Conjuntura Dívida pública atinge novo máximo histórico

Dívida pública atinge novo máximo histórico

A dívida pública na óptica de Maastricht atingiu um novo máximo histórico de 250,3 mil milhões de euros.
Tiago Varzim 02 de julho de 2018 às 10:57
A dívida pública portuguesa voltou a aumentar em termos brutos. Após a subida de 4,3 mil milhões de euros em Abril, o endividamento público subiu 300 milhões de euros em Maio. Assim, a dívida pública na óptica de Maastricht atingiu os 250,3 mil milhões de euros, um novo máximo histórico. 

Este máximo histórico de 250.313 milhões de euros é ligeiramente acima ao que tinha sido registado em Agosto do ano passado (250.296 milhões de euros). 
De acordo com o Banco de Portugal (BdP), que divulgou os dados esta segunda-feira, dia 2 de Julho, esta subida em Maio reflecte "um aumento de 0,3 mil milhões de euros nos empréstimos relativamente ao final de Abril". 

"Os activos em depósitos das administrações públicas diminuíram 1,1 mil milhões de euros, tendo a dívida pública líquida de depósitos registado um acréscimo de 1,4 mil milhões de euros em relação ao mês anterior, totalizando 226,3 mil milhões de euros", esclarece ainda o banco central liderado por Carlos Costa.

Nos primeiros três meses do ano, o rácio da dívida pública no PIB foi de 126,3%, agravando face aos 125,7% de Dezembro de 2017. O Governo prevê que a dívida diminua para 122,2% em 2018 e isso poderá ser compatível com o que se observa nos dados até ao momento. 

Os números durante o ano são influenciados pelas idas ao mercado, pelo perfil de pagamento da dívida ou por outras operações que possam aumentar ou diminuir a dívida. Por exemplo, em Junho é expectável que a dívida pública desça uma vez que foram abatidos 6,6 mil milhões de euros de uma linha de obrigações que atingiu a maturidade. 


(Notícia actualizada às 11:30 com mais informação)



pub