido do HSBC. Normalmente, quando se fala dele, diz-se que é gay assumido. Como se se revelasse uma característica exótica. António explica, na entrevista, que é mais improvável ter 39 anos e liderar 43 mil pessoas do que ser gay e liderar 43 mil pessoas.
pub
pub

22
Segunda-feira
Setembro 2014

    negócios opinião