25 Abril: Mário Soares diz que já teve protagonismo suficiente no passado
26 Abril 2012, 20:41 por Lusa
Enviar por email
Reportar erro
0
O antigo Presidente da República Mário Soares disse hoje que na sua idade protagonismo é coisa que não lhe interessa muito, considerando que já teve "o suficiente no passado".
O antigo Presidente da República Mário Soares disse hoje que na sua idade protagonismo é coisa que não lhe interessa muito, considerando que já teve "o suficiente no passado".

Questionado sobre a crítica indirecta que o primeiro-ministro lhe fez na terça-feira, quando disse estar habituado a que algumas figuras políticas queiram assumir protagonismo em datas especiais, Mário Soares começou por dizer que se tratou de uma frase de Passos Coelho que não queria comentar.

Perante a insistência dos jornalistas, no final de uma conferência organizada pela revista Visão intitulada "Conversas às quintas com a Visão", que decorreu no Museu da electricidade, o antigo chefe de Estado acabou por referir que na sua idade já não está muito interessado em protagonismo.

"Cheguei a uma idade em que protagonismo já não é uma coisa que me interesse muito, como imagina. Já tive o suficiente no passado", declarou, recusando, contudo, a ideia de ter ficado "zangado" com as palavras do primeiro-ministro.

A acusação indirecta de Passos Coelho foi feita quando questionado sobre a decisão de Mário Soares e do socialista Manuel Alegre de não comparecerem nas comemorações oficiais do 25 de Abril em solidariedade com a Associação 25 de Abril, que integra alguns dos chamados 'capitães de Abril' e esteve ausente da cerimónia no Parlamento por estar contra a política seguida pelo Governo.

Os jornalistas interrogaram ainda Mário Soares sobre o discurso do Presidente da República, Aníbal Cavaco Silva, na sessão solene do 25 de Abril, mas o antigo chefe de Estado disse não querer fazer comentários, argumentando ser conselheiro de Estado.

"Eu sou conselheiro de Estado por inerência e, portanto, entendo não dever falar sobre o senhor Presidente da República, nem estar a fazer comentários sobre o que faz o senhor Presidente da República", sublinhou.

Sobre a forma como passou o dia 25 de Abril, Mário Soares adiantou que esteve em casa e assistiu "a algumas coisas" das comemorações pela televisão.

Enviar por email
Reportar erro
0
pesquisaPor tags:
alertasPor palavra-chave: