Conheça a primeira página do Negócios
A primeira página do Negócios, o acesso
ao ePaper
O governador do Banco de Portugal e a administração do Novo Banco estiveram reunidos na terça-feira. Nesse encontro, Carlos Costa pediu à gestão do banco que elabore um plano para encontrar investidores disponíveis para constituir uma "estrutura accionista estável e comprometida" com o desenvolvimento sustentável do Novo Banco.
11:33 | Bolsa
A bolsa nacional já acentuou a tendência de ganhos e segue a valorizar mais de 1%, a beneficiar da subida superior a 7% da Portugal Telecom e superior a 4,5% do BCP.
Os juros da dívida pública portuguesa estão a cair em todos os prazos. A dez anos, as “yields” estão novamente abaixo dos 3%. Este alívio estende-se também a outros países periféricos.
09:19 | Bolsa
A Oi revelou que está a preparar uma oferta pela posição da italiana na rival brasileira Tim. As notícias estão a impulsionar as acções da Portugal Telecom, que detém uma participação na Oi. A Telecom Itália também está a subir em bolsa.
As acções da Espírito Santo Saúde adquiridas pelo Grupo Ángeles após o anúncio da OPA também estão a ser investigadas pela Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), apurou o Negócios. Compras antes e depois do anúncio preliminar podem estar relacionadas. Em causa está possibilidade de ter existido abuso de informação privilegiada.
A CMVM obrigou a PT a complementar o relatório de 2013. A PT fê-lo, mas diz que só os factos subsequentes é que tornaram a informação relevante. A CMVM pode, ainda, avançar com um processo de contra-ordenação.
00:01 | Mercados
Com o BCE a acenar com a compra de activos, injectando dinheiro no mercado, as taxas afundaram. A queda das Euribor vai permitir às famílias uma redução dos encargos com o crédito, já. E há margem para mais descidas, mas ligeiras.
10:51 | Conjuntura
Os conflitos geopolíticos e as potenciais consequências para a economia alemã estão a deixar mais pessimistas os consumidores germânicos. O sentimento de confiança caiu pela primeira vez desde Janeiro de 2013.
11:50 | Europa
Pier Carlo Padoan assumiu que Itália não irá crescer o que o Governo tinha inicialmente antecipado e revelou ainda estar “em perfeita sintonia” com Mario Draghi. Padoan defende que a Europa aposte em “reformas estruturais e numa consolidação orçamental que sejam ‘amigas do crescimento'”.
11:36 | Aviação
A companhia aérea irlandesa já anunciou que vai apresentar uma proposta para comprar a Cyprus Airways até sexta-feira. O Governo cipriota espera receber cerca de 15 ofertas e vai decidir até ao início de Outubro.
O grupo retirou "private banking" e gestão de participações do banco de investimento e concentrou tudo na casa-mãe. Nova arrumação do BPI simplifica estruturas e permite reduzir custos. Para os clientes nada muda.
00:01 | Mercados
A forte queda das taxas de juro de mercado vai ditar uma descida na rendibilidade deste produto de poupança. A taxa recua para níveis registados no arranque do ano passado, mas continua acima dos 3%.
PUBLICIDADE
11:45 | Verão
Está com vontade de ir apanhar uma onda mas está sozinho? Com a Surf Stoke pode escolher o seu "spot" com base no estado do tempo e nos relatórios das pessoas que estão no mar. Com companhia e descontos em lojas da modalidade.
10:43 | Justiça
A actual secretária-geral do FMI está sob investigação formal da justiça francesa devido ao alegado favorecimento do empresário Bernard Tapie, em 2008. As suspeitas que recaem sobre a responsável são de "negligência".
00:01 | Autarquias
Autarcas que recebam empréstimo terão de cortar horas extra e ponderar rescisões amigáveis. Já os munícipes vão ter o IMI no máximo, além de as autarquias estarem obrigadas a lançar novas taxas e a ficar com o IRS.
09:45 | Conjuntura
O Orçamento rectificativo deverá conter uma ligeira revisão em baixa da estimativa de crescimento e uma melhoria significativa da previsão para a taxa de desemprego, revela o Observador.
Editorial
  • Helena Garrido
    A combinação europeia de políticas económicas está errada e os resultados começam a estar à vista. A ameaça de deflação, a mais grave das crises, reforça-se e começamos a assistir à formação de uma bolha financeira. Infelizmente para todos nós, a correcção das políticas parece impossível. Está a esbarrar com as diferenças de valores entre os países, um fosso que se vai cavando e pode acabar com a mais importante construção política do último século.
