União Europeia Brexit: Líderes da UE dão "luz verde" a preparativos para segunda fase de negociações

Brexit: Líderes da UE dão "luz verde" a preparativos para segunda fase de negociações

Os líderes europeus reunidos em Bruxelas deram hoje "luz verde" aos preparativos internos da UE a 27 para a passagem à segunda fase das negociações do Brexit em Dezembro, caso sejam alcançados os progressos suficientes nos próximos dois meses.
Brexit: Líderes da UE dão "luz verde" a preparativos para segunda fase de negociações
Reuters
Lusa 20 de outubro de 2017 às 11:41

"Conclusões do Brexit adoptadas. Luz verde dos líderes aos preparativos internos da UE27 para a segunda fase" das negociações, relativa à relação futura entre União e Reino Unido, anunciou o presidente do Conselho Europeu na sua conta na rede social Twitter.

Nas conclusões já divulgadas, os líderes indicam que "na sua próxima sessão, em Dezembro, o Conselho Europeu reavaliará o estado das negociações com vista a determinar se foram alcançados suficientes progressos" nos três grandes "dossiês" negociados nesta primeira fase das negociações, iniciada há cerca de seis meses, designadamente direitos dos cidadãos, Irlanda e obrigações financeiras do Reino Unido para a sua saída.


As conclusões indicam que, se forem observados progressos suficientes, o Conselho Europeu adoptará orientações com vista a estabelecer os termos da futura relação da UE a 27 com o Reino Unido, pelo que convida o Conselho da UE (Estados-membros), em conjunto com o negociador-chefe da UE para o Brexit, Michel Barnier, a "iniciar discussões preparatórias internas".


Tal como o Governo português defendia à partida para esta cimeira de chefes de Estado e de Governo da UE, o Conselho Europeu regista então que ainda não foram feitos progressos suficientes na primeira fase das negociações do Brexit, sobre os termos do "divórcio", para se passar à segunda, mas deixa um sinal político positivo com vista a avanços nas negociações até final do ano.

 

 




A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
pub