Economia A semana em cinco minutos: Terror em Bruxelas, ruptura no BPI e o conselheiro Draghi

A semana em cinco minutos: Terror em Bruxelas, ruptura no BPI e o conselheiro Draghi

A semana ficou marcada pelos atentados terroristas em Bruxelas que causaram, no mínimo, 31 mortos. Antes do feriado, o CaixaBank anunciou a ruptura com Isabel dos Santos e Marcelo revelou que Draghi vai participar num Conselho de Estado.
A semana em cinco minutos: Terror em Bruxelas, ruptura no BPI e o conselheiro Draghi
Reuters
Negócios 25 de Março de 2016 às 09:30

SEGUNDA-FEIRA, 21 MARÇO

 

Queridos fãs, encolhemos o iPhone. A Apple tem apostado em iPhones com ecrãs cada vez maiores. Uma estratégia que se tem revelado certeira, com o iPhone 6 e 6S a baterem recordes de vendas. Mas o efeito tem vindo a desvanecer-se e a Apple enfrenta agora uma quebra nos números. Daí que a estrela do evento desta segunda-feira em Cupertino tenha sido um iPhone mais pequeno, de 4 polegas (como o iPhone 5S) e mais barato. O iPhone SE vem no entanto com o mesmo processador do iPhone 6S, para convencer os clientes das versões anteriores a fazerem o "upgrade" do equipamento.

Para contrariar o declínio das vendas a Apple lançou um iPhone mais pequeno.
Para contrariar o declínio das vendas a Apple lançou um iPhone mais pequeno.
Reuters

Guantánamo e direitos humanos marcam visita de Obama a Cuba. O Presidente de Cuba e o Presidente dos EUA estiveram reunidos durante várias horas no Palácio da Revolução para tentar avançar acordos comerciais entre os dois países e normalizar as relações bilaterais. Raul Castro aproveitou o encontro para exigir a devolução do território "ilegalmente ocupado" de Guantánamo, onde os Estados Unidos têm uma base militar. Barack Obama afirmou que Cuba "não é uma ameaça" para os Estados Unidos, mas insistiu na necessidade de o país melhorar os direitos humanos. Disso depende a normalização das relações: "O embargo vai acabar. Quando, não tenho a certeza absoluta, mas acredito que vai acabar", disse o presidente dos EUA.

Barack Obama garantiu que o embargo a Cuba vai acabar. Só não sabe quando.
Barack Obama garantiu que o embargo a Cuba vai acabar. Só não sabe quando.
Reuters

Azul concretiza investimento na TAP. A companhia aérea brasileira Azul anunciou ter concluído a subscrição de cerca de 100 milhões de dólares (90 milhões de euros) em obrigações convertíveis em acções preferenciais da TAP. Um investimento que decorre do acordo com os chineses do HNA Group para a entrada no capital da Azul, com uma participação de 23,7%. Esta emissão integra o plano reforço do capital, previsto na privatização, ficando a faltar os 30 milhões a subscrever pelo Estado.

 

Barraqueiro fica mais dois anos no Metro do Porto. Enquanto não avança o novo concurso de subconcessão do Metro do Porto, a gestão continuará a ser assegurada pelo grupo Barraqueiro. Depois de o Governo ter anulado o contracto com a francesa Transdev, será aberto novo concurso, que só deverá estar concluído em Março de 2018. Até lá, a administração decidiu prorrogar o contrato com a Via Porto, do grupo Barraqueiro, que já vinha assegurando provisoriamente a subconcessão.

O novo concurso para o Metro do Porto só deverá estar concluído em Março de 2018. Até lá a Barraqueiro vai geri-lo.
O novo concurso para o Metro do Porto só deverá estar concluído em Março de 2018. Até lá a Barraqueiro vai geri-lo.
Paulo Duarte/Negócios

Suspeito do Lava Jato detido em Lisboa. Raul Schmidt, sócio de um antigo director da Petrobrás, foi detido num apartamento de luxo no centro de Lisboa, confirmou a Polícia Judiciária. Suspeito de pagamento de luvas aos ex-directores da Petrobras, Raul Schmidt tinha fugido do Brasil no início da investigação da Operação Lava Jato, que está a ser conduzida pelo juiz federal Sérgio Moro. As autoridades brasileiras já pediram a sua extradição.


#Lovetwitter e dúvidas sobre o futuro no 10º aniversário
. Foi a 21 de Março de 2006 que o co-fundador Jack Dorsey enviou o primeiro "tweet" na rede social dos 140 caracteres. O Twitter deu voz a movimentos sociais, alterou a maneira de consumo de informação e foi o palco de grandes manifestações que alteram a história, como a Primavera Árabe. Foi também terreno-estrela na batalha mediática entre credores europeus e o governo gregoA "hashtag" #Lovetwitter" esteve em força entre os fãs na rede social, mas o Twitter chega ao décimo aniversário com reticências sobre o futuro. O número de utilizadores – 320 milhões – estagnou e continua com as contas no vermelho.

