Conheça a primeira página do Negócios
A primeira página do Negócios, o acesso
ao ePaper
Créditos a grandes clientes estão a penalizar o Novo Banco e terão sido um dos temas a ensombrar negociações de venda. Só no primeiro semestre, a instituição perdeu 103 milhões devido a juros registados indevidamente.
31 de Agosto | Banca & Finanças
“Não estão reunidas as condições necessárias” à divulgação dos resultados do BES relativos ao primeiro semestre deste ano, acaba de justificar a instituição em comunicado. O banco liderado por Luís Máximo dos Santos recorda que ainda está em curso a preparação das contas do final de 2014.
09:14 | Bolsa
A bolsa nacional já acentuou a tendência de queda, recuando agora mais de 2%, e acompanhando o sentimento que impera no resto da Europa. Na praça portuguesa o sector da banca e o grupo EDP estão a cair mais de 2%, pressionado o índice.
09:37 | Bolsa
As bolsas europeias continuam a cair, estendendo as perdas registas em Agosto. Os receios em torno da evolução da economia chinesa, que agravaram-se depois de o índice PMI ter caído em Agosto, continua a penalizar as praças do Velho Continente.
Os preços do petróleo estão a cair nos mercados internacionais face às previsões de um aumento da oferta, às dúvidas sobre um acordo entre os produtores de petróleo e ao receio de uma diminuição da procura no mercado chinês, onde a actividade industrial registou a maior contracção em três anos.
Vem aí um plano estratégico no Montepio, que passará por corte nos custos. A nova gestão quer apostar na independência face ao actual dono, a Mutualista, e um dos passos que pode ser dado é, precisamente, a procura de outros accionistas.
Os accionistas da Oi vão decidir esta terça-feira se aprovam a nova reorganização societária da empresa bem como os nomes para o novo conselho de administração da operadora, da qual a Pharol tem 27,5%. A lista para o "board" conta com nove administradores da ex-PT SGPS, entre os quais Rafael Mora e Nuno Vasconcellos.
Bava, Granadeiro, Pacheco de Melo e Morais Pires são os nomes dos ex-gestores que a Pharol vai processar. O número pode aumentar para cinco, caso na reunião que vai decorrer esta semana decidam incluir Joaquim Goes.
01:29 | Empresas
A Pharol fechou o primeiro semestre com prejuízos de 14,2 milhões de euros, um valor que compara com as perdas de 66,9 milhões de euros registadas no mesmo período de 2014 e para o qual contribuiu a desvalorização do real.
A Altice confirmou a nomeação de Michel Combes para chief operating officer do grupo e chairman da Numericable-SFR. Patrick Drahi, fundador do grupo que comprou a PT Portugal, sublinha que “o grupo vai continuar a atrair talentos para ajudar a gerir a rápida expansão na Europa e América”.
10:33 | Conjuntura
O sector produtivo da Zona Euro continua a crescer, porém, em Agosto registou um ligeiro abrandamento no ritmo de expansão. A última leitura do índice PMI para a indústria é de 52,3 pontos quando a leitura preliminar e os dados de Julho apontavam para os 52,4 pontos.
As bolsas europeias estão a negociar em terreno negativo, tal como aconteceu na Ásia, penalizadas pelos dados económicos da China. O petróleo está também a perder terreno. O euro segue, por outro lado, em alta.
00:01 | Petróleo
Após as fortes quedas dos preços na última semana, os preços dos combustíveis caíram no arranque da semana. A gasolina desceu mais, mas é o "diesel" que está novamente perto de um euro nos posto das grandes superfícies comerciais.
A Eni acelerou perante a descoberta mas foram as acções egípcias que mais brilharam com a maior jazida no Mar Mediterrâneo.
07:00 | Bolsa
A corretora holandesa lançou uma plataforma de negociação de acções sem custos para os investidores.
07:44 | Ásia
O índice que mede a actividade do sector industrial da China voltou a recuar em Agosto, atingindo mesmo o nível mais baixo dos últimos três anos. O valor do indicador revela ainda que este sector entrou em contracção.
PUBLICIDADE
Editorial
  • Helena Garrido
