União Europeia Brexit faz disparar pedidos de cidadania alemã

Brexit faz disparar pedidos de cidadania alemã

O número de britânicos que conseguiram cidadania alemã subiu de 600, em 2015, para 2.865 em 2016, ano do referendo sobre a saída do Reino Unido da UE.
Brexit faz disparar pedidos de cidadania alemã
Neil Hall/Reuters
Negócios 13 de junho de 2017 às 11:31

As autoridades germânicas concederam a cidadania alemã a um número recorde de britânicos no ano passado, um aumento que estará relacionado com a decisão do Reino Unido de abandonar a União Europeia.

Segundo os dados revelados esta terça-feira, 13 de Junho, pelo gabinete federal de estatísticas, 2.865 cidadãos britânicos receberam a cidadania alemã no ano passado, o que compara com 600 no ano anterior.

Os dados do gabinete de estatísticas mostram que menos de 4% dos britânicos que viveram mais de dez anos na Alemanha pediram cidadania, o que sugere que este forte crescimento está relacionado com o Brexit.

Com o divórcio entre o Reino Unido e a UE previsto para Março de 2019, a "corrida" aos passaportes alemães denota a incerteza dos cidadãos sobre as futuras relações do país com o bloco regional, adensadas com as eleições do passado dia 8 de Junho, que resultaram na perda da maioria absoluta dos conservadores liderados por Theresa May.

Segundo a Bloomberg, entres os cidadãos das maiores economias europeias, só os italianos ultrapassaram os britânicos na corrida à cidadania alemã, com 3.597 pedidos.

Dos 110.400 estrangeiros nacionalizados no ano passado, o maior grupo foi da Turquia, seguidos pelos polacos, ucranianos, kosovares e romenos. Os britânicos ocuparam o 10.º lugar.


A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
pub
pub
pub
pub