União Europeia Bruxelas prevê buraco orçamental entre 12 e 15 mil milhões com o Brexit

Bruxelas prevê buraco orçamental entre 12 e 15 mil milhões com o Brexit

"Temos dois grandes problemas: um buraco pelo lado das contribuições e outro nas despesas", salientou o comissário europeu para o Orçamento, Gunther Oettinger.
Bruxelas prevê buraco orçamental entre 12 e 15 mil milhões com o Brexit
Pedro Granadeiro
Lusa 10 de janeiro de 2018 às 16:16

O comissário europeu para o Orçamento, Gunther Oettinger, previu esta quarta-feira um ‘buraco’ entre 12 mil milhões e 15 mil milhões de euros nas verbas comunitárias como consequência do ‘Brexit’ e um aumento contributivo pelos restantes 27 Estados-membros.

 

Em conferência de imprensa, Oettinger estimou que a saída do Reino Unido do bloco comunitário acarretará um ‘buraco’ orçamental entre os 12 mil milhões e os 15 mil milhões de euros no orçamento comunitário pós 2020, o que obrigará a cortes em todas as rubricas e a um aumento das contribuições dos 27 estados.

 

O comissário adiantou ainda que os novos desafios que a União Europeia tem que enfrentar – como a segurança e a crise migratória – obrigam a um reforço nas verbas, que estimou em "até 10 mil milhões de euros por ano".

 

"Temos dois grandes problemas: um buraco pelo lado das contribuições e outro nas despesas", salientou, explicando que deverá ser resolvido com um aumento de 50% nas receitas - podendo haver introdução de taxas ambientais, por exemplo, - e um corte de outro tanto nos gastos.




A sua opinião1
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
General Ciresp Há 6 dias

Reduza-se o barracao parlamentar europeu.Ele pode a vontade emagrecer 75% e ainda fica la gente demais.Nos vemos os radicais portugueses a dizer mal dessa merda,nao se deve forcar ninguem a fazer o q nao gosta.Reunioes ha que nao aparece ninguem a elas,gaste-se bem o tempo porque ele la e carissimo.

pub