Impostos Bragaparques exige 5,8 milhões por erro do Fisco

Bragaparques exige 5,8 milhões por erro do Fisco

Segundo o Expresso desta sexta-feira, 29 de Setembro, uma empresa de domingos Névoa reclama do Estado uma compensação por prejuízos causados por uma decisão da Autoridade Tributária e Aduaneira.
Bragaparques exige 5,8 milhões por erro do Fisco
Bruno Colaço/Correio da Manhã
Negócios 29 de setembro de 2017 às 10:35

A Parque Mayer Investimentos SA, uma empresa do universo Bragaparques, avançou com uma acção administrativa contra o Estado com o objectivo de exigir à AT uma compensação por danos sofridos. Em causa está uma acção de execução fiscal que remonta a 2009 e pela qual o Fisco exigia à empresa o pagamento de 12,5 milhões de eros resultantes de uma liquidação adicional de IMI mais os respectivos juros desde 2005.

 

A história, contada pelo Expresso desta sexta-feira, 29 de Setembro, acabou no tribunal, com a empresa a impugnar e a ganhar na primeira instância e depois também no Tribunal Central administrativo do Sul. E é na sequência disso que a Parque Mayer Investimentos decidiu agora avançar com a acção administrativa, exigindo uma compensação por prejuízos financeiros que diz ter sofrido no âmbito de todo o processo.

 

Escreve o Expresso que, enquanto durou o processo com a AT – que teve como pano de fundo a permuta dos terrenos da Feira Popular e do Parque Mayer, em Lisboa – o rating da empresa desceu e esta sofreu danos reputacionais, tendo, nomeadamente, de pagar juros mais elevados na sua relação coma banca. 




A sua opinião2
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
pertinaz Há 2 semanas

AS FINANÇAS EM PORTUGAL SÃO UNS PREGUIÇOSOS DO PIOR...!!!
2009 DIZ RESPEITO AO "REINADO" DO ESUPOR DO PINÓQUIO EM QUE A BANDALHEIRA AINDA ERA MAIOR...

Anónimo Há 3 semanas

Mais um a viver á conta do ESTADO .... este é useiro e veseiro !

pub
pub
pub
pub