Mundo  Regresso de "babush" à terra do pai com amplo destaque em Goa

Regresso de "babush" à terra do pai com amplo destaque em Goa

A chegada do primeiro-ministro a Goa está hoje a merecer destaque informativo nas edições dos jornais nacionais indianos, mas também nas ruas, onde foram colocados muitos "outdoors" com a fotografia de António Costa.
 Regresso de "babush" à terra do pai com amplo destaque em Goa
Miguel Baltazar
Lusa 11 de janeiro de 2017 às 08:00

O "Times of Índia" coloca na primeira página o título "o regresso de babush [menino] à terra do pai", tendo notícias repartidas por três páginas diferentes, onde se alude a um esperado "estreitamento das relações políticas e económicas" entre Portugal e a Índia.

 

Na imprensa local surgem ainda títulos referentes a António Costa como "o filho do Oriente que nasceu no Ocidente", assim como fotografias diversas em que aparece a andar de bicicleta, a discursar num comício do PS ou ao colo do seu pai, Orlando Costa, natural de Margão, cidade do Estado de Goa.

 

Nas estradas entre o aeroporto e Pangim, a capital do Estado, estão afixados vários cartazes, onde se lê "Shri [Senhor] António Costa bem-vindo a Goa", tanto em português, como em inglês.

 

Neste quinto de seis dias de visita de Estado à Índia, além do titular da pasta da Ciência, Manuel Heitor, António Costa tem ao seu lado o ministro da Cultura, Luís Filipe Castro Mendes, que desempenhou as funções de embaixador de Portugal na Índia entre 2007 e 2011 e que é considerado um profundo conhecedor da realidade goesa.

 

O primeiro dia de dois de programa do primeiro-ministro em Goa começou no Consulado Geral de Portugal, com um encontro com o ministro chefe do Estado, Laxmikant Parsekar.

 

Este encontro decorreu no Consulado Geral de Portugal, segundo fonte diplomática portuguesa, porque o Estado de Goa vai ter brevemente eleições para a chefia do Governo, evitando-se assim interferências na política interna local.

 

A seguir, o primeiro-ministro dirigiu-se para o Palácio do Governador do Estado de Goa, que neste momento tem na sua liderança uma mulher, Mridula Sinha.

 

Nos primeiros momentos de conversa, que foram abertos aos jornalistas, a governadora do Estado de Goa fez várias referências ao pai do primeiro-ministro português, Orlando Costa.

 

António Costa, por sua vez, recordou as duas vezes que já esteve em Goa, ambas em visitas particulares e a primeira quando tinha 17 anos.

 

Na quinta-feira, pela hora de almoço, longe dos jornalistas, o primeiro-ministro faz uma visita particular à sua família em Margão.




A sua opinião1
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Anónimo 11.01.2017

Go home idiot!!!!!!!!!!!

pub
Saber mais e Alertas
pub
pub
pub