Conheça a primeira página do Negócios
A primeira página do Negócios, o acesso
ao ePaper
O gestor que ficou responsável pelo ES Bankers (Dubai) diz que "o banco já não é capaz de cumprir as suas obrigações". Já há responsáveis para uma liquidação provisória. A 19 de Outubro, decide-se se o ES Bankers é dissolvido.
16:33 | Mercados
A Agência de Gestão da Tesouraria e da Dívida Pública (IGCP) anunciou o programa de financiamento para o último trimestre do ano. Prevê a realização de um a dois leilões de obrigações do Tesouro (OT). No total, espera arrecadar até 5 mil milhões de euros.
16:48 | Bolsa
O principal índice da praça de Lisboa encerrou a sessão em terreno negativo, pressionado pelos títulos da Jerónimo Martins, Mota-Engil e BPI. O vermelho foi também a cor que dominou os restantes índices do Velho Continente.
Recomendações da instituição liderada por Christine Lagarde estão em linha com o que já está a ser feito na Europa.
13:28 | Justiça
Três anos depois, o DCIAP conclui que a S&P, Fitch e Moody’s não cometeram crimes de manipulação de mercado ou de abuso de informação privilegiada que impeçam o arquivamento do processo.
O Secretário de Estado do Orçamento reconhece que receita está a dar um contributo superior ao da despesa para a redução do défice, mas sublinha que as contas públicas estão sob controlo.
15:27 | Conjuntura
O crescimento da Zona Euro foi revisto em baixa para os 0,7%. A tensão no Leste da Ucrânia, deflação, consumo baixo, e França e Itália são riscos para a região da moeda única.
11:06 | Automóvel
A Comissão Europeia revelou ter aberto uma investigação aprofundada às ajudas estatais concedidas por Portugal à Autoeuropa. Em causa estão 36,15 milhões de euros. Este procedimento é obrigatório devido ao montante do investimento e da quota de mercado da empresa superar os 25%.
13:01 | Empresas
O ministro do Ambiente, Jorge Moreira da Silva, revelou esta quarta-feira, após a apresentação da reestruturação do sector da água, que as alterações previstas na Águas de Portugal se traduzirão, em termos líquidos, até 2025 na eliminação de 238 postos de trabalho.
15:12 | Empresas
A SDC, antiga Soares da Costa, vendeu a participação que detinha na Indáqua SA e em participadas desta última a uma empresa alemã, tendo o negócio sido realizado por 29,41 milhões de euros.
12:51 | Europa
Taxas de juro das obrigações dos países periféricos estão em queda no dia em que a Alemanha financiou-se pela primeira vez na história com uma taxa abaixo de 1%.
14:51 | Bolsa
As quedas dos últimos meses e as reformas feitas à economia portuguesa fazem com que haja "boas oportunidades" na Bolsa de Lisboa, defende Miguel Corte-Real, director de investimento da Fidelity. E há sinais de que o mercado de capitais português funciona.
14:48 | Bolsa
A possibilidade de a UE adoptar novas sanções económicas contra a Rússia está a pressionar as principais praças norte-americanas. Dados conhecidos esta manhã mostram que o sector privado norte-americano contratou 213 mil trabalhadores em Setembro.
13:47 | Aviação
O presidente da TAP, Fernando Pinto, afirmou hoje no parlamento que já apresentou ao Governo "três ou quatro interessados" na privatização, adiantando que a sua missão à frente da companhia aérea ficará concluída com a sua venda.
14:23 | Economia
"Qualquer aumento do salário mínimo é um aumento que está para ficar. Fundamental é ligarmos sempre actualizações futuras do salário mínimo à produtividade do país", disse o ministro.
PUBLICIDADE
Peritos do IRS recomendam ao Governo que as facturas com despesas de saúde e educação passem a conceder o mesmo benefício fiscal que as despesas de cabeleireiros e restaurantes.
No espaço de dois meses nasceram novos argumentos para que se baixe a sobretaxa de IRS, dizem os peritos do IRS no relatório final que fizeram chegar ao Governo.
13:30 | Justiça
O bloqueio do Citius está agravar os problemas de tesouraria, refere o presidente da CCP. Em causa estão os atrasos nas decisões sobre processos de dívida, litígios contratuais ou insolvências.
11:13 | LEX
As dificuldades continuam, enquanto o Ministério da Justiça avança que "está já preparado um projecto legislativo para salvaguardar eventuais problemas decorrentes dos transtornos gerados".
13:41 | Start-ups
Dois projectos lusos chegaram à fase final dos prémios europeus de promoção empresarial. A final realiza-se esta quinta-feira na cidade italiana de Nápoles. No âmbito nacional destes prémios, entidades com a Beta-i e a PortugalFoods lideram nas suas categorias.
08:00 | Economia
A larga maioria dos pensionistas de velhice da Segurança Social tem reformas inferiores ao salário mínimo nacional, numa altura em que o número de pessoas com 65 ou mais anos já supera os dois milhões. Esta quarta-feira, 1 de Outubro, celebra-se o Dia Internacional do Idoso.
A quatro dias da primeira volta das presidenciais brasileiras, a única (quase) certeza é que a derradeira escolha se fará entre duas mulheres que disputam o eleitorado "lulista". Em recessão e com a inflação de volta, mercados tremem.
