Eleições Autárquicas: quantos eleitores portugueses e estrangeiros podem votar no seu concelho?

Autárquicas: quantos eleitores portugueses e estrangeiros podem votar no seu concelho?

Há 9.396.680 pessoas recenseadas para as eleições autárquicas de 1 de Outubro, incluindo mais de 27 mil de origem estrangeira. Conheça a distribuição dos recenseados pelos 308 municípios do país.
Autárquicas: quantos eleitores portugueses e estrangeiros podem votar no seu concelho?

A Secretaria Geral do Ministério da Administração Interna publicou em Diário da República esta segunda-feira, 17 de Julho, o mapa com o número de eleitores inscritos no recenseamento eleitoral para as eleições autárquicas. No total, há 9.396.680 pessoas habilitadas a participar na votação agendada para 1 de Outubro, incluindo mais de 27 mil estrangeiros.

 

O Negócios compilou os dados referentes a todos os municípios portugueses e mostra-lhe neste mapa interactivo, para cada um deles, qual o número total de eleitores recenseados, quantos são cidadãos nacionais, quantos são originários dos 28 Estados-membros da União Europeia e quantos são provenientes dos 11 países extra-comunitários com quem Portugal tem um acordo de reciprocidade que garante esta capacidade eleitoral.

 

Lisboa, Amadora e Vila Nova de Gaia são os concelhos onde mais pessoas podem deslocar-se às urnas, com os dois primeiros a surgirem em destaque, respectivamente, em termos de inscritos que são cidadãos comunitários e que nasceram fora da União Europeia. Dos 308 municípios, apenas oito não têm qualquer estrangeiro recenseado: Mêda (distrito da Guarda), Crato e Sousel (distrito de Portalegre), Boticas e Mesão Frio (distrito de Vila Real), Penedo e Vila Nova de Paiva (distrito de Viseu) e Calheta (Açores).






pub