Política  Eduardo Cabrita: "O governo é o mesmo" mas as "pessoas olham para o país de uma maneira diferente"

Eduardo Cabrita: "O governo é o mesmo" mas as "pessoas olham para o país de uma maneira diferente"

O ministro-adjunto diz que o Governo tem a consciência que os portugueses vão ser mais exigentes como Executivo depois da tragédia de Pedrógão Grande, que vitimou 64 pessoas.
A carregar o vídeo ...
Negócios 29 de junho de 2017 às 15:22

Eduardo Cabrita diz, em entrevista à Antena1, que o Governo tudo fará "para que nunca mais [aconteça uma tragédia destas]", como os incêndios de 17 de Junho em Pedrógão grande, que vitimaram 64 pessoas.

 

O ministro-adjunto assinala que o governo não mudou depois de dia 17, "é o mesmo", mas agora "as pessoas olham para o país de uma maneira diferente".

 

Por isso, "temos consciência de que os portugueses olham para todos os decisores políticos, [com um padrão] mais elevado". "Temos de olhar para esta tragédia como um daqueles momentos em que somos confrontados com um murro no estômago que nos obriga a uma mobilização do melhor da nossa capacidade colectiva", acrescentou, na entrevista à Antena1.

 

Quanto à avaliação política que tem que ser feita, adverte que não pode ser rápida nem ligeira, nem pode ser "um exercício de ligeireza". Garante que, na sequência da tragédia de Pedrógão, não há qualquer membro do Governo diminuído, sendo que do ponto de vista político o pior seria a precipitação.

 

Sobre as indemnizações às famílias das vítimas, Eduardo Cabrita diz que não pode ser o Governo a decidir de forma unilateral.

 

A carregar o vídeo ...



Saber mais e Alertas
pub