Orçamento do Estado António Costa reuniu-se com BE e PCP para ultimar Orçamento do Estado

António Costa reuniu-se com BE e PCP para ultimar Orçamento do Estado

O primeiro-ministro manteve esta tarde uma ronda de reuniões separadas com os parceiros da geringonça para ultimar a proposta de Orçamento para 2017.
António Costa reuniu-se com BE e PCP para ultimar Orçamento do Estado
Miguel Baltazar
Negócios 04 de outubro de 2016 às 19:26
A dez dias da apresentação da proposta de Orçamento do Estado para 2017, o primeiro-ministro encontrou-se com o Bloco de Esquerda e o PCP para afinar os últimos pormenores. 

Os encontros, avançados em primeira mão pelo Observador e já confirmados pelo Negócios, foram feitos separadamente, com cada um dos parceiros que sustentam a geringonça, como tem acontecido até aqui por preferência dos comunistas. 

A delegação do Bloco de Esquerda foi encabeçada por Catarina Martins e contou ainda com Mariana Mortágua, Pedro Filipe Soares e Jorge Costa. Já o PCP fez-se representar por Jerónimo de Sousa, João Oliveira e Jorge Cordeiro. 

A reunião é o culminar de trabalhos mantidos entre os três partidos nos últimos meses, quer através dos grupos de trabalho constituídos (onde participa apenas o BE) quer através de encontros bilaterias com o PCP.

Uma das matérias mais sensíveis prende-se com o aumento das pensões, que comunistas e bloquistas querem que tenham um aumento de 10 euros, ao passo que o Governo privilegia uma solução que passe pelo reforço do complemento solidario para idosos (CSI), desenhado para os reformados pobres.  





A sua opinião29
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado saraiva14 04.10.2016

Está em boa companhia! É uma nova Troika! Mais concretamente são os troiskistas!

comentários mais recentes
Anónimo 06.10.2016


PS DEIXA MORRER UTENTES DO SNS... PARA DAR MAIS DINHEIRO À FP:

- PS aumenta despesa com salários da FP em 500 milhões de Euros;

- PS reduz horário da FP para 35 horas;

- PS corta orçamento dos Hospitais Públicos.

Anónimo 06.10.2016

E se acabassem com o concurso de 1000 inspetores tributários??? Num País com 10 mil milhões de euros de fuga ao fisco por ano como é que um concurso destes demora dois anos e vai demorar ainda mais um ano???

Pedra do Guilhim 05.10.2016

Tudo gente boa, xixas, kumunas e brochiistas.

Ó valha-nos Santa Ingrácia 05.10.2016

xuxxas

ver mais comentários
pub
pub
pub
pub