Américas  Trump condena "alt-right" e nega racismo de conselheiro

Trump condena "alt-right" e nega racismo de conselheiro

"Não quero alimentar esse grupo e repudio o grupo", disse o presidente eleito, depois de emitir, durante toda a campanha, comentários racistas, xenófobos e misóginos.
 Trump condena "alt-right" e nega racismo de conselheiro
Jonathan Ernst/Reuters
Lusa 22 de Novembro de 2016 às 21:18

O Presidente norte-americano eleito, Donald Trump, condenou hoje o movimento supremacista "alt-right" que saudou a sua eleição, sublinhando que não pretendia alimentar tais ideias, e negou que o seu conselheiro estratégico Steve Bannon seja de extrema-direita.

 

"Condeno-os: repudio e condeno [o movimento extremista 'alt-right'", declarou Trump, em entrevista concedida ao diário The New York Times, quando instado a comentar uma conferência em que a sua vitória eleitoral foi celebrada com saudações nazis.

 

"Não quero alimentar esse grupo e repudio o grupo", disse o presidente eleito, depois de emitir, durante toda a campanha, comentários racistas, xenófobos e misóginos.

 

Quanto a Bannon, que lidera a sua recém-nomeada equipa de estrategas, Trump afirmou, segundo um 'tweet' publicado pela jornalista do New York Times Maggie Haberman: "Se eu achasse que ele era racista ou do 'alt-right' ou alguma dessas coisas, nem sequer pensaria em contratá-lo".

 

Steve Bannon, de 62 anos, foi até há muito pouco tempo o director do Breitbart, um site de informação que serve de caixa-de-ressonância ao movimento de extrema-direita 'alt-right', recém-surgido nos Estados Unidos.

 

Ele mesmo definiu o site como "uma plataforma para o 'alt-right'", numa entrevista ao site Mother Jones. 




A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
pub
Saber mais e Alertas
pub
pub
pub