Energia BE avisa que será "enorme desilusão" se PS chumbar "rendas excessivas" na energia

BE avisa que será "enorme desilusão" se PS chumbar "rendas excessivas" na energia

O Bloco de Esquerda considerou hoje que seria "uma enorme desilusão" se o PS chumbasse, na segunda-feira, uma medida que "combate as rendas excessivas das eléctricas e baixa a conta da luz", já aprovada e acordada com o Governo.
BE avisa que será "enorme desilusão" se PS chumbar "rendas excessivas" na energia
Miguel Baltazar/Negócios
Lusa 25 de novembro de 2017 às 21:14
A coordenadora do BE, Catarina Martins, disse hoje que o parlamento aprovou esta sexta-feira, em votação na especialidade da proposta do Orçamento do Estado para 2018, uma medida acordada entre o Bloco e o executivo "para combater as rendas excessivas das eléctricas e com isso baixar a conta da luz para toda a gente".

A aprovação desta medida, com os votos dos socialistas, foi "uma enorme conquista", considerou a responsável bloquista, falando aos jornalistas à margem de uma marcha contra a violência contra as mulheres, hoje à tarde em Lisboa.

No entanto, os deputados do Bloco de Esquerda foram "surpreendidos, ao final do dia [de sexta-feira], pelo facto de o PS ter avocado a medida para segunda-feira para ir a votação uma segunda vez".

"Das duas, uma: ou o fez por reconhecer a importância da medida e quer explicá-la e dar visibilidade a esta decisão ou quer voltar atrás com a sua palavra e não quer afinal esta medida tão importante", advertiu Catarina Martins.

Para a coordenadora bloquista, "seria uma enorme desilusão, não para o Bloco de Esquerda que naturalmente acha muito estranho que o Governo volte atrás com a sua palavra, mas seria uma enorme desilusão para todo o país se o PS na segunda-feira fosse ceder aos lóbis do costume em vez de escolher os portugueses, em vez de escolher quem aqui vive, em vez de baixar a conta da luz para toda a gente".



pub