O número de utilizadores do Twitter estagnou.
O número de utilizadores do Twitter estagnou.
Bloomberg

 

TERÇA-FEIRA, 22 MARÇO

 

Ataques terroristas em Bruxelas. 22 de Março de 2016 ficará na história da Europa pelos piores motivos. Três explosões na capital belga (duas no aeroporto Zaventem e uma na estação de metro de Maelbeek, junto ao Parlamento Europeu e Comissão Europeia) provocaram pelo menos 31 mortos e cerca de 250 feridos. O ataque foi reivindicado pelo Estado Islâmico (o oitavo efectuado por grupos islamitas na Europa desde 2004) e elevou o estado de alerta em muitas capitais europeias. Sobretudo em Bruxelas, que ficou quase paralisada devido ao reforço das medidas de segurança. As reacções de condenação do atentado vieram de todo o mundo.

Dois ataques terroristas em Bruxelas provocaram, no mínimo, 31 mortos.
Dois ataques terroristas em Bruxelas provocaram, no mínimo, 31 mortos.
Reuters

BPI suspenso na Bolsa. As acções do BPI voltaram a ser suspensas na bolsa de Lisboa, a aguardar a divulgação de informação relevante sobre o acordo entre Isabel dos Santos e o CaixaBank. Ao final do dia a empresária angolana divulgou um comunicado, onde dá conta que há "negociações com o CaixaBank, mas não existe qualquer acordo".

Isabel dos Santos e o CaixaBank ainda não chegaram a um acordo sobre o BPI.
Isabel dos Santos e o CaixaBank ainda não chegaram a um acordo sobre o BPI.
Miguel Baltazar/Negócios

Conselho de Finanças Públicas alerta. São várias as medidas já incluídas no Orçamento do Estado para 2016 que têm um forte impacto no próximo ano. As contas do Conselho de Finanças Públicas (CFP) apontam para 1,6 mil milhões de euros, o que equivale a cerca de 1% do PIB. Há medidas que dão receita e que se extinguem em 2017 (como as contribuições sobre o sector bancário e energético) e outras que se aplicarão aos 12 meses de 2017 e não apenas alguns de 2016 (como a redução do IVA na restauração).

 

Deputados contra Banco de Portugal. O Banco de Portugal não está a revelar toda a documentação solicitada pelo Parlamento, o que está a gerar críticas por parte dos deputados. Estes prometem agora combater o "travão" do Banco de Portugal aos seus trabalhos sobre o Banif, visando ainda outras entidades, que também não estão a facultar a informação pretendida, como a Finpro e a E&Y. Para 29 de Março está agendada a primeira audição da comissão de inquérito ao Banif, estando já sete nomes confirmados. O ex-ministro das Finanças Vítor Gaspar é o único dos oito primeiros inquiridos convocados que ainda não confirmou a presença

Carlos Costa está a ser um travão aos trabalhos sobre o Banif, dizem os deputados.
Carlos Costa está a ser um travão aos trabalhos sobre o Banif, dizem os deputados.
Bruno Simão/Negócios

Obama termina visita a Cuba. No último dia da histórica visita a Cuba, o Presidente dos Estados Unidos garantiu que Washington quer terminar o embargo ao país, mas em troca pediu várias mudanças por parte do governo liderado por Raul Castro. "Vim aqui para enterrar o último resquício da Guerra Fria nas Américas", disse Barack Obama, pedindo que "o povo cubano construa algo novo", que o Governo deixe de perseguir a oposição ao seu regime e que deixe de fazer detenções arbitrárias.   

 

QUARTA-FEIRA, 23 MARÇO

 

Reunião de emergência em Bruxelas. Os ministros da Justiça e da Segurança da União Europeia agendaram para quinta-feira um encontro extraordinário, na capital belga. A notícia foi publicada na rede social Twitter pela presidência rotativa da União Europeia, que este semestre está a cargo da Holanda. A reunião está marcada para as 15:00 em Lisboa. Este encontro tem lugar dois dias após os atentados em Bruxelas, que vitimaram 31 pessoas e feriram cerca de 270. Os ataques foram reivindicados pelo autodenominado Estado Islâmico. 


Os El Bakraoui, irmãos suicidas. O procurador federal belga Frédéric Van Leeuw confirmou, esta quinta-feira, em conferência de imprensa, que os irmãos El Bakraoui realizaram atentados suicidas no aeroporto de Bruxelas e no metro na terça-feira, 22 de Março. Segundo Van Leeuw, Ibrahim El Bekraoui fez-se explodir no aeroporto, enquanto o seu irmão, Khalid, foi o responsável pela explosão no metro.

