Eleições Assunção Cristas: “Esta é uma noite histórica para o CDS”

Assunção Cristas: “Esta é uma noite histórica para o CDS”

Foi uma Assunção Cristas com um sorriso de orelha a orelha que comentou, perante os militantes e a imprensa, os resultados do CDS. Sublinhando que o partido manteve e reforçou as suas cinco câmaras, a líder do partido disse que os objectivos “foram superados”.
Assunção Cristas: “Esta é uma noite histórica para o CDS”
João Miguel Rodrigues
Bruno Simões 01 de outubro de 2017 às 21:58

A noite eleitoral correu bem ao CDS e Assunção Cristas é reflexo disso. A líder centrista, e candidata à câmara de Lisboa, deverá ter conquistado o segundo lugar na capital, e garante que o partido conseguiu manter e reforçar as suas cinco presidências de câmara, que conquistou em 2013. "Esta é uma noite histórica para o CDS. É uma noite histórica para o nosso partido", reagiu.

 

"Posso dizer-vos hoje que os objectivos foram superados", com as cinco câmaras lideradas por candidatos centristas "garantidas" e "reforçadas". No Porto, o candidato Rui Moreira, apoiado pelo CDS, teve um "resultado muito positivo" – que poderá não chegar à maioria absoluta, e Assunção Cristas já lhe telefonou "para o felicitar".

 

Cristas dedicou as primeiras palavras a "todos aqueles que confiaram o seu voto ao nosso partido, às coligações em que o CDS esteve envolvido, aquelas que liderou, as que não liderou, aquelas em que apoiamos independentes". E deu as boas vindas aos novos eleitores do partido. "Muitos sei que votaram no CDS pela primeira vez: sejam bem-vindos, não vamos defraudar o vosso voto".

 

Assunção Cristas deverá ter três a quatro vereadores na câmara de Lisboa e um resultado entre 18 a 21%, o melhor de sempre do partido na capital.




pub