Economia Autoridades suíças investigam origem de mais de 80 mil euros que apareceram nos esgotos do UBS

Autoridades suíças investigam origem de mais de 80 mil euros que apareceram nos esgotos do UBS

Além do banco suíço em Genebra, também as canalizações de três restaurantes foram afectadas em Maio pelo bloqueio com notas de 500 euros.
Autoridades suíças investigam origem de mais de 80 mil euros que apareceram nos esgotos do UBS
Bloomberg
Negócios 18 de setembro de 2017 às 18:36
As autoridades judiciais de Genebra estão a investigar a origem de dezenas de milhares de euros, organizados em maços de notas de 500 euros, surgidas há quatro meses nas redes de águas residuais que servem os cofres do banco UBS naquela cidade suíça.

"Mais do que interessados no motivo, queremos estar seguros da origem do dinheiro," disse à Reuters Vincent Derouand, porta-voz da procuradoria suíça.

Além da rede de águas residuais que serve o banco, também a que liga outros três restaurantes ficou bloqueada pelas notas em Maio passado, cujo montante total ascende a cerca de 80 mil euros, avança o jornal Tribune de Geneve.

O dinheiro foi apreendido, mas o porta-voz diz que não há razões para pensar que esteja ligado a actividades ilegais. Recorde-se que no ano pasada o BCE anunciou o fim das notas de 500 euros dada a sua utilização frequente em actividades ilícitas, incluindo lavagem de dinheiro. 

Na altura, duas pessoas ter-se-ão oferecido para compensar os restaurantes pelo entupimento das canalizações, enquanto estes estabelecimentos retiraram a queixa feita na altura.