Dos três terroristas captados pelas câmaras do aeroporto um, o de chapéu, continua a ter identidade desconhecida e está a monte.
Dos três terroristas captados pelas câmaras do aeroporto um, o de chapéu, continua a ter identidade desconhecida e está a monte.
Reuters

Portucel distribui novo dividendo. Portucel propôs a distribuição de um dividendo de 15,9 cêntimos por acção, referente aos resultados obtidos em 2015 e que ainda não foram distribuídos. Além deste valor, a principal accionista da empresa, a Semapa, propôs que fossem distribuídos mais 7,81 cêntimos referentes a reservas livres. No total, o dividendo ilíquido por acção será de 23,7 cêntimos, o que implica o pagamento de uma remuneração de 170 milhões de euros.


Marcelo defende intervenção do Governo na banca.
 O Presidente da República defendeu esta quarta-feira, 23 de Março, a intervenção dos órgãos de soberania para garantir a estabilidade do sistema financeiro e realçou a necessidade de cumprir o princípio da independência nacional previsto na Constituição. "Mais vale prevenir que remediar, não pode haver ostracismos, não deve haver dependências – a pensar no princípio da independência nacional", disse Marcelo Rebelo de Sousa dirigindo-se ao primeiro-ministro António Costa, na sessão pública de cumprimentos do Governo ao Presidente da República no Palácio de Belém.

"Mais vale prevenir do que remediar", defendeu o Presidente da República.
"Mais vale prevenir do que remediar", defendeu o Presidente da República.


BCP negoceia venda do ActivoBank.
 O Banco Comercial Português, que detém o ActivoBank, está em negociações exclusivas para a venda deste banco electrónico ao  fundo britânico Cabot Square. O anúncio foi feito num comunicado do BCP no site da CMVM. "No seguimento do processo de avaliação de cenários estratégicos que promovam a valorização do ActivoBank, foi tomada a decisão de seleccionar a Cabot Square Capital LLP, uma entidade gestora de fundos ‘private equity’ com cerca de 1.000 milhões de euros sob gestão, para uma fase de negociações com carácter de exclusividade".

 

Portugal coloca 1.007 milhões de dívida. A Agência de Gestão da Tesouraria e da Dívida Pública (IGCP) colocou 1.007 milhões de euros no leilão de obrigações do Tesouro (OT) realizado esta quarta-feira, 23 de Março. Uma dupla operação na qual o emitiu dívida a cinco e 14 anos, tendo conseguido reduzir a taxa de juro na maturidade mais curta. Para estes títulos, o IGCP conseguiu fixar uma taxa de juro de 1,84%, inferior aos 2,0326% registados no início do mês. Já o montante colocado na linha de OT que atinge a maturidade em 2030 a taxa de juro fixada foi de 3,362%.


Portway despede 200 trabalhadores.
 A administração da Portway anunciou esta quarta-feira que irá proceder a um reajustamento do número de trabalhadores na sequência da resolução dos contratos com a Ryanair para a prestação de serviços de handling nos aeroportos de Faro, Porto e Lisboa. Na prática a Portway deverá despedir 200 trabalhadores. Em comunicado, a administração da Portway garante que "desenvolveu todos os esforços para encontrar soluções que minimizassem as consequências da opção da Ryanair, que resulta da política de ‘self-handling’ prosseguida pela companhia aérea logo que atinge massa crítica nos diversos mercados em que actua".

Ponce Leão, presidente da ANA, que detém a Portway, explicou os despedimentos em função da da Ryanair.
Ponce Leão, presidente da ANA, que detém a Portway, explicou os despedimentos em função da da Ryanair.
Miguel Baltazar/Negócios


QUINTA-FEIRA, 24 MARÇO

Juncker critica passividade face ao terrorismo. Jean-Claude Juncker, criticou a passividade dos Estados-membros da União face ao terrorismo. Citado pelo El País, o presidente da Comissão Europeia diz que "o problema existe há anos. Se os Estados-membros tivessem aplicado os planos que aprovámos [depois dos ataques de Novembro em Pairs] não estaríamos como estamos". Juncker afirma mesmo que com um maior compromisso europeu perante o fenómeno do terrorismo talvez "não estivéssemos ante acontecimentos tão trágicos".

O presidente da Comissão Europeia aponta o dedo acusador aos Estados-membros da União Europeia.
O presidente da Comissão Europeia aponta o dedo acusador aos Estados-membros da União Europeia.


Prejuízos da Oi aumentaram 21,4%.
 A Oi fechou 2015 com um prejuízo de 5,3 mil milhões de reais (1,3 mil milhões de euros) mais 21,4% que o resultado líquido negativo registado em 2014. A operadora brasileira, da qual a Pharol é a maior accionista com 27,5% do capital, explica os resultados com imparidades, nomeadamente nos activos de África, onde está incluída a angolana Unitel. A dívida líquida da operadora, uma das principais dores de cabeça da operadora, subiu 24,8% para 38,1 mil milhões de reais (9,4 mil milhões de euros).