  • Helena Garrido
    Gosta de pagar impostos? O "Não" até tem razões para ser lancinante ou furioso. Ninguém gosta de pagar impostos. Mas pagar mais do que é devido em tempo de carga fiscal insuportável é abuso de poder.
  • André Veríssimo
    Congele-se a austeridade. Avancem as medidas de estímulo à economia. O apelo de Mario Draghi aos governos europeus, deixado na reunião de banqueiros centrais de Jackson Hole, marca uma nova etapa na gestão da crise.
Há um ano, a Zon e Optimus faziam o registo da fusão que iria dar origem à Nos. A agressividade da concorrência tem levado a perdas de quota de mercado em alguns segmentos e a estratégia tem se centrado na oferta dos "pacotões".
A KPMG está à espera que a antiga equipa de gestão do Banco Espírito Santo (BES) assine o relatório das contas do primeiro semestre para as validar. Sem essas assinatura a auditora também não se responsabiliza pelos números, revela o Diário Económico.
00:01 | Economia
Governo reviu em alta a estimativa da receita fiscal em mais de mil milhões de euros. As contribuições sociais deverão render mais 500 milhões do que o previsto inicialmente. Não haverá austeridade adicional.
00:01 | Empresas
Há quase 30 anos que as regras europeias são vertidas para a legislação nacional. O Negócios falou com cinco sectores dos mais afectados para saber qual o impacto. Foi bom ou mau?
economistas Em colaboração com Project Syndicate
  • Nos últimos anos, a China e a Índia emergiram como super-potências da economia mundial, com a China a assumir a liderança. No entanto, perante a desaceleração do crescimento chinês e a necessidade cada vez mais aguda de alterações estruturais, será que os esforços da reforma económica do novo primeiro-ministro da Índia, Narendra Modi, vão permitir que o país recupere o atraso?
  • No início deste ano, os rumores de um desastre financeiro iminente na China – provocado por um colapso do mercado imobiliário ou pelo incumprimento dos governos locais – pareciam não ter fim. Porém, nos últimos meses, a economia estabilizou, praticamente acabando com as dúvidas sobre a capacidade de a China crescer mais de 7% este ano.
  • Copenhaga, capital da Dinamarca, quer ser a primeira cidade do mundo sem emissões de CO2, em 2025. No entanto, como muitas outras cidades e países bem-intencionados descobriram, reduzir significativamente as emissões de CO2 é muito mais difícil do que parece, e pode exigir alguma contabilidade criativa.
  • Se o mundo quer resolver a crise das alterações climáticas, vamos precisar de uma nova abordagem. Actualmente, as grandes potências vêem as mudanças climáticas como uma negociação sobre quem irá reduzir as suas emissões de CO2 (principalmente devido ao uso de carvão, petróleo e gás).
  • Mais oui! Como qualquer estudante francês do quinto ano sabe, a internet foi inventada em Paris. Era chamada de minitel, uma abreviação para Médium interactif par numérisation d’information téléphonique, e era uma rede de quase nove milhões de terminais que permitia às pessoas e organizações conectarem-se entre si e trocar informações em tempo real.
09:05 | Bolsa
Nesta quarta-feira, os investidores vão continuar interessados na mudança de tom do presidente do Banco Central Europeu, que apela agora ao crescimento económico. A marcar o dia nos mercados vai estar também a divulgação de dados económicos.
00:01 | Energia
A EDP obteve a 14 de Agosto a licença ambiental para avançar com o investimento de 2,7 mil milhões de reais (quase 900 milhões de euros) na barragem São Manoel, que é o maior projecto hídrico que a eléctrica portuguesa tem para construir no Brasil. A barragem, situada na fronteira entre os estados de Mato Grosso e Pará, terá uma potência de 700 megawatts (MW) e deverá ficar pronta em 2018.
dossier Weekend
Eduardo Gageiro: Ninguém é condenado em Portugal, só o homem que rouba uma lata de sardinhas
Ele era o menino Eduardo de Sacavém. Aviava copos de vinho e servia refeições na taberna do pai, a Casa do Bacalhau, ali mesmo em frente à antiga Fábrica da Loiça.
pub
pub

27
Quarta-feira
Agosto 2014
    Cerimónia de Entrega de Prémios Best Ethical Practices Awards

    negócios opinião