Conjuntura Caldeira Cabral defende que economia está melhor e portugueses também

Caldeira Cabral defende que economia está melhor e portugueses também

O ministro da Economia comentou os dados do INE sobre o comportamento da economia portuguesa em 2016. Manuel Caldeira Cabral afirmou que economia está melhor, bem como as empresas e os portugueses.
Caldeira Cabral defende que economia está melhor e portugueses também
Miguel Baltazar
Marta Moitinho Oliveira 14 de fevereiro de 2017 às 12:01
O ministro da Economia considerou esta terça-feira, 14 de Fevereiro, que "as perspectivas para 2017 são melhores do que para 2016", referindo-se à evolução da economia no dia em que o Instituto Nacional de Estatística (INE) revelou que o PIB cresceu 1,4% no ano passado, superando as expectativas recentes.

Manuel Caldeira Cabral falava aos jornalistas à margem da visita à Agência Nacional de Inovação, no Porto. "Está melhor a economia, as empresas, mas também os portugueses", afirmou o governante, pretendendo assim sublinhar que o crescimento da economia no ano passado não se fica pela observação dos indicadores a nível macroeconómico, mas que chega ao dia-a-dia das empresas e das famílias.

O ministro da Economia referiu-se ainda aos dados da confiança dos consumidores, que têm apontado para um reforço no optimismo dos consumidores, mas também à evolução das exportações. Caldeira Cabral adiantou que as contas externas melhoraram até Novembro 900 milhões de euros face ao ano anterior.

O governante destacou que a economia está a crescer com "melhor equilíbrio externo".

O PIB português avançou 1,9% nos últimos três meses do ano em comparação com o mesmo período de 2015. Um valor que fica em linha com a previsão da Comissão Europeia. Para a totalidade do ano, a conclusão do INE é que Portugal cresceu 1,4%, um valor que supera a previsão de Bruxelas (1,3%), bem como do Governo português (1,2%)

A sua opinião2
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Papão 14.02.2017

Corrija-se: a vida está melhor para alguns portugueses, entre eles o ministro Caldeira Cabral. Só conhece o que os media divulgam e os seus serventuários assessores informam. Deixe o BMW ou Audi na garagem e vá para a Horta Seca de metro/autocarro (ex. Dulce Pássaro, ex Min do Ambiente).

Anónimo 14.02.2017

O PIB baixa de 1,6% para 1,4% e está melhor? A Dívida sobe e está melhor?

pub
Saber mais e Alertas
pub
pub
pub