Economia Campos e Cunha: Corte de "rating" a Espanha representa "más notícias também para Portugal"

Campos e Cunha: Corte de "rating" a Espanha representa "más notícias também para Portugal"

"O se passa na Península Ibérica tem consequências para Portugal , afirmou Campos e Cunha. Veja aqui o vídeo.
Ana Laranjeiro 27 de abril de 2012 às 13:50
Apesar de considerar que o corte na notação de Espanha é negativo para Portugal, o ex-ministro de Sócrates vê um aspecto positivo: “alguns fundos de investimento que tinham dívida em Espanha” podem vir “investir em Portugal”.

"O se passa na Península Ibérica tem consequências para Portugal”, afirmou Campos e Cunha, à margem de uma conferência sobre competitividade e crescimento. O ex-ministro sustenta que apesar de serem “más notícias para Espanha" são "más notícias também para Portugal".

Contudo, pode “haver um certo efeito de substituição, ou seja, alguns fundos de investimento que tinham dívida em Espanha e que possam agora investir em Portugal”.

Ainda assim, para Campo e Cunha “este segundo efeito é certamente menor e portanto o efeito geral é negativo para Portugal”.







A sua opinião4
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
zé ninguem 28.04.2012

SURPREENDE-ME QUE CC NÃO DIAGNOSTIQUE A CRISE EM ESPANHA A FACTOS IMPUTÁVEIS AO AMIGO DE ESTIMAÇÃO.

xiquinho 28.04.2012

O grande responsável pelas dificuldades que toda a europa vive, quem é? Acertou! foi mesmo Sócrates. Grande homem ... não se contentou em lixar Portugal e vai disto, lixa também a Itália, a Espanha e, não contente, vai lixando todos os outros paises, um a um. Por isso é que ele foi para Paris, porque dali pode lixar mais facilmente a Europa.

Observador 27.04.2012

Este Campos e Cunha é um daqueles economistas que por aí proliferam como abelhas numa colmeia convencidos que são os maiores sabichões que sabem tudo e opinam constantemente sobre assuntos de economia, mas na realidade todos nós verificamos que quase nunca acertam com a bola na baliza limitando-se a opinar e a mandar cá para fora uns ditates saidos da cartola qual varinha mágica sem qualquer fundamento e base sólida sendo a maior parte deles uns autênticos charlatões diplomados incompetentes e idiotas que se governam nas televisões, jornais, revistas e rádios á custa da ignorância dos outros que lhes dão crédito sem se importarem com a veracidade do que estes idiotas afirmam que na maioria das vezes é pura mentira e pura demagogia.

joaopires5 27.04.2012

QUE DESCOBERTA!

pub