Conjuntura Indicador da OCDE aponta para aceleração da economia portuguesa

Indicador da OCDE aponta para aceleração da economia portuguesa

A economia portuguesa deverá ganhar ritmo nos próximos meses, de acordo com o indicador avançado da OCDE para Portugal, que atingiu um máximo superior a três anos.
Indicador da OCDE aponta para aceleração da economia portuguesa
Bloomberg
Nuno Carregueiro 09 de outubro de 2017 às 11:18

O Indicador Compósito Avançado da OCDE para Portugal voltou a aumentar em Agosto, sinalizando um reforço da tendência de crescimento da economia portuguesa.

 

O índice situou-se nos 101,42 pontos em Agosto, o que traduz um crescimento de 0,34% face a Julho e 1,6% contra Agosto do ano passado. Depois de um período de abrandamento que durou até aos primeiros meses deste ano, este indicador tem vindo a crescer de forma consecutiva desde Fevereiro, registando taxas mais elevadas nos últimos meses.  

 

O indicador está agora no nível mais elevado desde Março de 2014. Na comparação homóloga foi o quarto mês consecutivo de variações positivas, o que também aponta para a consolidação da evolução positiva deste índice.

 

 

O Indicador Compósito Avançado da OCDE é actualizado todos os meses, tendo sido concebido para detectar precocemente sinais de pontos de viragem nos ciclos económicos, com uma antecipação entre seis a nove meses. Quando ele desce mas ainda está acima de 100 (valor que representa a tendência dos últimos tempos), a OCDE considera estar-se perante um provável cenário de desaceleração; quando a tendência é crescente aponta para uma aceleração do PIB.

 

A leitura de Agosto aponta assim para que a economia portuguesa deverá entrar em 2018 com um, crescimento mais forte, sendo que são várias as instituições que apontam para um ligeiro abrandamento na segunda metade deste ano. Isto depois de uma primeira metade do ano muito forte, com o PIB a crescer 2,8% no primeiro trimestre e 3% no segundo trimestre, o que representa o crescimento mais forte da última década.

 

No que diz respeito ao indicador global para todas as economias da OCDE, o indicador avançado aponta para um crescimento estável. 




A sua opinião3
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Boa Portugal Há 2 semanas

A tristeza dos FDP do PSD são as alegrias dos portugueses.

TURISMO E CONSTRUÇÃO Há 2 semanas

Apostar nestas Empresas, a MOTA ENGIL , tem sido a preferência dos investidores, não é por acaso, esta Empresa , tem sido a estrela do ps-20 , vai a caminho de bater o histórico de 2014 6.00 euros por ação

o MILENIUM BCP vai TRIPLICAR Há 2 semanas

O MILENIUM BCP hoje pareçe um RELOGIO a TRABALHAR a quaquer momento irá disparar e só irá parar nos 0.33 os RATINGS do BCP e de PORTUGAL vão voltar a subir já no dia 20 de outubro E os LUCROS já TRIPLICARAM em relação ao 2º trimestre

pub