    Ter um banco, hoje, é ter um problema. Tanto maior quanto mais condicionada estiver a sua gestão, seja por falta de dinheiro ou por ausência de poder. Privatizar o Novo Banco o mais depressa possível era uma urgência em qualquer conjuntura, como o demonstrou o BPN. É prioridade máxima num tempo de taxas de juro zero e carradas de regras novas e mais exigentes.
  • André Veríssimo
    Migrantes ou refugiados? A gente que atravessa o Mediterrâneo parece toda igual no desespero. Só essa condição leva um ser humano a sujeitar-se a tão arriscada e desumana travessia. Mas a escolha de palavras foi alvo de um comunicado do Alto Comissariado da ONU para os Refugiados.
  • Helena Garrido
    Angola e China em crise, ao mesmo tempo. Pior é sempre possível. Para Portugal é uma tempestade quase perfeita que coloca algumas empresas e pessoas perante a inevitabilidade de se virarem de novo para outros mercados ou investidores.
31 de Agosto | Bolsa
O governo chinês decidiu terminar o programa de compra de acções em grande escala e reforçar as investigações e acusações dos responsáveis por práticas que desestabilizam o mercado, revelam fontes oficiais citadas pelo FT.
00:01 | Economia
Taxa de desemprego está a descer há seis meses, de acordo com a estimativa provisória divulgada esta segunda-feira pelo INE. Julho será também o sexto mês de subida do emprego, que recupera agora para o nível mais alto em mais de três anos.
31 de Agosto | Conjuntura
Procura interna dá o maior contributo para o crescimento do PIB em cinco anos. Ao mesmo tempo importações ultrapassam pico de 2008 e, nos últimos 15 anos, só por três vezes se verificou um contributo tão negativo da procura externa líquida.
economistas Em colaboração com Project Syndicate
  • As eleições parlamentares do Sri Lanka este mês prometem moldar não só o futuro político do país, mas também a situação geopolítica na região do Oceano Índico, um centro global de fluxos de comércio e de energia, que é responsável por metade do tráfego mundial de contentores e 70% dos embarques de petróleo.
  • Nos últimos anos, o número de turistas que visitam o Japão tem vindo a aumentar rapidamente, atingindo um recorde de 13,4 milhões no ano passado, uma subida de 29% face a 2013.
  • Quando os responsáveis pelas políticas financeiras tentam promover o crescimento económico, quase invariavelmente centram-se na busca de novas formas de libertar capital. Mas apesar de esta abordagem poder ter resultado no passado, existe o risco de que não se preste a devida atenção ao papel desempenhado pelo talento na altura de gerar e concretizar ideias que tornam possível o crescimento.
  • Os responsáveis políticos europeus gostam de dar lições ao resto do mundo sobre a poluição atmosférica. A Ásia, e a China em particular, é o alvo preferido para as críticas.
  • Um tema persistente – na verdade, o fio condutor – da forma como os líderes alemães discutem a Zona Euro é a sua insistência na importância de seguir as regras.
O programa de compra de activos do BCE determinou a quebra dos juros da periferia. A descida dos custos de financiamento do País está a reflectir-se na dívida das cotadas. O juro médio pago pelas empresas do PSI-20 caiu para mínimos de 2010.
31 de Agosto | Bolsa
Os principais mercados accionistas dos EUA fecharam a última sessão de Agosto em baixa, com o Standard & Poor’s 500 a registar o pior desempenho mensal desde há mais de três anos e o Dow Jones desde há mais de cinco anos.
00:01 | Construção
A actividade do grupo em Angola caiu no primeiro semestre 29%, mas a rentabilidade deste mercado está a aumentar porque, com a crise que o país atravessa, a concorrência tem vindo a diminuir.
dossier Weekend
Será que somos realmente livres de dizer o que pensamos?
Cristina Branco, Tatiana Salem Levy, João Luís Barreto Guimarães e Matilde Campilho. Uma cantora, uma escritora, um cirurgião-poeta e uma poeta. Quatro personalidades falam sobre o presente e o futuro do país.
pub

 

pub

1
Terça-feira
Setembro 2015