Américas Administração Trump já tem mais um multimilionário

Administração Trump já tem mais um multimilionário

O presidente eleito escolheu o multimilionário Vincent Viola para seu secretário do Exército. Para Trump, o multimilionário Viola "é a prova do sonho americano".
Administração Trump já tem mais um multimilionário
Reuters
Negócios 19 de Dezembro de 2016 às 18:17

O presidente eleito norte-americano, Donald Trump, escolheu Vincent Viola para a pasta de secretário do Exército. Viola é assim mais um multimilionário na já milionária administração Trump.

 

Viola é filho de imigrantes italianos e, em 2016, detinha uma fortuna avaliada, segundo a revista Forbes, 1,78 mil milhões de dólares. Também conhecido como "Vinnie", o futuro secretário do Exército fundou em 2008 a Virtu Financial, tendo sido chairman executivo desta empresa desde o final de 2013.

 

Além de passagens por outras empresas, Vinnie Viola foi também militar, tendo-se graduado na academia militar de West Point. Na sequência dos atentados terroristas de 11 de Setembro de 2011, Vinnie Viola fundou o Centro de Luta contra o Terrorismo, em West Point.

 

A equipa de transição de Trump confirmou esta escolha e em comunicado divulgado esta segunda-feira, 19 de Dezembro, citando o próprio presidente eleito, refere que Viola foi capaz ao longo da sua vida de se tornar conhecido como um "líder capaz de alcançar grandes resultados". Trump também já afirmou entretanto que Vinnie Viola "é a prova do sonho americano".

 

Viola junta-se assim a uma administração que já conta com vários milionários e, pelo menos, dois multimilionários. Trump deverá ser confirmado esta segunda-feira com a formalização da sua eleição pelo Colégio Eleitoral norte-americano.

 




A sua opinião1
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Anónimo Há 3 semanas

os pobres que votaram trump já estão a saborear o barrete que enfiaram. é a vida.

pub
pub
pub
pub