Política BE orgulhoso com descida de taxa de desemprego em Maio

BE orgulhoso com descida de taxa de desemprego em Maio

O BE mostrou-se hoje orgulhoso no caminho feito para fixar a taxa de desemprego de maio no valor mais baixo desde Novembro de 2008, mas mantém preocupações com os números ainda altos e com o desemprego de longa duração.
BE orgulhoso com descida de taxa de desemprego em Maio
Miguel Baltazar
Lusa 28 de julho de 2017 às 13:31

O Instituto Nacional de Estatística reviu hoje em baixa de 0,2 pontos percentuais a taxa de desemprego de maio para 9,2%, o valor mais baixo desde Novembro de 2008, estimando para Junho uma nova descida para 9,0%.

 

"Se estamos orgulhosos do caminho feito, sabemos que temos muito, muito pela frente", referiu Catarina Martins, quando questionada pelos jornalistas na sede do partido sobre estes dados.

 

No entanto, acrescentou, o BE "mantém a preocupação do número do desemprego que ainda é alto, de zonas do país em que o desemprego é ainda um problema grande, do desemprego de longa duração que continua a ser muito preocupante em Portugal e também do problema da precariedade dos novos contratos e baixa remuneração que existe nos novos contratos".

 

"Sempre dissemos que valorizar salários e pensões faria bem à economia porque, ao contrário dos abutres das privatizações que põem o dinheiro nos offshore ou nas suas empresas mães endividadas, quem vive do seu salário e da sua pensão gasta o dinheiro na economia aqui, nas coisas de que necessita e, portanto, tem sempre um efeito muito positivo em toda a economia e, portanto, criaria emprego. Está a provar-se que o que dizíamos tinha razão", defendeu.

 




A sua opinião2
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Tentando Perceber 31.07.2017

Tivesse-mos um líder de Oposição sem complexos que a vossa vaidade acabava, bastava q Passos fosse m acessível com o Costa que a Catarina, a Cristas, o P. República caíam a Pique, Assim todos se passeiam vaidosamente.

Luis Miguel 28.07.2017

O BE fica orgulhoso,leia-se nas entrelinhas, faz parte do Governo, quando os dados são bons, mas quando as coisas correm mal já não faz parte do dito.... Ainda dizem que não temos partidos extremistas e populistas em Portugal...

pub
pub
pub
pub