Conheça a primeira página do Negócios
A primeira página do Negócios, o acesso
ao ePaper
21:42 | Justiça
Foi determinada a mudança da medida de coacção a José Sócrates. De prisão preventiva para domiciliária. A Procuradoria-Geral da República explica que houve essa alteração porque "se mostra reforçada a consolidação dos indícios". Veja as diferenças entre as duas medidas.
21:14 | Justiça
José Sócrates saiu do Estabelecimento Prisional de Évora para se manter em prisão domiciliária com vigilância policial. Esteve dez meses detido preventivamente.
19:42 | Bolsa
A EDP Renováveis, em comunicação, refere que não “tomou ainda uma decisão sobre a potencial admissão à negociação de uma YieldCo”. O documento surge depois de o El Confidencial ter avançado que a empresa estaria a criar uma nova filial, com entrada na bolsa espanhola em Outubro.
A empresa que recuperava créditos, criada para sanear os bancos nacionalizados em 1982, foi vendida. O comprador é a Isegoria, ligada à mediação imobiliária. O valor do negócio não é revelado.
O "emagrecimento" do Barclays em Portugal já teve lugar nos últimos anos, pelo que os sindicatos receberam a indicação de que não deverá haver rescisões após a compra pelo Bankinter. O acordo colectivo de trabalho da banca continua a abrangê-los.
16:32 | Aviação
Fernando Pinto avisa trabalhadores que as condições especiais que têm vigorado na empresa no que respeita a situações de pré-reforma  e de reforma antecipada vão terminar na data em que se concretizar a privatização.
19:34 | Europa
Impossibilitados de prosseguirem viagem de comboio até à Europa Ocidental, centenas de refugiados deixaram esta sexta-feira a capital húngara, Budapeste, para iniciarem um percurso de quase 200 quilómetros a pé até à fronteira com a Áustria.
21:39 | Bolsa
As principais bolsas norte-americanas encerraram em terreno negativo, na expectativa de uma maior clareza relativamente à data em que a Reserva Federal decidirá começar a subir as taxas de juro.
18:32 | Bolsa
Foi uma semana negativa para o principal índice nacional, sendo esta a sétima semana consecutiva de quedas. A cotada que mais recuou no acumulado dos últimos cinco dias foi o Banif. Do lado oposto estiveram os CTT, a avançar menos de 1%.
As principais bolsas europeias caíram mais de 2% na última sessão da semana, corrigindo dos ganhos do dia anterior. O petróleo está a desvalorizar 1% em Londres e o euro cai ligeiramente face ao dólar.
20:25 | Obrigações
A agência de notação financeira ARC Ratings manteve o 'rating' de Portugal em 'BBB-' e reafirmou a perspectiva estável, devido à estabilidade política, a uma recuperação económica apoiada nas exportações e a uma "gestão proactiva da dívida".
O diploma final que será votado pelo Parlamento da Polónia, e que irá afectar o BCP, prevê que 50% dos custos com a conversação de créditos em francos suíços recaiam sobre os bancos. Um valor mais baixo do que os 90% que a câmara baixa queria.
16:42 | Comércio
A segunda zona de desenvolvimento da cadeia de retalho alimentar da JM na Colômbia já começou, com sete unidades. Esta sexta-feira foi inaugurada a centésima loja Ara na Colômbia.
09:46 | Política
O departamento de análise económica do BBVA prevê agora um crescimento de 1,7%, contra os 2% anteriormente estimados e junta-se à UTAO ao indicar que Portugal deverá falhar a meta do défice.
PUBLICIDADE
Editorial
  • Helena Garrido
    Mais dinheiro, agora para combater a tempestade chinesa. O BCE prometeu comprar mais dívida pública aos Estados do euro, na perspectiva de assim conseguir evitar que a recuperação europeia seja de novo adiada, desta vez pelos ventos que vêm da China. Bastou Draghi falar. O euro afundou, as bolsas festejaram e o petróleo subiu. Se os Estados Unidos estiverem a resistir, tudo pode seguir o que estava planeado e a Fed aumentará as taxas de juro. Ajudando ainda mais a Zona Euro.
  • André Veríssimo
    Há a Alemanha dos neonazis que atacam campos de refugiados indefesos. Do Pegida, o partido anti-islâmico, que organiza manifestações xenófobas. E há a Alemanha das faixas e cartazes a dar as boas-vindas aos refugiados, exibidas durante jogos de futebol da Bundesliga. Dos donativos muito para lá do necessário dos cidadãos de Munique.
  • Helena Garrido
    O processo de venda do Novo Banco sofreu a primeira derrota. As negociações com os chineses da seguradora Anbang fracassaram. Entra na corrida a Fosun, o grupo chinês que melhor conhecemos. Há males que podem vir por bem. Mas vale a pena revisitar a ainda pequena história deste processo de venda, inusitadamente opaco, mas já com algumas perguntas sem resposta.
16:11 | Transportes
A Infraestruturas de Portugal registou 208 mil adesões ao sistema Easytoll nos três meses de Verão. As portagens pagas por condutores de veículos de matrícula estrangeira aumentou mais de 20%.
16:09 | Research
Os analistas do BPI subiram a avaliação das acções dos CTT para 10,60 euros, atribuindo uma recomendação de “compra convicta”. A nova recomendação e preço-alvo reflectem a revisão em alta das estimativas para 2015.
economistas Em colaboração com Project Syndicate
  • A austeridade orçamental, no Reino Unido, tornou-se de tal forma num instrumento de sabedoria convencional, que quem, na opinião pública, ousar desafia-la é imediatamente classificado de perigoso esquerdista.
  • Os esforços do governo chinês para conter a recente volatilidade do mercado de acções – as mais recentes medidas proíbem vendas a descoberto e vendas pelos principais accionistas – prejudicaram gravemente a sua credibilidade. Mas os fracassos da política da China não são uma surpresa. Os responsáveis políticos chineses não são os primeiros a gerir mal os mercados financeiros, a moeda e o comércio.
  • O Buda, Sidarta Gautama, não representou nenhum elo ao ódio religioso ou animosidade racial. E ainda assim o chauvinismo budista ameaça agora o processo democrático, tanto em Myanmar (Birmânia) como no Sri Lanka.
  • A 1 de Agosto, o Exército Popular de Libertação da China (EPL) celebrou o seu 88.º aniversário. Mas os 2,3 milhões de soldados do país têm pouco de comemorar. Na véspera do aniversário, o ex-general superior do EPL, Guo Boxiong, foi expulso do Partido Comunista sem cerimónias e entregue aos procuradores militares para enfrentar acusações de corrupção, incluindo alegações de que terá aceite elevados subornos de colegas oficiais do EPL em troca de promoções. E Guo não será o último oficial do EPL a enfrentar tais acusações.
  • As eleições parlamentares do Sri Lanka este mês prometem moldar não só o futuro político do país, mas também a situação geopolítica na região do Oceano Índico, um centro global de fluxos de comércio e de energia, que é responsável por metade do tráfego mundial de contentores e 70% dos embarques de petróleo.
18:21 | Bolsa
O Norges Bank reduziu a posição que tinha na Sonae para menos de 2%. A operação foi realizada a 31 de Agosto e o banco central norueguês deixou assim de ter uma participação qualificada na retalhista.
08:58 | Obrigações
A Energias de Portugal (EDP) contratou o Deutsche Bank e o UBS para coordenarem uma emissão de dívida híbrida em euros, juntamente com outros cinco bancos. O "road show" deverá começar a 7 de Setembro, avança a Bloomberg.
pub

 

pub

4
Sexta-feira
Setembro 2015