Economia António Costa considera Papa Francisco referência para crentes e não crentes

António Costa considera Papa Francisco referência para crentes e não crentes

O primeiro-ministro, António Costa, disse hoje esperar que a visita do papa Francisco constitua "24 horas de grande alegria e partilha", considerando o líder da Igreja Católica uma referência para crentes e não crentes.
António Costa considera Papa Francisco referência para crentes e não crentes
Carlos Barroso/Correio da Manhã
Lusa 12 de maio de 2017 às 21:48
"É com grande alegria que recebemos em Portugal o papa Francisco, uma referência certamente para os crentes, mas uma referência para todos aqueles que acreditam nos valores da paz, nos valores da humanidade, nos valores da dignidade da pessoa humana", afirmou António Costa num vídeo divulgado nas redes sociais.

Nas páginas oficiais do primeiro-ministro no Twitter e no Instagram, António Costa disse esperar que a visita apostólica de Francisco constitua "24 horas de grande alegria e partilha entre todos".

O papa Francisco foi hoje recebido com entusiasmo por milhares de pessoas em Fátima, fez, em silêncio, uma longa oração junto à imagem de Nossa Senhora de Fátima, e pediu a "concórdia entre todos os povos".

Jorge Mario Bergoglio, que no sábado vai canonizar os pastorinhos Francisco e Jacinta, chegou às 16:10 à base de Monte Real, sendo recebido pelas três principais figuras do Estado - o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, o primeiro-ministro, António Costa, e o presidente da Assembleia da República, Ferro Rodrigues.

Francisco é o quarto papa a visitar Fátima. Os anteriores papas que estiveram no maior templo mariano do país foram Paulo VI (1967), João Paulo II (1982, 1991, 2000) e Bento XVI (2010).

A sua opinião2
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Analfabetismo crónico! Há 1 semana

Conselheiro de Trump já ponderaste voltar à escola primária. És um autêntico desastre na escrita e só fazes figuras tristes.

Desanimado Há 1 semana

Devia sim ser uma referência, mas olhando para a selvajaria e desigualdades no mundo ocidental parece-me que só é referência ao domingo depois volta tudo às suas vidinhas diabólicas. Enfim é brincar ao catolicismo.

pub
pub
pub
pub