Américas Salário mínimo aumenta 50% na Venezuela

Salário mínimo aumenta 50% na Venezuela

Com este aumento, o terceiro este ano, o subsídio de alimentação passa de 135 mil a 158 mil bolívares, cerca de 58 dólares (51 euros).
Salário mínimo aumenta 50% na Venezuela
Reuters
Lusa 02 de julho de 2017 às 23:29
O salário mínimo vai aumentar 50% na Venezuela, anunciou hoje o presidente do país, Nicolás Maduro, assinalando que este aumento deve também aplicar-se a todas as tabelas e escalas salariais da Administração Pública e das Forças Armadas.

Assim, o salário base passa de 65.021 a 97.531 bolívares, o que equivale a cerca de 37 dólares [32,4 euros] na taxa de cambio oficial mais alta (2.640 bolívares por dólar).

"Decidi aumentar o salário mínimo em 50% e aumentar o 'cestaticket' (subsidio de alimentação) duas unidades fiscais adicionais e levá-la a 17 unidades", afirmou hoje o presidente na rádio e televisão oficiais de Caracas, citado pela agência EFE.

Com este aumento, o terceiro este ano, o subsídio de alimentação passa de 135 mil a 158 mil bolívares, cerca de 58 dólares (51 euros).

O salário mínimo legal dos trabalhadores passará então para 250.531 bolívares (95 dólares, cerca de 83 euros) e será oficial a partir de 1 de Julho.

"Isto só é possível em revolução", afirmou o chefe de Estado.



A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
pub