Economia BE e PCP forçados a segurar Governo perante censura do CDS
Assinatura Digital. Negócios Primeiro Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE

BE e PCP forçados a segurar Governo perante censura do CDS

CDS entrega quarta ou quinta-feira moção de censura ao Governo no Parlamento. PSD fica ao lado dos centristas. Costa reage com naturalidade e Carlos César aproveita para tentar dividir centristas e sociais-democratas.
BE e PCP forçados a segurar Governo perante censura do CDS
Miguel Baltazar

"Quem achar que o Governo fez tudo bem nesta matéria, estará ao lado do Governo." Foi assim que Assunção Cristas antecipou a leitura que fará da votação da moção de censura que o CDS entrega

)

Assinatura Digital. Negócios Primeiro
Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE
Análise, informação independente e rigorosa.
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo,
nas empresas, nos mercados e na economia.
  • Inclui acesso ao ePaper, a versão do Negócios tal como é impresso em papel. Veja aqui.
  • Acesso ilimitado a todo o site negocios.pt
  • Acesso ilimitado via apps iPad, iPhone, Android e Windows
Saiba mais



A sua opinião7
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
comentar
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentários mais recentes
Anónimo 18.10.2017

O excedentarismo e sobrepagamento eleitoralistas, podem ser, para além de manifestamente íniquos e insustentáveis como já se sabia, assassinos. Quem os defende pactua com os criminosos.

Anónimo 18.10.2017

Estas tragédias são sintomáticas da quebra do investimento público em bens de capital, numa altura em que o investimento público em % do PIB em Portugal atingiu um mínimo desde 1960. Não fazer uma boa gestão de recursos humanos promovendo o excedentarismo e fazendo do despedimento um tabu, dá nisto.

General Ciresp 17.10.2017

Vou-me deitar,mas nao antes de avisar que facam pouco ganido no canil parlamentar,por respeito aos assassinados COBARDEMENTE.

General Ciresp 17.10.2017

Diz o ditado:a primeira qualquer um cai,a segunda so cai quem quer,a terceira e preciso ser muito,mas muito BURRO.O d.branca fugiu de Pedrogao,ou pelo menos aparece depois da Batalha perdida,o mesmo com Tancos depois da Batalha perdida e agora com o centro e norte do pais.q valor tem 1 GANAPO destes

ver mais comentários
Notícias só para Assinantes
Exclusivos, análise, informação independente e credível. Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia. Inclui acesso à versão ePaper.
Mais uma forma de ler as histórias
da edição impressa do Negócios.
Se ainda não é Assinante Saiba mais
Notícias Relacionadas
pub