00:01 | Empresas
Para vários gestores que têm no Brasil uma alavanca da expansão das suas empresas, o desfecho das presidenciais não só não põe em risco os seus negócios, como até pode acelerar as reformas do país e relançar o crescimento.
Editorial
  • Helena Garrido
    As contas públicas estão muito longe do equilíbrio. Esta é a grande lição a tirar dos números que foram publicados pelo Instituto Nacional de Estatística.
  • Celso Filipe
    António Costa ganhou as eleições primárias no PS porque António José Seguro foi incapaz de se afirmar como líder do partido. Seguro praticou a arte do "nim". Nem aproveitou a possibilidade de fazer um pacto de regime, em Julho de 2013, criada pela crise governativa que Paulo Portas desencadeou com a sua demissão "irrevogável", nem descolou dos históricos do partido que lhe exigiam uma oposição mais efectiva. O estado intermédio de António José Seguro foi a passadeira vermelha que António Costa percorreu para chegar ao poder.
  • Celso Filipe
    A China é comunista. Este estereótipo tem sido decisivo para a China se afirmar como potência. Os próprios dirigentes do país alimentam este equívoco em seu proveito, especialmente desde a crise financeira de 2008.
13:32 | PME
O programa "Internacionalizar em parceria" vai apoiar a MM Metálica na criação de uma fábrica em Angola. Até ao fim do ano, os promotores acreditam que mais dois projectos possam avançar para Moçambique e México.
12:41 | Bolsa
Durante a negociação desta quarta-feira, foram canceladas ordens em acções de 42 empresas, o que totalizou 67,78 biliões de ienes (487,6 mil milhões de euros), ou o equivalente à dimensão da economia sueca.
07:37 | Conjuntura
O Governo italiano apresentou novas previsões económicas, reduzindo de forma significativa as suas estimativas. Para este ano, os dados apontam agora para uma nova contracção económica.
30 de Setembro | Economia
A Unidade Técnica de Apoio Orçamental (UTAO) criticou o Governo por usar o aumento da receita fiscal para suportar despesas públicas que não estavam previstas, defendendo que devia ser aplicado na diminuição no défice e na dívida.
A comissão agora constituída terá entre outras funções, apurar as práticas da anterior gestão do BES, o papel dos auditores externos, as relações entre o BES e o conjunto de entidades integrantes do universo GES.
11:21 | LEX
Investir e financiar centros comerciais também tem uma envolvente jurídica. Os advogados que trabalham nesta indústria a nível europeu juntam-se esta quarta-feira em Londres e entre eles estará o português Joaquim Pereira Mendes.
economistas Em colaboração com Project Syndicate
  • Com a queda do Muro de Berlim, que teve lugar há 25 anos [caiu a 9 de Novembro de 1989], os especialistas liderados por Francis Fukuyama proclamaram o fim da história – o triunfo do capitalismo democrático sobre os sistemas rivais. O sucesso económico dos Estados Unidos da América e o colapso do comunismo alimentaram a narrativa. O longo confronto político, intelectual e por vezes militar que conhecíamos como Guerra Fria tinha terminado.
  • A estratégia de coesão da UE é admirável e inteligente. No passado, esse investimento estava muito centrado nas infra-estruturas físicas – particularmente transportes – mas a agenda focalizou-o num conjunto mais equilibrado de objectivos, incluindo os relativos ao capital humano, ao emprego, à economia baseada no conhecimento e tecnologia, à tecnologia de informação, ao crescimento com menores emissões de carbono e à gestão idónea dos assuntos públicos.
  • A crescente facilidade com que as pessoas podem trocar bens, serviços e mão-de-obra directamente, através de plataformas online, está a transformar a forma como as economias modernas funcionam. Mas para assegurar que esta ascendente "economia partilhada" funcione de forma eficiente e melhore a situação de todos é necessária alguma regulação.
  • É altura de os Estados Unidos e outras potências deixarem que o Médio Oriente se governe sozinho, em linha com a soberania nacional e com a Carta das Nações Unidas.
  • Nos últimos 65 anos o rápido crescimento comercial desempenhou um papel vital no desenvolvimento económico, com uma descida acentuada média das tarifas industriais nas economias avançadas de mais de 30% para menos de 5%.
08:50 | Conjuntura
O orçamento apresentado pelo Governo francês volta a adiar a convergência das suas contas públicas com as regras europeias previstas no Pacto de Estabilidade e Crescimento. Assim, ainda não será em 2015 que a França registará um défice, face ao PIB, inferior a 3%, objectivo agora adiado para 2017. Todavia, o Governo recusa-se a aplicar novas medidas de austeridade.
07:27 | Energia
A EDP Renováveis acordou a venda de 49% do capital de um portfólio de parques eólicos em França. A empresa liderada por Manso Neto encaixa 160 milhões com esta operação.
dossier Weekend
João Botelho: Está-nos na massa do sangue sofrer por uma coisa qualquer
João Botelho marca encontro numa esplanada do Príncipe Real. Gosta da cidade, do cheiro dos automóveis. Da agitação. Procura-a. "Dois dias no Alentejo e ao terceiro dia começo a flipar. Aquele silêncio, aquele céu e um gajo sente-se tão pequenino, tão ridículo". Os Maias e a sua grandeza são um pretexto para falar de Portugal, do cinema e de si.
pub
pub

1
Quarta-feira
Outubro 2014

    negócios opinião