Conjuntura Banco de Espanha prevê que economia cresça acima de 2% até 2018

Banco de Espanha prevê que economia cresça acima de 2% até 2018

O Banco de Espanha mantém a sua previsão de crescimento de Espanha para este ano e prevê que a economia cresça mais de 2% até 2018. O desemprego deverá descer para os 15% em 2019.
Banco de Espanha prevê que economia cresça acima de 2% até 2018
Reuters
Sara Antunes 14 de Dezembro de 2016 às 13:16

O Banco de Espanha prevê que a economia espanhola cresça 3,2% este ano, o que significa que não mexeu nas estimativas anteriores. Já para os próximos anos, a estimativa é de uma expansão de 2,5% em 2017 e 2,1% no ano seguinte. Já em 2019, o crescimento económico de Espanha deverá ser de 2%.

 

Já sobre o desemprego, a previsão do banco central aponta para que a taxa desça para 19,6% este ano e para 17,7% em 2017.

 

"Como é habitual nos períodos expansivos da economia espanhola, a criação de emprego continua a ser elevada em relação ao ritmo de crescimento do PIB, o que contribuirá para a redução da taxa de desemprego, que se situará, no final do horizonte de projecção [2019], ligeiramente abaixo dos 15% de população activa", realça o relatório do Banco de Espanha, citado pelo Expansión.




A sua opinião3
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado Anónimo Há 6 dias



Ou seja:

o triplo da geringonça!

comentários mais recentes
ads Há 6 dias

Uau até parecem os nossos tugas a crescer ahahaa

Anónimo Há 6 dias


JUSTIÇA SOCIAL

CORTAR NAS PENSÕES ATUAIS DOS LADRÕES FP / CGA

Todas as pensões da FP, devem ter um corte imediato de 50% (acaba-se já com o défice orçamental)!

Anónimo Há 6 dias



Ou seja:

o triplo da geringonça!

pub