Segurança Social Vieira da Silva: “Não prevemos ir mais longe nas reformas antecipadas” em 2018

Vieira da Silva: “Não prevemos ir mais longe nas reformas antecipadas” em 2018

Em 2018 mantém-se a dupla penalização nas reformas antecipadas para a maioria das pessoas na Segurança Social. Depois de ter acabado com o corte por via do factor de sustentabilidade para as longas carreiras, o ministro Vieira da Silva diz que não está previsto ir mais longe em 2018.
A carregar o vídeo ...
O Governo vai continuar a discutir o alívio das penalizações nas reformas antecipadas, mas não pretende concretizar nenhuma mudança adicional no próximo ano. Por ora, o fim do factor de sustentabilidade só ocorrerá mesmo para quem tem longas carreiras contributivas - cerca de 10 mil pessoas. 

Quem tiver 60 anos de idade e pelo menos 40 de descontos, continuará a manter a dupla penalização - uma por antecipar a idade da reforma (6% ao ano), outra por via do aumento da esperança média de vida e do chamado factor de sustentabilidade (que em 2018 rondará os 14%). 





pub