Finanças Públicas Brilharete no défice: esquerda critica, direita desconfia
Assinatura Digital. Negócios Primeiro Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE

Brilharete no défice: esquerda critica, direita desconfia

O ministro das Finanças anunciou ontem que o défice não será superior a 2,1%, o que bate todas as previsões, inclusivamente do próprio Governo. BE e PCP não gostaram da novidade e defendem que esta folga nas contas devia estar a ser usada.
Brilharete no défice: esquerda critica, direita desconfia
Miguel Baltazar/Negócios
Nuno Aguiar 16 de fevereiro de 2017 às 00:01

Mário Centeno chegou ao Parlamento armado com uma novidade: o défice orçamental português ficará, no máximo, em 2,1% do PIB. Um resultado melhor do que o próprio Governo esperava e do que as previsõ

Assinatura Digital. Negócios Primeiro
Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE
Análise, informação independente e rigorosa.
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo,
nas empresas, nos mercados e na economia.
  • Inclui acesso ao ePaper, a versão do Negócios tal como é impresso em papel. Veja aqui.
  • Acesso ilimitado a todo o site negocios.pt
  • Acesso ilimitado via apps iPad, iPhone, Android e Windows
Saiba mais



A sua opinião9
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Anónimo Há 1 semana

Desconfiam? eu sou de esquerda mas também desconfio: Mas estão bem para comparar com a saída limpa dos nazis!

Anónimo Há 1 semana

Há primeira vista é bom. Depois vemos escolas a meter água, um investimento dos anos 50, a divida cresce, os pagamentos atrasam, dão avales aos falidos do BES com o $$ de todos, oferecem os STCP a CML mas a divida fica no estado ... O PS faz hoje o que criticou, até vão além da troika e o zé paga!

Diminuiu também a dívida líquida em % do PIB Há 1 semana

Conseguiram:
- Diminuir a dívida líquida em % do PIB
- Colocar o PIB a crescer 1,4%
- Diminuir a taxa de desemprego
- Repor rendimentos (Função Pública e sobretaxa)
- Manter as exportações a crescer, apesar de crescerem menos que em 2015
- Diminuir a tx juro média da divida
...

pertinaz Há 1 semana

É UMA VERGONHA E UMA TRAGÉDIA PARA PORTUGAL E PARA OS PORTUGUESES

VOLTAMOS ÁS CONTAS PÚBLICAS VIGARIZADAS DO ESTUPOR DO PINÓQUIO !!!

A DÍVIDA PÚBLICA GALOPANTE DESMENTE OS NÚMEROS DO DÉFICE

VAMOS A CAMINHO DO ABISMO

ver mais comentários
Notícias só para Assinantes
Exclusivos, análise, informação independente e credível. Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia. Inclui acesso à versão ePaper.
Mais uma forma de ler as histórias
da edição impressa do Negócios.
Se ainda não é Assinante Saiba mais
pub
pub
pub
pub