Política Adjunto do secretário de Estado das Comunidades Portuguesas foi exonerado

Adjunto do secretário de Estado das Comunidades Portuguesas foi exonerado

O adjunto do secretário de Estado das Comunidades Portuguesas, Nuno de Almeida Barreto, foi hoje exonerado do cargo, segundo uma nota do Ministério dos Negócios Estrangeiros.
Adjunto do secretário de Estado das Comunidades Portuguesas foi exonerado
CM
Lusa 10 de agosto de 2017 às 22:21

"Tendo o adjunto Nuno Miguel Jorge Barroso de Almeida Barreto hoje colocado o seu lugar à disposição do Secretário de Estado das Comunidades Portuguesas, foi o mesmo exonerado, nesta data, das suas funções", refere a nota enviada esta quinta-feira, 10 de Agosto, à agência Lusa. 

Nuno Miguel Jorge Barroso de Almeida Barreto é técnico especialista do gabinete do secretário de Estado das Comunidades Portuguesas, José Luís Carneiro (na foto).

 

Hoje o jornal Observador noticiou uma quebra do Código de Conduta por parte de Nuno Barreto indicando que este "fez uma viagem à China em que a estadia foi paga pela empresa chinesa [Huawei] em janeiro de 2017", já depois de ter sido aprovado o Código de Conduta do XXI Governo Constitucional.

 

Ao abrigo do Código de Conduta do executivo liderado por António Costa: "Os membros do Governo abstêm-se de aceitar a oferta, a qualquer título, de pessoas singulares e coletivas privadas, nacionais ou estrangeiras, e de pessoas colectivas públicas estrangeiras, de bens, consumíveis ou duradouros, que possam condicionar a imparcialidade e a integridade do exercício das suas funções".




pub