Política Monetária Banco do Japão adia meta para atingir inflação de 2% até 2019

Banco do Japão adia meta para atingir inflação de 2% até 2019

O segundo trimestre de 2019 é agora a previsão para que a inflação atinja os 2%.
Banco do Japão adia meta para atingir inflação de 2% até 2019
Lusa 20 de julho de 2017 às 07:28
O Banco do Japão (BoJ) voltou a adiar esta quinta-feira, 20 de Julho, a data para alcançar uma inflação anual em torno dos 2%, apontando agora para o segundo trimestre de 2019.

No relatório trimestral sobre as perspectivas económicas, o banco central japonês baixou em duas décimas o prognóstico sobre a inflação para o exercício fiscal de 2018, que termina em Março de 2019, em relação à previsão de Abril, e considerou que a subida média de preços pode situar-se à volta dos 1,5%.

Isto aliena qualquer possibilidade de ultrapassar o referido exercício acima do nível de 2%, valor que seria superado no ano fiscal de 2019, quando o BoJ espera um aumento dos preços de 2,3%.



A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
pub