Américas Brasil: Caos e mortes no Espírito Santo ameaçam chegar ao Rio em véspera de Carnaval

Brasil: Caos e mortes no Espírito Santo ameaçam chegar ao Rio em véspera de Carnaval

A violência e as pilhagens tomaram conta do Estado do Espírito Santos e há já 87 mortes registadas. Há cinco dias que a polícia está em paralisada e a greve pode agora alargar-se ao Estado do Rio de Janeiro.
Brasil: Caos e mortes no Espírito Santo ameaçam chegar ao Rio em véspera de Carnaval
Negócios 08 de fevereiro de 2017 às 14:48

Oitenta e sete mortos, inúmeras lojas pilhadas e vandalizadas é o balanço que a imprensa brasileira faz nesta quarta-feira, 8 de Fevereiro, após cinco dias de greve da polícia que protesta contra a decisão do governo do Espírito Santo de manter os respectivos salários congelados.

Para tentar repor a ordem, o Exército foi chamado ontem ao Estado do sudeste brasileiro, mas o caos ameaça agora alastrar-se a sul, ao Estado do Rio de Janeiro, onde a polícia também ameaça entrar em greve.


Segundo relata o El País Brasil, centenas de policiais civis, militares, agentes penitenciários e bombeiros concentraram-se esta manhã em frente da Assembleia Legislativa do Rio, no centro da cidade, indignados com o conjunto de medidas de austeridade que o Governo do Estado propôs para tentar superar a grave crise financeira em que se afundou. Em véspera de Carnaval, a polícia que está com salários em atraso (tal como professores e bombeiros) ameaça entrar em greve.

O Rio de Janeiro é um dos Estados mais endividados do Brasil, apresentando uma dívida de 6,5 mil milhões de reais (quase dois mil milhões de euros) que vence neste ano para com o governo federal. Dois antigos governadores do Estado - Sérgio Cabral e Anthony Garotinho (entretanto falecido) – foram detidos por suspeitas de corrupção e desvio de dinheiro público.

A sua opinião5
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Anónimo 11.02.2017

Bando de Corruptos !

Pedro 08.02.2017

Não é verdade que o ex-Governador Garotinho tenha falecido. Esteve internado mas a notícia de que havia falecido é um boato

Votas? 08.02.2017

Os racistas nem deviam votar, Portugal, seculo XXI

Terrinha do pior 08.02.2017

Vou morrer sem meter os pés nessa terrinha de ladrões e assassinos, tudo lixo

ver mais comentários
pub
pub
pub
}
pub