Autarquias Candidato do PSD para Lisboa? Só em Março

Candidato do PSD para Lisboa? Só em Março

Ainda vai demorar algumas semanas até ser conhecido o nome do candidato do PSD à câmara de Lisboa. Dirigentes do PSD chegaram a antecipar que haveria novidades ainda em Janeiro, mas o processo não correu com a rapidez que se esperava.
Candidato do PSD para Lisboa? Só em Março
Paulo Duarte
Bruno Simões 08 de fevereiro de 2017 às 18:35

A candidatura do PSD à câmara de Lisboa está a tornar-se um problema cada vez mais complicado. O partido estava confiante que teria encontrado um candidato em Janeiro, e nessa ocasião anunciou-se até que a candidatura já estava na fase de contactos finais junto de quatro pessoas. Porém, as coisas correram mal nessa altura e, agora, fonte do partido já diz que o mais provável é o candidato só aparecer em Março, mesmo a queimar o prazo máximo dado por Passos Coelho.

 

A 12 de Janeiro, durante um evento em Cascais, Carlos Carreiras deu várias pistas sobre o rumo que o PSD estava a seguir na capital: além de esclarecer pela primeira vez que não era provável o partido apoiar Assunção Cristas, porque não deveria apoiar uma mulher, o coordenador autárquico do PSD explicou que o partido estava a conversar com "quatro pessoas" a quem fora transmitido "que há interesse em que participem" na equipa que poderá gerir a câmara. O cabeça-de-lista sairia desses quatro nomes, afiançou, e teria "notoriedade nacional".

 

Na ocasião, o presidente da distrital do PSD de Lisboa, Miguel Pinto Luz, admitia que podia ser uma questão de semanas até se conhecer o nome do candidato à câmara de capital, que estava a ser ultimado. "Estamos à espera de respostas", enquadrou.

 

"Falta fazer a convergência das propostas do candidato e do partido", precisou então Carlos Carreiras, que acreditava até que o processo poderia estar terminado até ao fim de Janeiro, a tempo de incluir o candidato à capital na primeira leva de candidaturas homologadas pela direcção nacional do partido. Só que isso não aconteceu: nas 46 candidaturas já apresentadas, a principal câmara a ter luz verde a nível nacional foi a do Porto, com a candidatura de Álvaro Almeida.

 

Então o que é que aconteceu? Fonte do PSD explica ao Negócios que as coisas correram mal junto dessas quatro pessoas, ou seja, estas não terão aceitado o convite dos social-democratas. O processo continua nas mãos de Passos Coelho, e as previsões para o aparecimento de "fumo branco" foram revistas em alta. Neste momento, o partido conta resolver apenas as candidaturas a Loures e Odivelas até ao final deste mês. Lisboa e também Oeiras – onde o apoio a Paulo Vistas ainda está a ser decidido – deverão ser anunciadas "muito provavelmente" apenas em Março.

 

O presidente do PSD, Pedro Passos Coelho, tem reiterado que o partido tem até 31 de Março para apresentar um candidato à capital. A cumprirem-se estes novos calendários, o candidato deverá surgir já bem perto do prazo máximo imposto pelo seu presidente.

 

Um desfile de nomes… e de negas

 

Têm sido frequentes as notícias das diversas negas que o partido tem levado para uma candidatura à capital. Pedro Santana Lopes, que era o candidato desejado pela concelhia, pela distrital e pela direcção nacional do partido, decidiu, depois de um longo suspense, que não ia disputar Lisboa com Fernando Medina. A partir daí, o partido ter-se-á já virado para José Eduardo Martins (que coordena o programa eleitoral à capital), José Eduardo Moniz ou até Carlos Barbosa, escreveu o Expresso.

 

Pelo meio, o PSD terá considerado seriamente apoiar a candidatura de Assunção Cristas, líder do CDS, que anunciara logo em Setembro do ano passado – a um ano das autárquicas, que se realizam em Setembro/Outubro – que iria disputar a câmara de Lisboa. Maria Luís Albuquerque foi dada como plano B caso Santana desistisse da candidatura e até mesmo Passos Coelho foi desafiado a avançar por um dirigente da concelhia do PSD de Lisboa.

 

Qualquer que seja a decisão, Passos tem, assim, pouco mais de um mês e meio para encontrar um candidato.




A sua opinião7
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado SÍTIO MUITO MANHOSO 09.02.2017


...NINGUÉM MELHOR DO QUE O PROFECTA DAS DESGRAÇAS, LADRÃO DE REFORMADOS, O QUE ESTÁ CONTRA O ORDENADO MÍNIMO, O QUE NÃO PAGOU SEGURANÇA SOCIAL, O QUE ESTOUROU O BANIF E OUTROS BANCOS, O QUE SE ABOTOOU COM O CACAU DA TECNOFORMA, ETC, ETC.

... (IN)COMPETÊNCIA NÃO LHE FALTA CONCERTEZA, E PODIA COLOCAR A Nº 2 O QUE ENTERROU A CÂMARA DE GAIA...ERA O RAMALHETE COMPLECTO...SE OS LISBOETAS ANDASSEM LOUCOS...

comentários mais recentes
Anónimo 10.08.2017

How to get without going to a doctor http://www.brandssolution.co.uk/uploads/160_120/pharmacy/index-23.html buy prices.

Anónimo 08.08.2017

Where do I order, generic quick shipping and buying generic online from canada, where to buy online in usa except tablets to buy uk. Buy cheapest online also getting australia, get cheap and where can i order online despite tablets australia.

SÍTIO MUITO MANHOSO 09.02.2017


...NINGUÉM MELHOR DO QUE O PROFECTA DAS DESGRAÇAS, LADRÃO DE REFORMADOS, O QUE ESTÁ CONTRA O ORDENADO MÍNIMO, O QUE NÃO PAGOU SEGURANÇA SOCIAL, O QUE ESTOUROU O BANIF E OUTROS BANCOS, O QUE SE ABOTOOU COM O CACAU DA TECNOFORMA, ETC, ETC.

... (IN)COMPETÊNCIA NÃO LHE FALTA CONCERTEZA, E PODIA COLOCAR A Nº 2 O QUE ENTERROU A CÂMARA DE GAIA...ERA O RAMALHETE COMPLECTO...SE OS LISBOETAS ANDASSEM LOUCOS...

Luis 09.02.2017

Está a ser fabicado nas Caldas.

ver mais comentários
pub
pub
pub
pub