Economia António Costa mantém visita de Estado à Índia e estará ausente do funeral

António Costa mantém visita de Estado à Índia e estará ausente do funeral

O primeiro-ministro, António Costa, comunicou hoje que estará ausente do funeral do antigo Presidente da República Mário Soares, numa declaração em que enviou condolências aos filhos do fundador do PS, João e Isabel Soares.
António Costa mantém visita de Estado à Índia e estará ausente do funeral
Pedro Garcia/Flash
Lusa 07 de janeiro de 2017 às 17:26

"Estando em visita de Estado, não poderei estar pessoalmente presente, mas envio ao João, a Isabel, filhos de Mário Soares, e aos netos, envio daqui um grande abraço e uma saudade que, para mim, será sempre eterna", declarou o líder do executivo.

 

O antigo Presidente da República Mário Soares morreu hoje aos 92 anos, no Hospital da Cruz Vermelha, em Lisboa, onde se encontrava internado desde o dia 13 de dezembro.

António Costa, no âmbito da sua visita de Estado à Índia, parte esta noite para Bangalore, seguindo depois para os do Gujarat e de Goa, tendo regresso marcado para quinta-feira.




A sua opinião5
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Daniel Almeida Santos 07.01.2017

Tinha que aproveitar a viagem à Índia, porque é à conta dos Tugas, e se não fosse agora, talvez nunca mais teria oportunidade, porque se calhar a Geringonça irá desaparecer?

Anónimo 07.01.2017

Imagem exemplificadora do que foi:parece que esta a tentar dar a volta ao d,branca como fez com o ladrao 44 quando recebia anualmente um milhao de euro dos desgracados para alimentar a mosteirada que inventou so para depenar o privado.Infelizmente nao saira tao cedo da nossa frente.

Damy D'Álmeida 07.01.2017

Em primeiro lugar tá o c# dele claro ... oportunista

Anónimo 07.01.2017

O hippertenso irrequieto teatra por ele e pelo d.branca,nao e por aqui que se vao sentir falhas na cena.

ver mais comentários
Saber mais e Alertas
pub