Economia Assembleia da República prevê gastar 79,8 milhões em 2018

Assembleia da República prevê gastar 79,8 milhões em 2018

Maior fatia dos gastos será com pessoal, mantendo os deputados um nível de rendimentos idêntico ao de 2017, com uma média anual bruta de 51 mil euros. A despesa cai face a 2017 porque diminuem as subvenções aos partidos políticos.
Assembleia da República prevê gastar 79,8 milhões em 2018
Pedro Elias
Filomena Lança 19 de outubro de 2017 às 11:51

O Parlamento estima gastar 104,9 milhões de euros em 2018, menos 37,7% que o previsto para 2017 e uma diferença de mais de 60 milhões explicada em quase toda a linha pelas subvenções aos partidos políticos que tiveram de ser maiores por causa das eleições autárquicas.

 

De acordo com a resolução publicada esta quinta-feira, 19 de Outubro, em Diário da República, a maior fatia da despesa vai para as despesas com pessoal, num total de 50,2 milhões de euros. Entre vencimentos ordinários e extraordinários, os deputados vão receber 11,7 milhões de euros, uma média anual de cerca de 51 mil euros brutos. O valor é igual ao de 2016, mantendo os deputados o corte de 5% que é aplicado ao vencimento de políticos, gestores públicos e membros de gabinetes e que foi aprovada em 2010 como medida "simbólica", mas vai a caminho do nono ano consecutivo.

 

O Parlamento reserva também 16,7 milhões para aquisições de bens e serviços, um valor ligeiramente abaixo do deste ano e onde se incluem gastos com bens de consumo e encargos com as instalações. Em papel, por exemplo, estima-se gastar 38 mil euros, menos do que os 41,5 mil euros orçamentados para 2017. Para os encargos com as instalações irão 935 mil euros e para transportes 3,4 milhões.




A sua opinião3
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Anónimo Há 4 semanas

TANTO DINHEIRO PARA TÃO POUCA PRODUTIVIDADE!

Anónimo Há 4 semanas

Assembleia da República prevê gastar 79,8 milhões em 2018

TANTO DINHEIRO PARA TANTO MALANDRO!

Mr.Tuga Há 4 semanas

Aquela coisa "AR" mais parece uma S.A., com 230 mamoes, só que SUSTENTADA por contribuintes....

pub