Política António Costa faz balanço de um ano de Governo respondendo a perguntas de cidadãos

António Costa faz balanço de um ano de Governo respondendo a perguntas de cidadãos

O primeiro ano do Governo do PS será assinalado no sábado com eventos "de proximidade" dos ministros e com o primeiro-ministro a responder, em Lisboa, a perguntas de cidadãos seleccionados pelo Instituto de Ciências Sociais, revelou hoje o executivo.
António Costa faz balanço de um ano de Governo respondendo a perguntas de cidadãos
Miguel Baltazar
Lusa 24 de Novembro de 2016 às 14:50

"O Governo assinala no próximo sábado o seu primeiro ano e vai fazê-lo em proximidade com os cidadãos nos diversos distritos e em proximidade com os cidadãos respondendo directamente às suas perguntas", afirmou aos jornalistas a secretária de Estado Adjunta do primeiro-ministro, Mariana Vieira da Silva.

 

O primeiro-ministro, António Costa, responderá a perguntas de um painel de cidadãos seleccionados pelo ICS, numa investigação coordenada pela politóloga Marina Costa Lobo, do Observatório da Qualidade da Democracia, sendo que "o Governo desconhece" as questões e temas envolvidos, e não teve intervenção na selecção das pessoas, escolhidas com critérios de representatividade da sociedade portuguesa.

 

As perguntas serão colocadas durante uma hora e meia, entre as 16:00 e as 17:30, na entrada da reitoria da Universidade de Lisboa, neste evento em que estará António Costa e todos os ministros, seguindo-se uma reunião de Governo, como ministros e secretários de Estado, no mesmo local, para fazer o balanço do primeiro ano governativo.

 

Não se trata de um Conselho de Ministros, mas de uma "reunião de Governo" destinada a fazer um balanço do primeiro ano de governação, sobre o qual o Governo deverá igualmente divulgar publicamente, antes de sábado, a relação quantitativa das medidas concretizadas.

 

O painel de perguntas ao primeiro-ministro, em que estarão igualmente os ministros, insere-se na medida prevista no programa de Governo de uma "avaliação anual do cumprimento das promessas" contidas nesse mesmo documento.

 

Estava previsto que decorresse "com a participação de um grupo de cidadãos escolhidos aleatoriamente de entre eleitores que se pré-inscrevam", mas considerou-se que essa forma de pré-inscrição enviesaria os resultados, tendo-se optado, então, por entregar a realização desta auscultação ao ICS.

 

A sessão de sábado será a primeira com um painel de 60 pessoas seleccionadas por quotas de representatividade da sociedade portuguesa - género, idade, área de residência e rendimentos - para um estudo, a divulgar pelo ICS, posteriormente.

 

Todos os ministros, com excepção do ministro dos Negócios Estrangeiros, ausente em visita oficial, estarão de manhã pelo país em iniciativas em que farão um balanço sectorial das medidas previstas no programa de Governo.

 

Entre as acções previstas, inclui-se a deslocação do ministro das Finanças, Mário Centeno, ao serviço de sistemas de informação da Autoridade Tributária, em Lisboa, a visita da ministra da Justiça, Francisca Van Dunem, ao Tribunal de Portel (distrito de Évora), um dos tribunais encerrados em 2014 e que reiniciará actividade em 2 de Janeiro de 2017.

 

O ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, estará na assinatura de um protocolo para a requalificação do pavilhão gimnodesportivo da Escola Básica 2,3 Maria Alberta Meneres, em Sintra, e o ministro da Cultura, Luís Filipe de Castro Mendes, estará fora do país, em Estrasburgo, França, num mercado de Natal, em que Portugal é o país convidado, representado pelo município de Idanha-a-Nova.

 




A sua opinião2
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
pertinaz Há 1 semana

SR. COSTA (DESCENDENTE DE INDIANOS)

SOMOS UM POVO TOLERANTE E DE BRANDOS COSTUMES...

... MAS NÃO ACEITAMOS SER GOVERNADOS POR UM DITADOR...

... DEFENSOR DE UMA SOCIEDADE DE CASTAS...

... EM QUE UNS SÃO FIHLOS E OUTROS ENTEADOS...

JÁ CHEGA DE CANALHICE !!!

Anónimo Há 1 semana

Se puder explicar de forma muito simples e objectiva porque mente tanto eu ficava enternecido. Já agora diga também porque omite tanta coisa e manipula os dados? E por último até onde pretende levar a dívida pública? 150% PIB, 200%? Só uma ideia, nada muito rigoroso..

pub
pub
pub
pub