C-Studio Soluções inovadoras para investir ganham força com juros baixos
C-Studio i
C- Studio é a marca que representa a área de Conteúdos Patrocinados do Universo
É o local onde as marcas podem contar as suas histórias e experiências.

Soluções inovadoras para investir ganham força com juros baixos

Os tradicionais produtos bolsistas podem ser tentadores para rentabilizar poupanças. Mas, por vezes, são algo estranhos e arriscados para os investidores menos experimentados. Emprestar dinheiro em plataformas de crowdlending surge como uma oportunidade.
Soluções inovadoras para investir ganham força com juros baixos

Paciência e incerteza. As duas palavras que alicerçaram a intervenção de Mario Draghi, no Fórum do Banco Central Europeu, recentemente realizado em Sintra, geraram uma garantia: as taxas de juro de referência na Zona Euro vão manter-se sem aumentos até ao Verão de 2019.

As perspectivas para quem pretende rentabilizar as suas poupanças através de depósitos a prazo são assim pouco animadoras. E somando a isso alguma desaceleração actual do crescimento económico, aumeta a necessidade de capital para as empresas impulsionarem a sua actividade.

Sucede que, para muitas empresas, especialmente para as mais jovens e mais arrojadas, as soluções tradicionais de crédito esbarram muitas vezes nas reticências da banca. Daí que os sistemas de crowdfunding sejam hoje encarados como boas oportunidades de financiamento.

Do outro lado, cresce o interesse dos investidores nas plataformas de "crowdlending" (empréstimos P2P ou peer-to-peer), na prática o empréstimo colectivo de fundos a indivíduos ou a pequenos negócios, através de plataformas online, criadas e geridas para esse efeito, que oferecem taxas de rentabilidade superiores às de diversos métodos tradicionais de investimento. É o caso da Bondora, que regista uma média de ganhos muito atrativa.

 

Oportunidades "peer-to-peer"

Criada há pouco mais de dez anos, na Estónia, a Bondora assume papel de destaque ao nível das plataformas de crowdlending, assentes na ideia dos empréstimos "peer-to-peer", ou seja, "par a par" ou P2P. Na prática, conecta os investidores e os tomadores de empréstimos, normalmente pequenas empresas dinâmicas ou indivíduos que precisam de crédito pessoal.

Apesar de só emitir empréstimos para os mercados da Estónia, Finlândia e Espanha, a empresa, que é auditada pela consultora PricewaterhouseCoopers, recebe investimentos de toda parte. Tem utilizadores de mais de 80 países, incluindo Portugal, onde mais de 450 pessoas já confiaram as suas poupanças à plataforma.

Por todo o mundo, a empresa tem mais de 36 mil investidores que já aplicaram 132 milhões de euros e receberam 18 milhões de euros de rendimentos. E o interesse pela plataforma de crowdlending continua a crescer, seja pela simplicidade de utilização da aplicação através da página online, seja pelos baixos riscos associados à capitalização do dinheiro.

O registo na plataforma Bondora é gratuito, exige o valor mínimo de um euro para investir e não obriga o utilizador a ter ou usar cartões de crédito. Depois, oferece várias modalidades de aplicação do dinheiro, com a ideia subjacente de se minimizar o risco com a diversificação dos destinatários, já que, por exemplo, um investimento de 1.000 euros pode ser repartido em fatias de cinco euros para 200 empréstimos diferentes.

 

Solução Go & Grow facilita o investimento

O investidor que aplica dinheiro na Bondora pode seleccionar os empréstimos que quer fazer e o valor que lhes concede, tal como pode utilizar ferramentas automatizadas que gerem e distribuem os seus investimentos.

Desde este mês de Junho, a plataforma disponibilizou uma nova modalidade para os utilizadores, o Go & Grow, que funciona de forma automatizada aplicando os investimentos num portefólio de empréstimos e uma taxa de rentabilidade de até 6,75%* ao ano.

Como em qualquer investimento, o capital corre algum risco, sem garantias totais de reembolso. O rendimento da solução Go & Grow é de até 6,75%* ao ano, mas os investidores são aconselhados, antes de aplicar o seu dinheiro, a ler a declaração de risco da Bondora ou a aconselhar-se com os seus assistentes financeiros.

A modalidade Go & Grow, além de proporcionar um rendimento que pode ser superior ao de diversos métodos tradicionais de aplicação de fundos, não tem prazo ou investimento mínimo e permite solicitar a retirada do capital a qualquer momento, pagando-se uma taxa de apenas um euro.

 

O "Go & Grow" da Bondora

Ao criar o Go & Grow, a Bondora pretendeu facilitar ainda mais os processos aos investidores, mesmo aos menos conhecedores de mecanismos financeiros, que simplesmente se limitam a adicionar o dinheiro na conta, sendo os investimentos efectuados automaticamente através dos algoritmos específicos da Bondora.

Acresce que, além da aplicação dos fundos de forma profissional, o investidor comum usufrui de uma rápida liquidez do investimento feito, por poder solicitar a retirada do capital investido e dos ganhos a qualquer momento. A solução torna-se assim adequada para quem pretende aplicar dinheiro a longo prazo, mas deseja ter a possibilidade de o resgatar em face a uma eventualidade.

Além desta nova modalidade, o utilizador da Bondora pode também escolher por si quais os empréstimos que pretende fazer ou criar um perfil de investimentos, através da modalidade Portfolio Pro, a qual permite à plataforma, de forma automática, diversificar o dinheiro por vários empréstimos, diminuindo os riscos, de forma a alcançar o retorno que foi definido como meta.

Por último, é de realçar que a plataforma Bondora permite também aos que investem em empréstimos P2P revendê-los no mercado secundário, sem que sejam cobradas taxas por tal.

 

*Como em qualquer investimento, o seu capital está em risco e os investimentos não são garantidos. O rendimento é de até 6,75% ao ano. Antes de decidir investir, consulte por favor a declaração de risco da Bondora ou entre em contato com o seu assistente financeiro

**Este artigo foi criado em colaboração com a Bondora.

Partilhar