Américas 370 economistas incluindo oito Nobel lançam carta aberta contra Trump

370 economistas incluindo oito Nobel lançam carta aberta contra Trump

Um grupo de 370 economistas, que inclui oito laureados com o Prémio Nobel da Economia, lançou uma carta aberta onde critica Donald Trump por enganar os eleitores e defende o voto "noutro candidato".
370 economistas incluindo oito Nobel lançam carta aberta contra Trump
Reuters
Lusa 02 de Novembro de 2016 às 07:24
"Nós, o grupo abaixo-assinado, representamos uma larga variedade de áreas de especialização e estamos unidos na nossa oposição a Donald Trump; nós recomendamos que os eleitores escolham um candidato diferente", lê-se na frase inicial do texto de duas páginas, que rebate ponto por ponto algumas das mais famosas 'tiradas' do candidato republicano.
 
A carta aberta, noticiada pelo Wall Street Journal, não recomenda explicitamente o apoio a Hillary Clinton, que aliás também foi visada numa carta aberta, em Setembro, em que 306 economistas criticaram as suas políticas, mas na segunda-feira, uma outra missiva, assinada por 19 vencedores do Prémio Nobel da Economia, apoiaram e defenderam o voto em Clinton.
 
A carta de hoje, que inclui Angus Deaton, Nobel da Economia do ano passado, e um dos vencedores da edição deste ano, Oliver Hart, bem como o economista-chefe do Banco Mundial, e Kenneth Arrow, Nobel em 1972, contém críticas a Trump por dar dados falsos sobre a evolução de vários indicadores, como o peso dos impostos nos EUA e o custo de eliminar o défice orçamental.
 
"Ele informa erradamente o eleitorado, degrada a confiança nas instituições públicas com teorias da conspiração e promove ilusões propositadas sobre a realidade", lê-se no documento, disponível no site do Wall Street Journal.
 
Ao contrário dos apoios habituais de quatro em quatro anos aos candidatos presidenciais, a grande novidade desta carta é a refutação técnica das afirmações de Trump, mais do que a defesa de um candidato ou de uma política económica.
 
"Eu normalmente não entro na política, mas decidi assinar esta carta porque penso que a destruição que as tácticas da campanha de Trump fizeram às instituições desta nação é um grande tema moral", disse Robert Shiller, um economista da Universidade de Yale e Nobel da Economia em 2013, ao Wall Street Journal.
 
"Isto não é republicanos contra democratas, não é uma declaração política normal, é um sentimento de indignação contra um demagogo", argumentou o economista.
 
No texto, os 370 economistas criticam Trump por ser "uma escolha perigosa e destrutiva" para os EUA, por "repetir falsas e enganadoras estatísticas económicas" e dizem que "as suas declarações revelam uma profunda ignorância sobre a economia e uma incapacidade de ouvir peritos credíveis".

 




A sua opinião4
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Anónimo Há 6 horas

Se Trump não presta , olhe que os nossos não são melhores,.... nem mesmo com caril.

Anónimo Há 7 horas

Há um comentador que descreveu integralmente alguns politicos de uma forma geral, não é só Trump mas sim de forma mais basta, até pensei que eram portugueses.Na politica para se sobresair tem que ser pior que os outros todos, mais rasca, mais porco, mais fdp e só assim, aparecerá c cara anjo no fim.

Criador de Touros Há 10 horas

Tenho receio dos votos dos cabeças de abóbora que passam as noites a ver junk tv. Como aconteceu no Brexit. Os ingleses não souberam o que fizeram. O discurso de Trump é vazio de consistências. Tenho muito receio deste brutinho em política externa. Como é que o sistema político americano aparece com dois candidatos tão maus ? E Trump é um desastre anunciado. Quem tem uma cultura humanística como eu tenho sabe que Trump é um zero. Mais que isso, é uma catástrofe anunciada. Em política os peixes morrem principalmente pela boca. Trump é uma bosta, um excremento, um energúmeno, um ogre, um palhaço. A política americana está uma miséria. Um país republicano essencialmente maçom, como Portugal, França, Itália, Espanha, Brasil e México. A América perdeu a noção dos valores. A massificação e os média destruíram a América. Nós e outros, igual. Putin e os comunistas chineses esfregam as mãos de contentes com estas sondagens.Trump quer aumentar a fortuna a fazer negócios com russos e chineses. Trump é demasiado óbvio. É trampa. A geo-política irá pelo cano abaixo. Que porca miséria !!!!!!!!!......

00SEVEN Há 14 horas

São 370 que confirmam que preferem a mentira e a corrupção à mudança!
São 370 lambe-cús que receiam que se acabe a aldrabice e a promiscuidade entre o poder político e os que beneficiam de benesses pela sua subserviência e ideologia esquerdóide!

Resposta de manuelfafa 00SEVEN Há 13 horas

Qual dos candidatos é que é de esquerda? Essa liberdade de pensamento não existe por lá.
O PSD de cá é mais de esquerda que os democratas nos EUA, e os Republicanos estão entre os CDS o PNR.
Embora não os conheça, parece-me que o Trump não é assim tão contra a corrupção e fuga aos impostos.

pub
pub
pub
pub