Orçamento do Estado BE vota a favor do OE2018 mas espera que PS não desiluda país nas rendas da energia

BE vota a favor do OE2018 mas espera que PS não desiluda país nas rendas da energia

A coordenadora do BE anunciou este domingo o voto favorável na votação final global do Orçamento do Estado para 2018 "com a actual configuração", esperando que o PS não desiluda o país com um recuo nas "rendas excessivas" da energia.
BE vota a favor do OE2018 mas espera que PS não desiluda país nas rendas da energia
Lusa 26 de novembro de 2017 às 19:19

"O Bloco de Esquerda, com a actual configuração, com o orçamento como ele está, com o que foi votado até sexta-feira e portanto com todas as medidas que lá estão, naturalmente considera que é um orçamento que faz alguma evolução e a Mesa Nacional decidiu votar favoravelmente o orçamento na votação final global", disse Catarina Martins em conferência de imprensa, após a reunião do órgão máximo do partido entre convenções.

 

No entanto, a coordenadora do BE voltou a manifestar a preocupação com a avocação pelo PS da medida, proposta pelos bloquistas e que sexta-feira tinha sido aprovada, de combate às "rendas excessivas das eléctricas".

 

Catarina Martins acrescentou esperar que os socialistas não sejam o "velho PS" que "cede às pressões e aos lobbies poderosos da energia", o que seria uma "desilusão para todo o país".

 

Na opinião de Catarina Martins, o OE2018 cumpre "no essencial os compromissos assinados 2015" entre o Bloco de Esquerda e Partido Socialista e faz "uma recuperação de salários e pensões", mas condenou que continue "a apresentar muitas limitações" uma vez que o Governo mantêm a "inflexibilidade de colocar a renegociação da dívida em cima da mesa".

 

"A recusa do Governo em colocar esta questão do ponto de vista europeu continua a colocar limitações muito significativas", criticou.




A sua opinião5
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
pertinaz Há 2 semanas

O BLOCO COME E CALA...!!!

É SÓ CONVERSA...

Anónimo Há 2 semanas

Ó Catarina Martins estás a pedir o CÉU ... O P.S faz parte das trafulhices ....Vai sendo igual a ti própria não desiludas quem VOTA EM TI , com rigor e seriedade o povo irá compensar-te mais tarde quando verem a realidade !

Anónimo Há 2 semanas

Fica descansada, katinga. O ps do costa, que está a desiludir muita gente, nunca te desiludirá a ti nem à tua seita. O medo de cair da cadeira é tanto que só o pensar nisso já lhe dá calafrios. Heill Fuhrer.

Anónimo Há 2 semanas

O povo te julgará, traidora. Jovens despedidos de Portugal sem indemnização, mortos, roubos, etc...

ver mais comentários
pub