Mercados 5 coisas que precisa de saber para começar o dia

5 coisas que precisa de saber para começar o dia

A Galp divulgou resultados depois de ter garantido mais pesquisa de petróleo no Brasil. Mas esta segunda-feira, a Catalunha vai voltar a dominar as atenções. E, nos Estados Unidos, haverá a divulgação das acusações e haverá detenções por causa das alegadas interferências da Rússia nas eleições de 2016?
5 coisas que precisa de saber para começar o dia
Alexandra Machado 30 de outubro de 2017 às 07:30
Galp aumenta lucros e procura mais ouro negro

Depois de ter anunciado na sexta-feira que investiu 258 milhões de euros para poder produzir mais petróleo no pré-sal brasileiro, esta segunda-feira, antes do mercado abrir, apresentou resultados. A empresa liderada por Carlos Gomes da Silva obteve um resultado líquido de 416 milhões de euros nos primeiros nove meses do ano, o que traduz um aumento de 15% face ao mesmo período do ano passado e fica ligeiramente abaixo do esperado pelos analistas do CaixaBI, que contavam com um resultado líquido de 428 milhões de euros. Aos analistas ainda vai dar mais novidades na conferência telefónica que se seguirá, onde também deverá dar a conhecer mais dados sobre o feito no Brasil. A Galp está agora a produzir um total de 92,4 mil barris diários, com o Brasil a pesar 87% e o restante a pertencer a Angola. E este leilão vai aumentar a sua presença nesse país produtor. Com o anuncio dos resultados da Galp, arranca assim uma semana que vai ser cheia, com vários pesos pesados a revelarem como se comportou o terceiro trimestre



Ainda o turbilhão Altice/TVI

Paulo Azevedo, em entrevista ao Expresso, admite que a Nos não vai ficar parada se a Altice comprar a Media Capital, detentora do canal de televisão líder TVI. "É cedo para estar a especular sobre isso, o que eu diria é que haver duas pessoas com poder a mais é um pouco melhor do que haver apenas uma com poder a mais. Não defendo que isto se resolva havendo mais operações do género. Mas, obviamente, se o sistema político e o sistema regulatório acharem muito bem e que é assim que deve ser, a Nos terá de tomar as decisões e seguir os caminhos que lhe restam para defender os seus interesses". Na entrevista, que se de diz indignado com a decisão do presidente da ERC e com a própria Assembleia da República, Paulo Azevedo, presidente da Sonae, volta a falar do que considera ser o perigo de uma compra da TVI pela Altice. Como lerá o mercado esta resposta dada pelo patrão da Sonae quando questionado se acharia interessante a Nos avançar para a compra ou para uma parceria com um grupo de media, como a Impresa ou Cofina, isto se a compra da TVI avançar. 



Desemprego e inquéritos de conjuntura do INE

O Instituto Nacional de Estatística divulga esta segunda-feira, às 9:30 horas, os inquéritos de conjuntura às empresas e aos consumidores com referência a Outubro. O sentimento económico na União Europeia também será divulgado pelo Eurostat. Ainda este domingo, Durão Barroso veio afirmar que a crise económica, tal como a conhecemos, está ultrapassada.

Mas sobre indicadores económicos esta segunda-feira há mais. O INE divulga ainda as estimativas mensais de emprego e desemprego em Portugal referentes a Setembro. Depois de ter revelado que em Julho a taxa de desemprego tinha ficado abaixo dos 9%. Nesse mês, a taxa ficou nos 8,9%, o valor estimado para Agosto e que esta segunda-feira vai ser confirmado.

O INE divulga, ainda, os índices referentes ao comércio a retalho e à produção industrial. Numa semana em que será votado na generalidade o Orçamento do Estado para 2018. 


Catalunha: independência ou…

Tudo aconteceu na passada sexta-feira. A Catalunha declarou-se independente, para logo de seguida ver-lhe retirada a autonomia, demitido o presidente catalão e destituído o parlamento. Haverá eleições para a Generalitat a 21 de Dezembro. Até lá, Soraya Sáenz de Santamaría assume as funções retiradas a Carles Puigdemont. Depois de uma sexta-feira agitada, aguarda-se agora a reacção dos mercados. Os bancos e caixas aforradas já vieram declara-se pela Constituição, um claro apoio à unidade de Espanha. Para esta segunda-feira, o PP, de Mariano Rajoy, vai reunir o seu conselho directivo.

A expectativa em torno da Catalunha não vai fazer esquecer que Espanha divulga esta segunda-feira os dados referentes ao crescimento económico (PIB) do terceiro trimestre, assim como os valores da inflação.

 


Uma semana "assustadora" em Wall Street?

Na semana em que se comemora o Halloween (a 31 de Outubro), os mercados ficarão a conhecer o nome do sucessor de Janet Yellen. Trump prometeu divulgar a sua escolha esta semana, tendo a Bloomberg já apontado que deverá recair sobre Jerome Powell, 64 anos, que entrou na Fed em 2012. É conhecido por ser um defensor de políticas monetárias mais suaves e tem apoiado a subida gradual nas taxas de juro, tendo votado favoravelmente a subida, por quatro vezes, das taxas norte-americanas em cinco anos. Tem, segundo a Bloomberg, reputação de pragmático. À Marketwatch analistas de mercados falam em continuidade. Mas antes que o anúncio seja feito, será que os mercados nos Estados Unidos, nomeadamente o tecnológico Nasdaq e o S&P 500, vão manter os recordes com que fecharam a última semana?

Mas as atenções esta segunda-feira vão também para Trump e as investigações a alegadas interferências russas nas eleições de 2016, que entra numa nova etapa, com a possibilidade de ser tornada pública a acusação aprovada sexta-feira, mas mantida em segredo, e podendo os suspeitos ser detidos no início da semana. Foi divulgado pela CNN que o procurador Robert Mueller, que dirige as investigações, já deduziu as primeiras acusações. 




A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar