Finanças Públicas Austeridade espanhola e alemã foi a que mais penalizou a economia portuguesa
Assinatura Digital. Negócios Primeiro Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE

Austeridade espanhola e alemã foi a que mais penalizou a economia portuguesa

Um novo estudo do FMI revela as consequências negativas de os países do euro terem feito austeridade ao mesmo tempo, potenciando o contágio para lá das suas fronteiras. Proximidade geográfica e dimensão da economia são os principais factores.
Austeridade espanhola e alemã foi a que mais penalizou a economia portuguesa
Reuters
Nuno Aguiar 10 de julho de 2017 às 00:01

O sismo de 1755 não afectou apenas Lisboa. As ondas de choque propagaram-se da costa portuguesa até ao Sul de Espanha, tendo chegado até à Finlândia. Fazer austeridade em países integrados em zonas econó

)

Assinatura Digital. Negócios Primeiro
Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE
Análise, informação independente e rigorosa.
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo,
nas empresas, nos mercados e na economia.
  • Inclui acesso ao ePaper, a versão do Negócios tal como é impresso em papel. Veja aqui.
  • Acesso ilimitado a todo o site negocios.pt
  • Acesso ilimitado via apps iPad, iPhone, Android e Windows
Saiba mais



A sua opinião2
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado Anónimo 10.07.2017

Soubesse e pudesse a economia portuguesa criar valor orientando-se por e para o mercado global e alocando inputs convenientemente seguindo igualmente os preceitos dos respectivos mercados de cada um daqueles. Excedentarismo, compadrio, proteccionismo e subsidiodependência legitimadas pela falta de integridade e transparência reinantes não trazem prosperidade, equidade e sustentabilidade. Não se fazem omeletes sem ovos.

comentários mais recentes
pertinaz 10.07.2017

BEM ME PARECIA QUE A AUSTERIDADE DA ESCUMALHA ESTÁ A SER BASTANTE MAIS PREJUDICIAL...

JÁ MATARAM 64 PESSOAS E O ARMAMENTO PESADO ANDA A SER ROUBADO POR BANDIDOS...!

Anónimo 10.07.2017

Soubesse e pudesse a economia portuguesa criar valor orientando-se por e para o mercado global e alocando inputs convenientemente seguindo igualmente os preceitos dos respectivos mercados de cada um daqueles. Excedentarismo, compadrio, proteccionismo e subsidiodependência legitimadas pela falta de integridade e transparência reinantes não trazem prosperidade, equidade e sustentabilidade. Não se fazem omeletes sem ovos.

Notícias só para Assinantes
Exclusivos, análise, informação independente e credível. Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia. Inclui acesso à versão ePaper.
Mais uma forma de ler as histórias
da edição impressa do Negócios.
Se ainda não é Assinante Saiba mais
pub