Política Monetária BCE em compasso de espera até Dezembro?
Assinatura Digital. Negócios Primeiro Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE

BCE em compasso de espera até Dezembro?

O BCE não deverá anunciar novas medidas esta quinta-feira, segundo a maioria dos economistas. Mas o mercado estará atento às palavras de Draghi para recolher pistas sobre se o BCE reforçará os estímulos ou se está já a pensar na estratégia de retirada.
BCE em compasso de espera até Dezembro?
Reuters
Rui Barroso 20 de Outubro de 2016 às 07:00

Mario Draghi está quase a completar o quinto aniversário na liderança do BCE. E, nesse período, não teve receio de ir buscar a artilharia pesada para combater a inflação e espicaçar a economia da

Assinatura Digital. Negócios Primeiro
Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE
Análise, informação independente e rigorosa.
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo,
nas empresas, nos mercados e na economia.
  • Inclui acesso ao ePaper, a versão do Negócios tal como é impresso em papel. Veja aqui.
  • Acesso ilimitado a todo o site negocios.pt
  • Acesso ilimitado via apps iPad, iPhone, Android e Windows
Saiba mais



A sua opinião3
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado Anónimo Há 2 semanas


Comemorações Oficiais

FP . CGA – 40 ANOS A ROUBAR OS TRABALHADORES E PENSIONISTAS DO PRIVADO


Porque é que 4 500 000 de trabalhadores privados têm de continuar a pagar a reposição dos salários, das pensões e das mordomias dos 500 000 funcionários públicos?

É uma medida populista que vai enterrar o país em mais 10 000 milhões € nos próximos anos!

Chega de mordomias para os funcionários públicos, são as 35 horas de trabalho, os dias de férias que começam nos 25 dias, as reformas muito acima dos restantes mortais e com muito menos anos de descontos, o bloco de "desculpas" para faltar ao trabalho, as inúmeras greves dos inúteis sindicatos, a impossibilidade de serem despedidos.


comentários mais recentes
Eduardo Nuno Barros Mascarenhas Há 2 semanas

ui se muda a politica do bce já fomos...

José Julio Teigas Há 2 semanas

... isso Não tem Importância - É uma Konsequência... ~ Vai Já a seguir a SEQUÊNCIA: KUANTICA: ... : : : ... : Kual É o facto _ á medida Kue desejam aplicar a vossa Situação. ... ... : Tão duradoira - ... pois já passaram 40 estóicos anos - de INDIGÊNCIA - TOTAL: ... ... : : : : se nâo existe Dinheiro em 2017 - no Orçamento ... ... : : : Komo É Kue vai existir DINHEIRO - Em Sobra _ para o Orçamento de Estado para o Ano de 2018 - ... : ... :

Anónimo Há 2 semanas


Comemorações Oficiais

FP . CGA – 40 ANOS A ROUBAR OS TRABALHADORES E PENSIONISTAS DO PRIVADO


Porque é que 4 500 000 de trabalhadores privados têm de continuar a pagar a reposição dos salários, das pensões e das mordomias dos 500 000 funcionários públicos?

É uma medida populista que vai enterrar o país em mais 10 000 milhões € nos próximos anos!

Chega de mordomias para os funcionários públicos, são as 35 horas de trabalho, os dias de férias que começam nos 25 dias, as reformas muito acima dos restantes mortais e com muito menos anos de descontos, o bloco de "desculpas" para faltar ao trabalho, as inúmeras greves dos inúteis sindicatos, a impossibilidade de serem despedidos.


Notícias só para Assinantes
Exclusivos, análise, informação independente e credível. Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia. Inclui acesso à versão ePaper.
Mais uma forma de ler as histórias
da edição impressa do Negócios.
Se ainda não é Assinante Saiba mais
pub
Saber mais e Alertas
pub
pub
pub