Mundo Autoridades japonesas recomendam retirada de 64 mil pessoas com chegada de tufão Talim

Autoridades japonesas recomendam retirada de 64 mil pessoas com chegada de tufão Talim

As autoridades japonesas recomendaram este domingo a retirada de cerca de 64 mil pessoas depois da chegada do tufão Talim ao sul do arquipélago, onde causou já fortes alterações nos transportes do país.
Autoridades japonesas recomendam retirada de 64 mil pessoas com chegada de tufão Talim
Lusa 17 de setembro de 2017 às 12:18

O Talim, 18.º tufão da temporada no Pacífico, atingiu terra às 11:30 (03:30 em Lisboa) na cidade de Minami-Kyushu, no extremo sul da ilha de Kyushu, onde provocou chuvas e ventos fortes.

 

A tempestade levou à emissão de uma ordem de retirada para 448 pessoas em várias zonas nas localidades de Kumamoto e Miyazaki, com as autoridades a recomendarem a retirada de cerca de 64 mil residentes em outras cidades da ilha, de acordo com dados recolhidos pela cadeia pública japonesa NHK.




A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
pub