Economia Aumento do subsídio de refeição em Agosto vai pagar IRS
Assinatura Digital. Negócios Primeiro Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE

Aumento do subsídio de refeição em Agosto vai pagar IRS

Os 25 cêntimos que a Função Pública vai receber a mais de subsídio de refeição a partir de Agosto de 2017 vão ser sujeitos a tributação, seja em IRS, seja em descontos para a Segurança Social, no caso dos funcionários abrangidos.
Aumento do subsídio de refeição em Agosto vai pagar IRS
Cofina Media
Filomena Lança 28 de dezembro de 2016 às 00:01

Uma proposta de alteração ao Orçamento do Estado para 2017 introduzida pelo PS determinou que o aumento de 25 cêntimos no subsídio de refeição, de que os funcionários públicos vão

Assinatura Digital. Negócios Primeiro
Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE
Análise, informação independente e rigorosa.
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo,
nas empresas, nos mercados e na economia.
  • Inclui acesso ao ePaper, a versão do Negócios tal como é impresso em papel. Veja aqui.
  • Acesso ilimitado a todo o site negocios.pt
  • Acesso ilimitado via apps iPad, iPhone, Android e Windows
Saiba mais



A sua opinião13
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado saraiva14 Há 4 semanas

Que vergonha! Quererem receber imposto sobre um subsídio de refeição que nem dá para almoçar! Só próprio da esquerda, democrata, porca, ordinária, sem vergonha e, pasme-se, defensora dos trabalhadores! ( e das empresas, também!)

comentários mais recentes
pertinaz Há 3 semanas

AH VALENTES ...!!!

A ESCUMALHA NÃO DÁ PONTO SEM NÓ...

Inacreditável Há 3 semanas

Será que no JdN leram o OE para 2017 aprovado pela Lei n.º 48/2016, de 28/12? Em lado nenhum está determinada tributação relativa a esta matéria. Será que estes jornalistas acham que temos a 1ª classe? VERGONHA

tenham vergonha Há 3 semanas

Os FPs são "pobres" e mal agradecidos.
Sabeis quanto vai ser o "AUMENTO" das pensões dos desgraçados que recebem até 800€s/mês ?
Pois são de 20 CÊNTIMOS por dia.
Cheios de benesses e regalias os FPs são a vergonha deste país POBRE.

portulord Há 3 semanas

já hoje se paga IRS no subsidio de alimentação a partir de um determinado valor

ver mais comentários
Notícias só para Assinantes
Exclusivos, análise, informação independente e credível. Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia. Inclui acesso à versão ePaper.
Mais uma forma de ler as histórias
da edição impressa do Negócios.
Se ainda não é Assinante Saiba mais
pub
pub
pub
pub