Economia Berlusconi diz que será candidato às eleições do próximo ano

Berlusconi diz que será candidato às eleições do próximo ano

O ex-primeiro ministro italiano Sílvio Berlusconi revelou que será candidato às eleições gerais italianas marcadas para a primavera do próximo ano para, segundo o próprio, não desperdiçar 18 anos de compromisso político, adianta hoje o jornal "Quotidiano Nazionale".
Lusa 14 de julho de 2012 às 11:22
O "Quotidiano Nazionale" publica um artigo do jornalista Bruno Vespa, um dos rostos mais conhecidos da televisão pública italiana RAI e amigo de Berlusconi, que revela uma conversa recente que manteve com o ex-primeiro-ministro e que servirá de base a um livro que o jornalista está a preparar.

Na conversa, em que também participou o secretário-geral do partido de Berlusconi e ex-ministro da Justiça, Angelino Alfano, Berlusconi explica que não faria sentido que, dos 38 por cento de votos que o partido obteve nas eleições legislativas de 2008, passasse para menos de 10 por cento em 2013 como indicam algumas sondagens.

As sondagens revelam ainda subidas nas intenções de voto do partido Povo da Liberdade (PDL) quando se coloca a hipótese de a lista ser liderada por Berlusconi.

"Se nas próximas eleições baixarmos de um modo absurdo para os 8 por cento [de votos], que sentido teriam 18 anos de compromisso político", questiona-se o presidente do PDL, partido com a maior representação no parlamento italiano e que governou o país até Novembro.

"Gostaria de anunciar a minha candidatura mais para a frente, talvez no início do outono. Mas aqui não se pode manter nada em segredo", acrescentou Berluconi, que nos últimos meses vinha negando a intenção de se voltar a apresentar a eleições.

No artigo, Vespa explica como Berlusconi pretende regressar à cena política a partir de Outubro, participando em vários actos públicos e programas televisivos.

Berlusconi é proprietário do principal grupo audiovisual privado de Itália, o Mediaset.


A sua opinião4
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
asCetag35zw2 24.10.2016

http://buynexium.men/ - buy nexium http://buy-bupropion.us/ - bupropion sr 150 http://cytotec.space/ - where to buy misoprostol online http://buy-crestor.click/ - crestor

Anónimo 15.07.2012

se gaijas nao derem cabo do homem ele volta :)

Roger 14.07.2012

E por cá ainda veremos o Sócrates a regressar? Isto está tudo doido. Espero que os Maias acertem no seu calendário!

Anónimo 14.07.2012

Jogo de estratégia que pretende simular a vida real, ou seja, pretende recriar diversos sectores como a economia, política, meios de comunicação, actividade militar e a sociedade.
http://tinyurl.com/3fj7elc

pub