 

Draghi no Conselho de Estado. Mario Draghi vai estar, a convite de Marcelo Rebelo de Sousa, no primeiro Conselho de Estado que vai presidir. O encontro, que também contará com Carlos Costa, decorre dentro de duas semanas, a 7 de Abril. "O Presidente da República convidou o presidente do Banco Central Europeu, Mario Draghi, para apresentar uma exposição ao Conselho de Estado sobre a situação económica e financeira europeia, convite que foi aceite", indica o comunicado presente no site oficial da Presidência.

Marcelo convidou e Draghi aceitou. O líder do BCE vai estar no Conselho de Estado de 7 de Abril.
Marcelo convidou e Draghi aceitou. O líder do BCE vai estar no Conselho de Estado de 7 de Abril.
Bloomberg

CaixaBank rompe com Isabel dos Santos. O CaixaBank e Isabel dos Santos romperam as negociações para encontrarem uma solução para o problema de excesso de concentração de riscos em Angola.

"O CaixaBank informa que não se conseguiram reunir as condições necessárias para alcançar um acordo com a Santoro Finance", adianta a instituição catalã em comunicado ao supervisor da bolsa de Espanha. Em reacção, fonte próxima dos interesses angolanos adiantou que Isabel dos Santos tem "total disponibilidade e abertura" para negociar com o CaixaBank e que tem em mente "o bem do BPI e do sistema financeiro português".


Vai haver recurso no caso dos "swaps".
 O Tribunal Comercial de Londres aceitou o pedido de recurso das empresas públicas de transportes relativo à decisão de considerar os "swaps" contratados junto do SantanderTotta como válidos. O tribunal londrino considerou, a 4 de Março, que os nove "swaps" feitos entre a Metro de Lisboa, Metro do Porto, Carris e STCP eram válidos, o que obrigaria, no imediato, ao pagamento dos cupões em atraso destes instrumentos, que se situam em 273 milhões de euros.


Morreu Johan Cruyff.
 O antigo futebolista Johan Cruyff morreu aos 68 anos, vítima de cancro, informou o site oficial do jogador holandês. "No dia 24 de Março de 2016, Johan Cruyff morreu depois de ter lutado contra um cancro. É com grande tristeza que pedimos que respeitem a privacidade da família durante o período de luto", lê-se no comunicado publicado no site do antigo futebolista. Cruyff era visto como uma das maiores lendas do futebol internacional, tendo-se destacado pelo Ajax, Barcelona e pela selecção da Holanda. No total, o antigo jogador marcou mais de 300 golos em mais de 500 jogos. Como treinador, o holandês passou também pelo Ajax e pelo Barcelona.

Cruyff destacou-se como jogador do Ajax, do Barcelona e da selecção holandesa.
Cruyff destacou-se como jogador do Ajax, do Barcelona e da selecção holandesa.

Défice 2015 ficou em 4,4%. O défice orçamental de 2015 terá ficado em 4,4% do PIB, avançou o Instituto Nacional de Estatística (INE). O valor inclui o impacto da operação de recapitalização e venda do Banif no final de 2015 que, segundo o INE, terá custado aos cofres públicos equivalente a 1,4% do PIB, um valor mais elevado que o esperado até agora. 

Vice brasileiro cancela vinda a Portugal. O vice-presidente brasileiro, Michel Temer, cancelou a deslocação a Portugal prevista para a próxima semana, durante a qual deveria participar num encontro com vários membros da oposição ao Governo de Brasília, incluindo defensores da destituição da Presidente Dilma Rousseff. O cancelamento da presença no Seminário Luso-Brasileiro de Direito foi avançado pelo jornal Folha de São Paulo, que cita os assessores de Temer, segundo os quais o vice de Dilma ficará no Brasil para liderar a reunião do seu partido marcada para o mesmo dia, 29 de Março, e onde se definirá se o PMDB (aliado do Partido dos Trabalhadores no Executivo) abandona ou não o Governo de Rousseff.

Karadzic condenado a 40 anos de prisão. Radovan Karadzic foi sentenciado a 40 anos de prisão pelo Tribunal Penal Internacional, que tem sede em Haia, depois de ter sido considerado culpado do genocídio de Srebrenica em 1995 e de mais nove crimes de guerra e contra a humanidade em várias regiões da ex-Jugoslávia. O ex-líder dos sérvios bósnios, actualmente com 70 anos, foi considerado culpado de 10 das 11 acusações que sobre ele pendiam.

Radovan Karadzic foi considerado culpado em dez das 11 acusações.
Radovan Karadzic foi considerado culpado em dez das 11 acusações.
Reuters

 

 




A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
pub
pub
pub
pub