Conjuntura Prostituição, droga e contrabando aumentam PIB em 0,4% com novo Sistema de Contas

Prostituição, droga e contrabando aumentam PIB em 0,4% com novo Sistema de Contas

A contabilização da prostituição, da droga e do contrabando prevista no novo Sistema Europeu de Contas (SEC2010) vai fazer aumentar o PIB em 0,4%, indicaram hoje responsáveis do Instituto Nacional de Estatística (INE).
Prostituição, droga e contrabando aumentam PIB em 0,4% com novo Sistema de Contas
Pedro Elias/Negócios
Lusa 11 de junho de 2014 às 14:52

O INE contabilizava já, nas suas análises às contas portuguesas, a chamada 'economia não observada', que incluía actividades não declaradas (ilegais ou legais), o que corresponde a cerca de 13% do PIB.

 

Mas a introdução do SEC2010, uma nova metodologia para as contas públicas que entra em vigor em Setembro para os países da União Europeia, "vem incluir explicitamente estimativas relativas a actividades ilegais como o tráfico de droga e a prostituição", explicou o diretor de Contas Nacionais do INE.

 

"Estas actividades ilegais [associadas à prostituição, à droga e à prostituição] correspondem a 0,4% do PIB", estimou Pedro Oliveira, num encontro com jornalistas sobre os impactos da introdução do SEC2010 nas contas portuguesas.

 

Por outro lado, o responsável do INE recordou que as análises às contas nacionais incluem também o chamado 'gap do IVA', ou seja, o 'buraco' entre as receitas apuradas pelas finanças e aquele que seria obtido com estas actividades 'não observadas'.

 

Segundo os responsáveis pelas contas nacionais do INE, este 'gap do IVA' [Imposto Sobre o Valor Acrescentado] representou, em 2010, cerca de 2 mil milhões de euros.




A sua opinião72
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado Anónimo 11.06.2014

Viva a CDU, garantia de honestidade e de defesa de quem só vive do seu trabalho honesto. Sempre a subir até às legislativas onde os partidos que nos trouxeram à miséria vão ter aquilo que merecem, o total repúdio dos eleitores espoliados dos seus bens e direitos sagrados.

comentários mais recentes
Anónimo 12.06.2014

Na UE TUDO será taxado.

zz 12.06.2014

Este Portugal È A MAIOR ANEDOTA DA EUROPA!
É o antro de toda a mentira, corrupção e impunidade! Viva a corrupção, e viva este Portugalzinho de cáca!

Anónimo 12.06.2014

E com as mafias a contar para o PIB. As mães a dar de mamar ao filhos nao contam para o PiB porque nao levam dinheiro aos filhos de lhes dar de mamar, mas uma p.... desde que o faça no sitio certo, já satisfaz esta gente que nos oprime.
Como diria o Outro "se vendessem fiado uma pilha de gas a retalho", já dava para iluminar as cabeças desta gente durante um dia inteiro, mesmo que se pagasse fiado e aumentasse a divida publica.
Peço desculpa ao grande poeta por usar palavras dele. mas com gente desta sò gente como Ele nos pode salvar neste mundo de m....

Marco Paulo 12.06.2014

Este anónimo mais votado enganou-se e/ou quer fazer-nos pensar coisas patetas. Nem essa coligação (CDU) com eles próprios subiu coisa nenhuma nem serve para nada! Não propõe nada de útil, nem impede nada de nefasto, para ninguém! Relativamente às subidas, só mesmo os desatentos vão nessa conversa. É que 12% de 30 é metade de 12% de 60! Perderam metade dos votantes!!!!

ver mais comentários
pub
pub
pub
pub