Europa Barcelona-Las Palmas vai jogar-se no Camp Nou à porta fechada

Barcelona-Las Palmas vai jogar-se no Camp Nou à porta fechada

Depois de a liga de futebol espanhola ter rejeitado o pedido de adiamento do jogo desta tarde entre o Barcelona e o Las Palmas, a partida vai realizar-se à porta fechada no estádio dos catalães.
Barcelona-Las Palmas vai jogar-se no Camp Nou à porta fechada
Reuters
Negócios 01 de outubro de 2017 às 15:37

O FC Barcelona decidiu que o jogo diante do Las Palmas marcado para a tarde deste domingo no seu estádio, o Camp Nou, vai ser disputado à porta fechada.

 

Agendado para as 16:15 locais (15:15 em Lisboa) deste domingo, 1 de Outubro, data marcada pela realização do referendo independentista na Catalunha à revelia das autoridades centrais de Madrid, o jogo entre o Barcelona e a equipa das Canárias será realizado sem público devido a questões de segurança.


Em comunicado divulgado esta tarde, a direcção do "barça" alia-se ao governo catalão (Generalitat) condenando as acções das forças de segurança espanholas que têm agido por forma a "impedir os catalães de exercerem o seu direito democrático à livre expressão".

 

A direcção "culé" explica ter solicitado o adiamento do jogo, contudo viu o pedido rejeitado por parte da liga de futebol espanhola. Assim, e tendo em conta "a natureza excepcional" dos acontecimentos de hoje na Catalunha o Barcelona optou por disputar o jogo à porta fechada. Na sequência da rejeição da liga espanhola, o vice-presidente do Barcelona, Carles Villarubí, pediu a demissão, segunda avançou o El Periódico. Nesta altura a bola já rola no Camp Nou.


Os acontecimentos a que se refere a direcção "culé" são os vários registos de confrontos entre catalães e as forças de segurança que tem ordens para impedir a realização do referendo independentista promovido pela Generalitat e considerado "ilegal" pelo Tribunal Constitucional. Há registo de mais de 300 feridos. Além dos incidentes entre a população e a polícia espanhola, há também registo de incidentes verbais entre elementos da Guardia Civil e dos Mossos d'Esquadra (polícia local catalã).




A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
pub
pub
pub
pub