Ambiente Ambientalistas da Zero querem que todos os sacos de plástico paguem taxa

Ambientalistas da Zero querem que todos os sacos de plástico paguem taxa

A associação ambientalista Zero defendeu hoje que a taxa actualmente aplicada aos sacos de plástico leves deve ser alargada a todos os sacos, mesmo os de papel, desde que de uma só utilização.
Ambientalistas da Zero querem que todos os sacos de plástico paguem taxa
Bruno Simão
Lusa 02 de julho de 2017 às 12:07

O objectivo é reduzir o consumo de plástico, um resíduo que polui os oceanos e afeta animais e aves, refere a Associação Sistema Terrestre Sustentável, Zero, realçando ter a introdução de uma taxa ambiental sobre os sacos de plástico leves em Fevereiro de 2015 demonstrado que "taxar este tipo de produtos supérfluos é eficaz".

A Zero refere, em comunicado, que "a taxação de sacos de plástico deverá ser extensível a todos os sacos de plástico, independentemente da sua espessura, bem como a sacos de papel, sempre que o seu design seja dirigido para uma única utilização".




A sua opinião2
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Juca 02.07.2017

Mais uma encomenda do governo. Depois dizem que foi uma proposta popular e aceite pelo governo e vai legislar nesse sentido. O governo até nem se tinha lembrado disso.

Anónimo 02.07.2017

A quantidade de plástico a flutuar nos oceanos aumentou 100 x nos últimos 30 anos.Dá que pensar sobre os maus hábitos dos hipermercados,comércio, pessoas...Como não há consciência ambiental, concordo que se apliquem taxas ao uso do plástico, para quem usa e abusa deste.