André  Veríssimo
Editorial As desculpas que António Costa não pediu 11:43 André Veríssimo 92
O discurso de ontem foi o mais duro que se ouviu do Presidente desde que tomou posse. Um bom discurso, institucionalmente irrepreensível, certo no tom e nas prioridades. O discurso que o primeiro-ministro podia, pelo menos em parte, ter feito e não fez. Pediu as desculpas que gostaríamos de ter ouvido António Costa pedir. Teve a “humildade cívica” que o primeiro-ministro não demonstrou.
Rui  Peres Jorge
Opinião Costa precisa de um plano de resgate para áreas ardidas (e com folga de Bruxelas) 14:55 Rui Peres Jorge 25
O OE passa ao lado da catástrofe, mas ainda há tempo para emendar o erro. Do Governo e de Bruxelas não se espera menos que um plano de emergência para recuperação das áreas ardidas. Afinal, se tivemos tantos milhares de milhões para resgatar bancos, será com certeza possível encontrar umas centenas de milhões para resgatar as regiões afectadas por um desastre desta dimensão.
Luís Pais Antunes
Opinião A falta de vergonha devia pagar imposto 17.10.2017 Luís Pais Antunes 33
Aparentemente ninguém antecipava uma tragédia como aquela que ocorreu em Pedrógão, fez ontem exatamente quatro meses. Disse-se então tudo e o seu contrário, prometeram-se análises, relatórios e uma completa identificação dos responsáveis.
Francisco Mendes da Silva
Opinião Sócrates contra Sócrates 17.10.2017 Francisco Mendes da Silva
A mediatização do processo também é uma oportunidade para Sócrates, que no "julgamento na praça pública" tem uma possibilidade de acesso ao sistema mediático, para nele exercer a sua defesa e influenciar a opinião pública.
Negócios TV
Incêndios: Primeiro-ministro pede desculpas, depois de desafiado pelo PSD
O primeiro-ministro, António Costa, pediu hoje desculpas pelas consequências dos incêndios, depois de desafiado pelo PSD, mas disse que utiliza a palavra "desculpas" na qualidade de cidadão, já que como chefe do Governo prefere assumir responsabilidades.
Ver mais
pub
pub
Pub
Pub
Pub
pub
Hoje nas bancas
18 de Outubro de 2017 Leia o Negócios em versão ePaper

A primeira página do Negócios e o acesso ao ePaper do seu jornal.