União Europeia Agência do Medicamento: Governo admite que “do ponto de vista interno” Porto é a melhor opção

Agência do Medicamento: Governo admite que “do ponto de vista interno” Porto é a melhor opção

António Costa admite que, “do ponto de vista interno é melhor que seja o Porto” a candidatar-se a sede da Agência Europeia do Medicamento. Contudo, assume que é preciso ainda “avaliar [em termos da] competição global com as outras cidades, em qual das duas podemos ter uma melhor proposta”.
Agência do Medicamento: Governo admite que “do ponto de vista interno” Porto é a melhor opção
Negócios 23 de junho de 2017 às 15:01

António Costa, primeiro-ministro, assegurou esta sexta-feira, 23 de Junho, que ainda não há uma decisão sobre qual cidade nacional vai candidatar-se para receber a Agência Europeia do Medicamento. Em declarações aos jornalistas após o Conselho Europeu, António Costa sublinhou que "há neste momento um grupo de trabalho, que incluiu representantes do município do Porto. O que desejo é que tenhamos a melhor proposta possível, seja ela do Porto ou de Lisboa", disse.

O chefe de Governo assumiu que "do ponto de visto interno e nacional, objectivamente, é melhor que seja o Porto do que Lisboa, porque assegura uma melhor redistribuição das oportunidades, uma melhor inserção nas redes globais", lembrando que Lisboa já tem duas infra-estruturas comunitárias: a Agência de Segurança Marítima e o Observatório da Droga. "O que temos de avaliar é, na competição global com as outras cidades, em qual das duas [Lisboa ou Porto] podemos ter uma melhor proposta", acrescentou.

Na última madrugada, os líderes da União Europeia (UE) adoptaram os novos critérios para a escolha das cidades que acolherão as sedes das agências europeias actualmente em Londres, mas que terão de deixar o Reino Unido após o Brexit. "Acordado. A UE27 irá decidir em votações em Novembro a recolocação das agências da UE actualmente no Reino Unido. Confirma a unidade da UE27. Reduz a incerteza do 'Brexit'", escreveu o presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk, na sua conta na rede social Twitter.

De acordo com as regras agora formalmente adoptadas, os Estados-membros interessados devem apresentar as candidaturas até 31 de Julho próximo, após o que a Comissão Europeia procederá a uma avaliação, tendo em conta os critérios agora endossados pelo Conselho Europeu.

Entre os seis critérios que serão tidos em conta na apreciação das candidaturas conta-se um, a "desejável distribuição geográfica das agências", que à partida é desfavorável a Portugal, pois o país já acolhe duas agências da UE, a de Segurança Marítima e o Observatório da Droga (ambas em Lisboa), enquanto vários Estados-membros não têm nenhuma.

Os outros cinco critérios objectivos são a garantia de que a agência pode começar a operar na nova localização à data da saída do Reino Unido, assegurar que a instituição continua a ser "atractiva" em termos de recrutamento, a acessibilidade da localização, a existência de estabelecimentos de ensino adequados para os filhos dos funcionários da agência, e acesso apropriado ao mercado de trabalho, à segurança social e a cuidados médicos por parte dos cônjuges e filhos dos funcionários.

 

Esta quinta-feira, à margem do Conselho Europeu, a chanceler alemã garantiu não ter feito quaisquer "acordos concretos" acerca da transferência das duas agências europeias sediadas em Londres. Assim, Berlim e Paris não estabeleceram qualquer acordo prévio para a transferência da Agência Europeia do Medicamento (AEM) para Lille e da Autoridade Bancária Europeia (EBA) para Frankfurt.




A sua opinião25
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado Anónimo Há 4 semanas

Em que estudos técnicos é que te baseaste ó costa??? Voces com isto tudo arranjaram maneira do Instituto não vir para cá, está resolvido. Só uma questão, atualmente onde está sediado o Instituto em Inglaterra (pais muuuuiiito maior que o nosso)? Será em Londres? Pois.......

comentários mais recentes
Anónimo Há 4 semanas

Costa já percebeu que a agência não vem para Portugal de modo algum. Matreirice típica papa-tolos do PS.

Anónimo Há 4 semanas

Mentiroso, traiçoeiro, desonesto, invertebrado, sem escrupulos e malabarista.

Anónimo Há 4 semanas

A redução de custos anuais no sector público através do sistema de mobilidade especial ou requalificação dava para pagar uma frota de meios aéreos de combate e prevenção de incêndios todos os anos assim como a constituição e manutenção de um bom parque de maquinaria silvícola para limpar zonas problemáticas como a área envolvente daquela recta-crematório da morte.

pertinaz Há 4 semanas

HÁ MESES QUE SE SABE QUE A AGÊNCIA NÃO VEM PARA PORTUGAL ... COSTA É UM ESTUPOR ASSASSINO, MANIPULADOR DE MASSAS... NADA MAIS...!!!

ver mais comentários
pub
pub
pub
pub