Política Balanço de um ano de Governo: da descrença à esperança

Balanço de um ano de Governo: da descrença à esperança

António Costa parece ter conquistado a confiança dos portugueses. Mas não foi sempre assim.

António Costa parece ter conquistado a confiança dos portugueses. Mas não foi sempre assim, pelo contrário: em Dezembro, o índice de expectativas dos portugueses face ao Governo, calculado pela Aximage para o Negócios, dava ao governo socialista apenas 9 pontos, contrastando com os 54 que o Executivo de Passos Coelho obtivera no seu primeiro mês de governação. Mas a situação rapidamente se inverteu e em Janeiro o governo de António Costa já gerava um índice de expectativas de 40, nível que, com altos e baixos, se consolida a partir de Abril até agora. Em média, o índice de a expectativas ao longo deste primeiro ano foi de 32 pontos, o que contrasta com -5 do seu antecessor.



A sua opinião3
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Julia Correia Há 1 semana

Esperança? Lol... só se for de desapareceram rapidamente !

Só com provas dadas se pode avaliar alguém Há 1 semana

foi o caso do governo anterior (de triste memória) e, é o caso do atual que foi condenado antecipadamente e que passado um ano se verifica ser o melhor dos últimos 30 anos. Se é verdade que ser pior que o anterior seria difícil. A verdade é que conseguiu unir os Portugueses em torno objetivos comuns

Hermínia Martins Há 1 semana

esperança em quem votem votem neles memoria curta

pub